Música: o inferno que é tocar com instrumentos ruins

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ivison Poleto dos Santos, Fonte: Metal Addicts
Enviar correções  |  Ver Acessos

Quem é jovem há mais tempo como eu vai se lembrar do inferno em termos de instrumentos musicais que era o Brasil até mais ou menos 1990 quando as importações foram liberadas. Tínhamos que nos virar com instrumentos que não eram lá essas coisas.

Cachorros: As raças que melhor combinam com cada gêneroHumor: Namore um cara que goste de Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Esse artigo é para você que fazia aquele show obtido com muito suor e a bateria começou a andar e você teve que por o pé para pará-la; que o prato de ataque do seu baterista deu um 'ataque' do coração e quebrou no meio da música; que foi atingido por um pedaço das baquetas, geralmente na cabeça; que foi pisar no seu pedal e ele se recusou a funcionar; cujos instrumentos não afinavam de jeito nenhum; bom, eu poderia continuar indefinidamente, mas você me entendeu.

Sim, minha criança da noite, tocar com instrumento ruim é um verdadeiro inferno!

Imagine essa cena:

Você tomou aulas de guitarra por um tempão, estudou para caramba para tirar aquele solo ou aquele riff complicado ou qualquer outra coisa. Aí você chega em casa, pega sua guitarra. liga o seu amplificador e manda ver. E nada acontece, ou melhor, tudo menos um som legal. Você chega até a se questionar se não tocou errado, mas não, você não tocou nada errado. Para o seu desapontamento aquele som que sai da sua guitarra por mais que você tente, por mais que você se esforce, nunca fica parecido com o do Malmsteen, do Van Halen, do Iommi, ou do Slash, ou de qualquer outro que você escolheu. O máximo que você consegue é algo tipo crá-si-bemol-sustenido-aumentado. Imagine isso elevado para uma banda com quatro ou cinco caras todos com equipamentos ruins desde o microfone até a bateria. Insuportável. Frustrante, para dizer o mínimo.

Eu vou te contar um segredinho nada muito legal: há sons que só se consegue produzir com o equipamento certo, o pedal correto, ou mesmo o amplificador. Se você não os tem, simplesmente esqueça. E se você toca numa banda de Metal a coisa fica ainda mais difícil porque tem de tocar muito alto. Você, sim, você que já tocou com equipamentos ruins, por favor, fale como é o resultado. Não soa algo como um acidente de avião ou elefantes fazendo sexo - bom, na verdade eu não sei, mas eu acho que não soa bem? Horrível, não? A pior experiência para um músico.

Sim, eu sei que alguns caras conseguem tirar um som fantástico de latas de cerveja. Muito melhor que você e a sua guitarra. Mas você consegue no máximo isso:

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sim, você não é o cara. Você é um reles mortal. Vai ter sempre uma coisa batendo na sua cabeça: serei eu ou será o meu equipamento? Talvez ambos. É chato dizer. Entretanto há um teste que você pode fazer. Pegue aquele seu amigo que realmente estraçalha as cordas - no bom sentido, é claro - e peça para ele tocar com seu equipamento. Se o resultado foi bom ou razoável, o problema é você. Porém, se for ruim ou apenas tragável, boas notícias, não é você o problema. Uma vez eu fiz o contrário: peguei uma guitarra excelente com um amplificador sensacional. Vou te dizer, eu me senti como o Malmsteen. Realmente impressionei meus amigos. Não consigo esquecer o sorriso no meu rosto e o brilho nos meus olhos - eles me contaram - quando eu toquei pela primeira vez num Marshall. Ah, que som maravilhoso.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vou te contar só mais uma coisa: a qualidade do seu equipamento realmente faz diferença! E como! Não acredite naqueles que dizem que é tudo igual e que você faz o seu som - geralmente os pais dizem isso para não gastar muito dinheiro. Igual? Igual o caramba! Uma porcaria. Portanto, acredite em mim, guarde o seu rico dinheirinho, rale para caramba, mas compre equipamento bom. Faz muita diferença.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por escolha do autor os comentários foram desativados nesta nota.


Todas as matérias da seção Matérias

Cachorros: As raças que melhor combinam com cada gêneroCachorros
As raças que melhor combinam com cada gênero

Humor: Namore um cara que goste de MetalHumor
Namore um cara que goste de Metal


Sobre Ivison Poleto dos Santos

Veterano das guerras metálicas. Pesquisador, escritor, resenhista, músico frustrado (por isso tudo o anterior). Ao contrário da opinião comum, acho que o melhor do Metal ainda está por vir e que existem grandes bandas novas por aí. Só procurar. No meu caso elas vêm até mim.

Mais matérias de Ivison Poleto dos Santos no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280