After Forever: centrado na poderosa voz de Floor Jansen

Resenha - After Forever - After Forever

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 7


Formado na cidade holandesa de Reuver em 1995, o After Forever chega ao seu quinto álbum de estúdio em sete anos. Auto-intitulado, o novo disco traz aquilo que os fãs estão acostumados a ouvir: um Heavy Metal com passagens sinfônicas, centrado na poderosa e bela voz de sua vocalista, Floor Jansen.

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1989Metallica: a regressão técnica de Lars Ulrich

Tecnicamente perfeito, "After Forever" traz doze faixas repletas de passagens climáticas e emocionais, e mostra que o grupo não estava muito afim de arriscar neste novo trabalho. A maioria das músicas, ainda que cativantes e com um ar ligeiramente mais feliz que o habitual, vão pelos mesmos caminhos sonoros explorados nos quatro discos anteriores, mas sem a força e o brilho de um álbum como "Decipher", lançado em 2001 e até hoje o melhor momento do grupo.

Canções como "Cry With A Smile", "Discord" e, principalmente, a dupla formada pela longa "Dreamflight" e "Empty Memories" mostram alguns elementos interessantes e se diferenciam das demais, mas confesso que eu esperava mais do grupo. Talvez a ótima aceitação por parte dos fãs tenha deixado os músicos um pouco acomodados, mas o fato é que este novo disco, por mais que se esforce, poucas vezes consegue sair do lugar comum, lugar esse já explorado com muito mais talento e brilhantismo pela própria banda em um passado bastante recente.

"After Forever" é um trabalho melhor que "Remagine", mas está abaixo da capacidade que a banda já provou possuir. Talvez a saída esteja em focar mais no aspecto "metal" de sua música, deixando o lado comercial para a peleja agressiva envolvendo nomes como Lacuna Coil, Within Temptation e Nightwish. Entendendo o seu público, ouvindo os seus fãs, que sempre deram apoio e suporte ao grupo, o After Forever tem tudo para, em um próximo trabalho, alcançar um resultado final muito melhor do que o mostrado neste disco.

Faixas:
1. Discord
2. Evoke
3. Transitory
4. Energize Me
5. Equally Destructive
6. Withering Time
7. De-Energized
8. Cry With A Smile
9. Envision
10. Who I Am
11. Dreamflight
12. Empty Memories


Outras resenhas de After Forever - After Forever

After Forever: evolução sem esquecer o passado




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "After Forever"


Metal Sinfônico: dez álbuns essenciais do gêneroMetal Sinfônico
Dez álbuns essenciais do gênero

Nightwish: Floor e a dificuldade em lidar com lado suave da bandaNightwish
Floor e a dificuldade em lidar com lado suave da banda

Nightwish: Floor é uma profissional de alto nívelNightwish
"Floor é uma profissional de alto nível"


Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1989Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1989

Metallica: a regressão técnica de Lars UlrichMetallica
A regressão técnica de Lars Ulrich

Velocidade: Top 10 de músicas de Metal para ser multadoVelocidade
Top 10 de músicas de Metal para ser multado

Heavy Metal: O início do movimento e a origem do termoHeavy Metal
O início do movimento e a origem do termo

Andre Matos: o que ele faria se fosse mulher por um dia?Andre Matos
O que ele faria se fosse mulher por um dia?

Manowar: Regis Tadeu comenta sobre fãs no PânicoManowar
Regis Tadeu comenta sobre fãs no Pânico

Choro e ranger de dentes: O termo Metaleiro já consta nos dicionáriosChoro e ranger de dentes
O termo "Metaleiro" já consta nos dicionários


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336