Trouble: "não planejamos lançar outro álbum"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marco Néo, Fonte: Metal Rules, Tradução
Enviar Correções  

O guitarrista do TROUBLE, Rick Wartell, conversou com o site Metal-Rules.com sobre vários assuntos, incluindo o novo álbum da banda, "Simple Mind Condition", que pode ser o último - ao menos por um bom tempo.

Kiss: fã paga US$50 mil por um fiasco de show em casa

Cranberries: causa da morte de Dolores O'Riordan é revelada

Metal-Rules.com: O produtor, Vinny Wojno, foi novamente uma escolha óbvia?

Wartell: "Foi uma escolha do Eric (Wagner). Se você quer saber a verdade, pessoalmente eu não o queria trabalhando no álbum. Não vou usar os trabalhos dele de novo, ele foi mais problema do que solução, nos causou muitos atrasos. No final das contas ele até que fez um bom trabalho, mas dava pra ter ficado bem melhor. Outro produtor teria feito um trabalho bem melhor".

MR: O Rick Rubin, por exemplo?

Wartell: "Eu acho que ele teria se saído bem melhor, obviamente. Mas o Rick Rubin e o Trouble seguiram por caminhos distintos, eu acho que a menos que pagássemos alguns milhões de dólares ele não produziria nossos álbuns".

MR: Mas ele está mais ocupado com o Metallica, Slayer e Red Hot Chili Peppers. Vinny Wojno trabalhou com bandas mais extremas, como Machine Head e Kreator, e o Trouble é um pouco diferente.

Wartell: "Sim, como eu disse nós o usamos mais para acalmar o Eric. O Eric queria usá-lo para gravar os vocais e fica difícil usar dois produtores diferentes, então acabamos por deixá-lo produzir o álbum. Ficou do jeito que ficou".

MR: É um bom álbum. Vamos voltar ao novo álbum. A capa é assustadora.

Wartell: "Foi o que eu achei também, assustadora".

MR: É um corpo real?

Wartell: "É um corpo real".

MR: Vocês relançaram os dois primeiros álbuns e o "Plastic Green Head". Por que não o "Run To The Light"?

Wartell: "Porque a Metal Blade não vai liberar. O contrato com os dois primeiros expirou, então nós os tomamos de volta. Eu acho que eles ficaram meio putos com a gente por causa disso, então não vão liberar o Run To The Light e não há nada que possamos fazer".

MR: Há planos para um novo álbum? Tenho certeza que sobrou material das gravações do Simple Mind Condition.

Wartell: "Não temos planos de gravar outro álbum do Trouble".

MR: Não?

Wartell: "Não".

MR: Então o contrato com a Escapi foi só para um álbum?

Wartell: "Foi um contrato de licenciamento, somos livres para fazer o que quisermos e no momento não temos planos de gravar mais um álbum do Trouble, é isso. O que decidirmos no futuro será decidido no futuro, mas no momento não há planos".

MR: Nada mesmo?

Wartell: "Não, não há planos'.

MR: Tomara que não tenhamos que esperar por mais dez anos.

Wartell: "Sei lá, não tem como te responder, nem sequer pensamos nisso. Me desculpe, é tudo o que tenho a dizer!"




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Loudwire: as dez melhores bandas de Doom Metal da históriaLoudwire
As dez melhores bandas de Doom Metal da história

Doom Metal: os dez trabalhos essenciais do estiloDoom Metal
Os dez trabalhos essenciais do estilo


Kiss: fã paga US$50 mil por um fiasco de show em casaKiss
Fã paga US$50 mil por um fiasco de show em casa

Cranberries: causa da morte de Dolores O'Riordan é reveladaCranberries
Causa da morte de Dolores O'Riordan é revelada


Sobre Marco Néo

Nascido na primeira metade dos anos 70, teve seu primeiro contato com sons pesados quando o Kiss veio para o Brasil, em 83, mas não compreendeu bem o que era aquilo. A contaminação efetiva ocorreu um ano depois, quando conheceu Motörhead, Judas Priest, AC/DC, Iron Maiden. Desde então, tornou-se um apaixonado colecionador de tudo o que se refere a Metal e Rock'n'Roll, independentemente de subestilos.

Mais matérias de Marco Néo no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin