Stryper: em 1988, menos peso e mais melodia

Resenha - In God We Trust - Stryper

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9

Após o sucesso estrondoso do álbum "To Hell With The Devil", o Stryper lançou em 1988 um disco mais acessível, com mais melodia e menos peso do que o anterior, o ótimo "In God We Trust". apesar de não ser tão pesado quanto "To Hell...", fez muito sucesso entre os fãs da banda. É o registro com as músicas mais conhecidas da banda.

Stryper: para Michael Sweet, banda merece estar no Hall da Fama do Rock And RollNightwish: Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãs

Logo de início, a emocionante faixa título, com um riff marcante e refrão grudento. "In God We Trust" acabou se tornando um hino da banda, não só por ser uma música muito legal, mas pela mensagem, que transmite bem a intenção da banda. Na sequência, a romântica "Always There For You", que é uma das canções mais legais gravadas pela banda. Merece destaque também a versão que o vocalista Michael Sweet gravou anos depois em sua carreira solo.

Outros temas legais são "Keep The Fire Burning", a linda balada "I Believe In You" (que certamente já foi tema de algum programa de rádio com o intuito de formar casais), a bela "The World of You and I", "The Writings On The Wall" (que em alguns momentos chega a lembrar o heavy metal apresentado nos trabalhos anteriores), a metal "The Reign" e "Lonely".

Sem sombra de dúvidas, foi o disco que fez a banda atingir o grande público e se tornar mais popular. Muito bem gravado e executado, conta com ótima performance por parte de todos os músicos, com destaque para o vocalista, guitarrista e líder Michael Sweet. A mistura de hard rock, metal e mensagens positivas deu certo novamente. Riffs e solos sensacionais criam uma atmosfera totalmente oitentista, o que geralmente traz ótimos momentos. Sorte a dos fãs, que foram presenteados com esse grande clássico dos anos 1980.

Seja você religioso ou não, é um ótimo disco. Basta não ser radical e tentar ouvir. Agora, se você já é fã, aperte o play e viaje no tempo!

Trabalho que ajudou a definir a carreira da banda, digno de todo respeito e admiração.

Ano de lançamento: 1988

Faixas:

"In God We Trust"
"Always There for You"
"Keep the Fire Burning"
"I Believe in You"
"The Writings on the Wall"
"It's Up 2 U"
"The World of You and I"
"Come to the Everlife"
"Lonely"
"The Reign"

Formação:

Michael Sweet: vocal e guitarra
Oz Fox: guitarra
Robert Sweet: bateria
Tim Gaines: baixo




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Stryper"


Stryper: para Michael Sweet, banda merece estar no Hall da Fama do Rock And RollStryper e Narnia: Profissionalismo, técnica, carisma, energia e simpatiaStryper: veja repertório de apresentação da banda na Argentina

Tourniquet: banda cancela turnê que faria com Stryper e Narnia pelo BrasilTourniquet
Banda cancela turnê que faria com Stryper e Narnia pelo Brasil

Hair metal: os 50 melhores álbuns de todos os tempos, segundo a Rolling StoneHair metal
Os 50 melhores álbuns de todos os tempos, segundo a Rolling Stone

Stryper: guitarrista Oz Fox revela que seu tumor cresceuStryper
Guitarrista Oz Fox revela que seu tumor cresceu

Stryper: canção do Black Sabbath é mais cristã que nossas cançõesStryper
Canção do Black Sabbath é mais cristã que nossas canções

Heavy Metal: As melhores capas segundo diretores de documentárioHeavy Metal
As melhores capas segundo diretores de documentário

Stryper: O Judas Priest mudou minha vida musicalmente, afirma Michael SweetStryper
"O Judas Priest mudou minha vida musicalmente", afirma Michael Sweet


Nightwish: Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãsNightwish
Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãs

Edu Falaschi: o fax com convite de seleção para o Iron MaidenEdu Falaschi
O fax com convite de seleção para o Iron Maiden

Queen: 10 coisas que você não sabe sobre Bohemian RhapsodyQueen
10 coisas que você não sabe sobre Bohemian Rhapsody

Fotos de Infância: Yngwie MalmsteenFotos de Infância
Yngwie Malmsteen

Supergrupos: Os melhores e piores na opinião da Metal HammerSupergrupos
Os melhores e piores na opinião da Metal Hammer

Europe: a história por trás da música The Final CountdownEurope
A história por trás da música "The Final Countdown"

Slipknot: como Jethro Tull, Yes, Metallica e Megadeth ajudaram a moldar o som da bandaSlipknot
Como Jethro Tull, Yes, Metallica e Megadeth ajudaram a moldar o som da banda


Sobre Mateus Ribeiro

Fanático por Ramones, In Flames e Soilwork. Limeirense com muito orgulho (e sotaque).

Mais matérias de Mateus Ribeiro no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336