Vinny Appice: "Dio está cantando como nunca!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Eliseu Baldo, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Jeb Wright, da Classic Rock Revisited, conduziu entrevista recentemente com o lendário baterista de metal Vinny Appice (HEAVEN AND HELL, BLACK SABBATH, DIO). Segue um pouco da conversa.

2556 acessosKerry King: o Purple influenciou mais o Thrash que o Sabbath5000 acessosSlipknot: como são os membros da banda sem as máscaras?

Classic Rock Revisited: Vocês já iniciaram os ensaios?

Vinny: "Acabamos de começar [19 de fevereiro]. No primeiro dia ficamos espantados com o entrosamento. Foi como se nunca tivéssemos parado de tocar."

Classic Rock Revisited: Qual foi a primeira música que ensaiaram?

Vinny: "'After All' do 'Dehumanizer'. Começamos com esta música... ou não? Na verdade foi 'Computer God' e depois ela. Nós estamos somente tocando a era DIO. Tony [Iommi] e Geezer [Butler] fizeram pouco tempo atrás todo o material com o Ozzy. Se a banda não estivesse junta por um longo tempo e nós saíssemos e não tocássemos qualquer clássico da era Ozzy, então seria diferente, mas como eles estão tocando Ozzy no Black Sabbath, isto torna as coisas diferentes".

Classic Rock Revisited: Como é ouvir Ronnie, nessa idade, ele continua sendo um grande vocalista como há trinta anos atrás?

Vinny: "É ótimo estar de volta. Eu tinha visto Ronnie aqui e ali, mas não tivemos chance de conversar. Nós pudemos colocar as coisas em dia agora. Quando eu ouvi sua voz novamente, foi realmente muito legal. Em cinco minutos tudo soava natural. Ronnie está cantando pra caralho. Está cantando melhor que nunca".

Classic Rock Revisited: Tony e Ronnie terão que coexistir novamente, ambos são líderes naturais. Você acha que eles conseguirão desta vez?

Vinny: "Eles trabalharam juntos antes, perceberam como trabalhar juntos sem ter qualquer discrepância. Ronnie estava escrevendo com Tony antes deste projeto ir pro palco. Eu acho que após todos esses anos, será bem tranquilo".

Classic Rock Revisited: Vocês tocarão as três músicas novas na turnê?

Vinny: "Estamos ensaiando as três. O set list será muito, muito forte nesta turnê".

Classic Rock Revisited: É a segunda vez que você substitui Bill Ward?

Vinny: "Na realidade é a terceira. Eu o substitui na turnê do álbum 'Heaven & Hell'. Bill saiu e eles tinham ouvido falar de mim, e me chamaram. Eu saí com eles e finalizamos a turnê, daí fizemos os álbuns 'Mob Rules' e 'Live Evil'. O Sabbath voltou e iríamos fazer 'Dehumanizer' e Cozy Powell iria ser o baterista, mas ele caiu do cavalo e quebrou a pélvis. Tony disse, 'vamos chamar Vinny'. Eles estavam tendo problemas naquela época, e eu não achei que duraria muito. A outra vez que substituí Bill foi quando eles estavam fazendo a turnê 'Reunion' com Ozzy, e Bill teve um início de ataque cardíaco durante os ensaios. Então agora será a terceira vez que substituo Bill, e houve outra em que substituí Cozy".

Classic Rock Revisited: O [DIO] "Holy Diver" é talvez o melhor álbum de metal dos anos 80. Você achou que era assim tão bom na época?

Vinny: Quando estávamos fazendo 'Holy Diver' nós simplesmente colocamos as idéias no papel. Nos divertimos muito fazendo aquele álbum. Éramos todos loucos. Não pensamos estar gravando um disco clássico. Estávamos somente fazendo o que sentíamos. Tudo veio do coração. Não tínhamos noção pré-concebida de nada, eu me lembro que um dos meus roadies chegou pra mim e disse 'isto vai ser platina'. Eu disse pra ele que ficaríamos com os dedos cruzados. Quem saberia que vinte cinco anos depois a coisa continuaria vendendo. Você simplesmente não imagina na época".

Classic Rock Revisited: Porque você acha que Viviam Campbell foi despedido por Ronnie?

Vinny: "Após um tempo, Viv quis sair e fazer sua própria música - um tipo diferente de música do DIO. Eu não acho que Ronnie gostava muito disso, e nem o resto da banda. Isso causou muito atrito, então Ronnie decidiu que tinha de se livrar do Viv. Foi o que aconteceu".

Classic Rock Revisited: Você acha que a formação original foi a mais forte que o Sabbath já teve?

Vinny: "É a formação clássica. Há algumas formações de bandas que são mágicas. Quando você substitui um desses membros, ainda pode soar bem, mas a mágica não está mais lá. No Black Sabbath eles tiveram química com Ozzy e Dio. Eu acho que aquela foi a melhor formação pro DIO. Todo o sucesso e todas as melhores músicas vieram dessa formação inicial".

Leia a entrevista completa em www.classicrockrevisited.com.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Kerry KingKerry King
O Deep Purple influenciou mais o Thrash que o Black Sabbath

980 acessosBanda dos sonhos: qual seria a sua?182 acessosMarcos de Ros: Tony Iommi, Dois Dedos de Prosa0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

LoudwireLoudwire
As dez melhores bandas de Doom Metal da história

BaixistasBaixistas
Steve Harris ganha de Cliff Burton em votação

CuriosidadesCuriosidades
10 músicas que foram "tomadas" emprestadas

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Heaven And Hell"0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"

SlipknotSlipknot
Como são os membros da banda sem as máscaras?

Guns N RosesGuns N' Roses
Transtorno bipolar, a doença de Axl Rose

CamisetasCamisetas
Beldades globais e sua paixão pelo rock

5000 acessosRammstein: "Se alguém rir das gordinhas, eu quebro a cara dele!", diz Till Lindemann5000 acessosEm cana: os rockstars em suas fotos mais constrangedoras5000 acessosAs regras do Black Metal5000 acessosEm 19/03/1982: Randy Rhoads morre em um acidente de avião5000 acessosGhost: bem confortável com a ideia de não ser mais anônimos5000 acessosSlayer: maluco encara furacão na Flórida ao som da banda

Sobre Eliseu Baldo

Eliseu Folego Baldo é Webdesigner. Teve contato com o rock desde cedo, mas sem despertar muito interesse, ouvindo rock dos anos 80. Sua vida mudou ao ouvir Rainbow por volta de 93 e o Heavy Metal o matou em 96 ao ouvir Helloween. Rainbow, Motorhead, Megadeth e VirginSteele são as bandas preferidas, mas ouve e ama tudo do Rock´n´Roll.

Mais matérias de Eliseu Baldo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online