Scorpions: o que tornou "Wind of Change" tão especial

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ivison Poleto dos Santos, Fonte: ultimate guitar, Tradução
Enviar Correções  

O vocalista do Scorpions, o inesquecível Klaus Meine, falou sobre o que tornou "Wind of Change", uma das mais conhecidas músicas da banda, tão especial.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Há um sentimento especial em torno dela. Primeiro porque ela é bem diferente com o assovio no começo e tudo. Eu me lembro de ter ficado nervoso quando a apresentei ao Rudolf [Schenker] e Mattias [Jabs] para conhecer as primeiras impressões, e eles adoraram.

É claro que ninguém imaginava que fosse virar o sucesso que virou, e nem menciono o fato da reunificação da Alemanha e o fim da Guerra Fria e tudo o mais.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Era uma música diferente. Ela me fez sentir seguro e muito bem, pois refletia o que estávamos vivenciando entre 1988 e 1989 na União Soviética, e sendo uma banda alemã pensávamos mais ou menos assim: 'Ei, os alemães voltaram. E dessa vez com guitarras!'

É uma música muito sentimental, por isso foi muito especial para mim naquele momento que eu a compus. Creio que foi o terceiro single do 'Crazy World'.

Até hoje, aonde quer que vamos, as pessoas sabem a letra de cor. Estivemos recentemente no México e todos cantaram junto até encobrirem a minha voz."


Cli336 Goo336 GooAdHor