Resenha - Get Over It - Mr. Big

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Site Oficial - http://www.mrbig.net

Eric Martin (Vocais)
Billy Sheehan (Baixo)
Pat Torpey (Bateria)
Richie Kotzen (Guitarras)

Depois de três anos sem lançar álbuns de estúdio, o Mr.Big volta, com alterações na formação e também no som. Paul Gilbert optou por seguir sua carreira solo e saiu da banda. Em seu lugar, entrou Richie Kotzen (Não tem o T mesmo. O correto é RICHIE), guitarrista talentoso, que gravou o magnífico "Native Tongue" com o Poison e uma série de outros trabalhos em carreira solo e ao lado de Greg Howe.

A entrada de um novo guitarrista criou, obviamente, criou uma forte expectativa entre os fãs da banda, que questionavam se Kotzen conseguiria se sair bem em um posto já ocupado por Paul Gilbert, um dos guitarristas mais técnicos do mundo. A impressão que dá ao ouvir "Get Over It" é de que Kotzen tem a cabeça bem no lugar e não entrou nessa, possível, 'disputa' com Gilbert. Ele trouxe novas idéias, extremamente criativas e inovadoras, que acarretaram em uma mudança positiva no som da banda.

Billy Sheehan parece ter se entrosado muito bem com Kotzen e dá espetáculo em todas as músicas. Tem uma atuação indiscutível. Simplesmente perfeito.

A banda segue fazendo um hard rock de alto nível, mas com um 'formato' diferente. Kotzen, músico muito influenciado por fusion e Billy Sheehan, que vem tocando jazz há vários anos, no Niacin, são os grandes responsáveis por essa transformação no hard rock do Mr.Big. Eles fizeram com que se tornasse um 'hard rock swingado', que lembra o Extreme em vários momentos. Adicionaram elementos de jazz/fusion/funk ao hard rock e o resultado foi ótimo.

As tradicionais baladas do Mr.Big não poderiam ficar de fora. A quarta e a última faixa, "Superfantastic" e "My New Religion" respectivamente, são as baladas presentes em "Get Over It". Bem compostas, colocam, como sempre, a bela voz de Eric Martin em destaque.

É um dos melhores trabalhos da banda. Superior ao último álbum de estúdio, "Hey Man", que tinha Paul Gilbert nas guitarras.


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Mr Big"


Farewell: 10 bandas que fizeram turnê de despedida, mas voltaram"Farewell"
10 bandas que fizeram turnê de despedida, mas voltaram

Guitarristas: os maiores do Hard & Heavy segundo a revista BurnnGuitarristas
Os maiores do Hard & Heavy segundo a revista Burnn


Guns N' Roses: ex-guitarrista admite que era difícil tocar as músicasGuns N' Roses
Ex-guitarrista admite que era difícil tocar as músicas

Black Sabbath: Perguntas e respostas e curiosidades diversasBlack Sabbath
Perguntas e respostas e curiosidades diversas


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336