Napalm Death toca novo CD em Londres

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Coutinho, Fonte: Brave Words
Enviar Correções  

"The Code Is Red...Long Live The Code", o novíssimo trabalho do NAPALM DEATH, foi apresentado a fãs e jornalistas em um show em Londres. Dom Lawson, repórter da revista canadense Brave Words and Bloody Knuckles, esteve na audição e descreveu o trabalho como "brutal". "O disco soa absolutamente demais, muito brutal, toneladas de material ‘noise’", disse Lawson.

Opinião: Headbangers não praticantes: radicalismo no Metal

Helter Skelter: a música que Charles Manson "roubou" dos Beatles

O álbum chegará às lojas no dia 26 de abril, via Century Media, e conta com as seguintes faixas: 'Silence Is Deafening', 'Right You Are', 'Diplomatic Immunity', 'The Code Is Red...Long Live The Code', 'Climate Controllers', 'Instruments Of Persuasion' (com Jamey Jasta - HATEBREED), 'The Great And The Good' (com Jello Biafra) 'Sold Short', 'All Hail The Grey Dawn', 'Vegetative State', 'Pay For The Privilege Of Breathing', 'Pledge Yourself To You' (com Jeff Walker - ex-CARCASS), 'Striding Purposefully Backwards', 'Morale', 'Our Pain Is Their Power'.

Jeff Walker (ex-Carcass), a propósito, subiu no palco e, junto ao Napalm, tocou "Losers". No final da música, foi ao microfone e disse: "Estou disponível para casamentos, festas de fim de ano..". O grupo ainda tocou três faixas do álbum de covers: "'War's No Fairytale", do Discharge, "Lowlife".do Cryptic Slaughter e "Blind Justice", do Agnostic Front.



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Opinião: Headbangers não praticantes: radicalismo no MetalOpinião
Headbangers não praticantes: radicalismo no Metal

Helter Skelter: a música que Charles Manson roubou dos BeatlesHelter Skelter
A música que Charles Manson "roubou" dos Beatles


Sobre Thiago Coutinho

Formado em Jornalismo, 23 anos, fanático por Bruce Dickinson e seus comparsas no Maiden. O heavy metal surgiu na minha vida quando ouvi o vocalista da Donzela de Ferro em "Tears of the Dragon", em meados de 1994. Mas também aprecio a voz de pato bêbado do controverso Dave Mustaine, a simplicidade do Ramones, as melodias intrincadas do Helloween, a belíssima voz de Dio ou os gritos escabrosos de Rob Halford. A Whiplash apareceu em minha vida sem querer, acho que seus criadores são uns loucos amantes de rock e acredito que este seja o melhor site de rock do país, sem qualquer demagogia!

Mais matérias de Thiago Coutinho no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin