Tarja Turunen: Projeto Harus não tem nada a ver com Metal

Resenha - In Concert: Live at Sibelius Hall - Tarja Turunen & Harus

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8


Este novo projeto de Tarja Turunen, ex-vocalista do Nightwish, não tem nada a ver com heavy metal. É bom avisar logo de saída, antes que algum desavisado pense que encontrará aqui algo na linha do que a cantora gravou com a turma de Tuomas Holopainen. Porém, isso não quer dizer que estamos falando de um item dispensável, muito pelo contrário.

Separados no nascimento: Sarah Jessica Parker e o mascote EddieAlfabeto do Rock: as 15 melhores músicas de Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O que faz o DVD e CD "In Concert: Live at Sibelius Hall", estreia do projeto Harus, valer a pena, é o bom gosto tanto na escolha do repertório, recheado de canções folclóricas finlandês e standards da música clássica, quanto o bom senso dos músicos envolvidos, que souberam criar arranjos interessantes e orquestrações sempre econômicas, fazendo o trabalho não cair na vala comum de discos similares, que em geral tem o exagero como norte e resvalam, com raríssimas exceções, na breguice.

Tarja é, inegavelmente, uma ótima cantora. O seu timbre de soprano ganha destaque absoluto aqui. Acompanhada pelos excelentes Marzi Nyman (guitarra), Kaveli Kiviniemi (órgão) e Markku Krohn (percussão), a vocalista alcançou um resultado final que coloca este projeto como o seu melhor trabalho desde que saiu do Nightwish.

O que torna isso possível é a ousadia, na maioria das vezes sutil, com que o quarteto trata o repertório. Ao inserir um instrumento como a guitarra na execução de peças sacras e clássicas, o Harus consegue a façanha de modernizar e tornar atraente o gênero para um público que não o consome. Sim, porque este disco será adquirido, em sua maioria, por fãs de Tarja na época do Nightwish, e não pelos consumidores habituais de música clássica.

É claro que não há aqui um mergulho profundo na música de câmara, porém isso não se faz necessário. As faixas - 12 no CD e 14 no DVD -, escolhidas a dedo, formal um painel inegavelmente belo, com direito a até mesmo uma releitura de "Walking in the Air", composição de Howard Blake que se tornou em um dos maiores hits do Nightwish.

Acredito que a reação inicial da maioria das pessoas em relação a este item será de afastamento, imaginando que ele soará como, digamos assim, um pastiche de Charlotte Church com Lorenna McKennitt. Porém, o fato é que ele surpreende de maneira muito positiva, alcançando um resultado final muito atraente.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Tarja Turunen"Todas as matérias sobre "Harus"


Tarja Turunen: É bom saber que me acham sexyTarja Turunen
"É bom saber que me acham sexy"

Nightwish: a banda seria acústica, mas a voz da Tarja era muito poderosaNightwish
A banda seria acústica, mas a voz da Tarja era muito poderosa


Separados no nascimento: Sarah Jessica Parker e o mascote EddieSeparados no nascimento
Sarah Jessica Parker e o mascote Eddie

Alfabeto do Rock: as 15 melhores músicas de MetalAlfabeto do Rock
As 15 melhores músicas de Metal


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336