Nightwish: baixista responde perguntas de fãs

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Juliano Komay, Fonte: Nightwish
Enviar correções  |  Comentários  | 

Marco Hietala, baixista do NIGHTWISH e também integrante do TAROT, respondeu algumas perguntas feitas pelos fãs, conforme segue abaixo:


1470 acessosTarja Turunen: trazendo novamente ao Brasil uma boa turnê solo5000 acessosMetallica: banda passa dificuldades financeiras, dizem biógrafos

(sem autor): De quem você herdou a sua voz? É incrível!

Marco: Meus pais são músicos também. Meu pai, especialmente toca e canta muito. Talvez tenha vindo algo de lá.

Ximena (Junin, Argentina): Como você se sente no Tarot e como você se sente no Nightwish? Sente se da mesma maneira?

Marco: Ambas as bandas têm suas características únicas, e não podem ser sentidas como o mesmo tipo de situações. Eu não entrarei em nenhum detalhe sobre estas diferenças. As posições que eu tenho nestas bandas trazem seu próprio privilégio/ stress.

Marija (Croácia): Como é ser o mais velho da banda?

Marco: Idade é atitude. Atitude é bom.

Thomas Lindroth (Ronneby, Suécia): Qual é a opinião do Nightwish a respeito dos downloads ilegais, pirataria?

Marco: A música que você está baixando hoje tem tanto valor quanto o pão que eu vou comprar para os meus filhos amanhã. Você pediu a minha permissão? É o meu trabalho.

Bunburina (México): Marco, vamos supor que alguém está fazendo um filme sobre sua vida:
1) Que ator lhe interpretaria?
2) E a sua esposa?
3) Quem dirigiria o filme?
4) Quem você gostaria que fizesse a trilha sonora?

Marco:
1) Dificilmente alguém iria querer me interpretar.
2) As estrelas de Hollywood provavelmente brigariam por essa oportunidade.
3) Um filme de zumbis! (George) Romero é claro
4) Esse tipo de oportunidade deveria ir ao Tuomas, não acha?

(Siilinjärvi): Como você aquece sua voz antes dos shows? No documentário 'A Day Before Tomorrow' você grita algo antes do show.

Marco: Eu faço alguns exercícios e grito muitas coisas caóticas.

Ben (Inglaterra): Quanto tempo levou para crescer sua magnífica barba?

Marco: Comecei no verão de 2000.

Thordis (Europa): Se descreva em apenas três palavras

Marco: Work-a-phobic (se realmente existe uma palavra assim), vago.

Freia73 (Jyväskylä): Você já teve seus altos e baixos. Qual o seu conselho para as pessoas?

Marco: Existir nesse universo é o maior privilégio possível. Nunca desista!

Heidi (Pornainen): Se você só pudesse ensinar uma coisa aos seus filhos, o que seria? Tenha um bom verão? (risos!)

Marco: A vida não é tão séria! Nem você.

Susanne (Escandinávia): Como estão as suas crianças? Eles já desenvolveram interesse por música?

Marco: Os garotos estão bem. Eles gostam de muitas coisas diferentes. As bandas de seu pai estão entre as favoritas deles. Eles estão muito interessados em cantar e tocar. O Miro pode segurar uma nota muito bem.

Elli (NW-Forum ;)): Gostaria de saber porque você toca baixo com uma palheta e não com seus dedos. Você acha mais fácil tocar com palheta?

Marco: Eu comecei a tocar guitarra muito cedo com palhetas. Quando mudei para o baixo em uma banda, a palheta veio e ficou também. Não sou um puritano. Você pode fazer coisas boas tanto com as palhetas quanto com seus dedos.

Dark Lady (Bulgária): O que você achou dos comentários do Marcelo no site da Tarja?

Marco: Pareceu um desabafo espiritual de um rapaz inteligente com uma linda alma.

(Suomi): Alguém já puxou a sua barba?

Marco: Sim!

Enkeli (Polonia):
1. O que você acha de Lordi e suas cançoes para a Eurovision?
2. Qual é o seu maior sonho musical?

Marco: O cara certo ganhou. No gênero de Rock e Heavy Metal, a música era ok, mas não excepcional, na minha opinião. E meu maior sonho musical é que alguém ainda ouça minhas músicas e canções que eu escrevi depois de trinta anos.

Holger Strauss (Alemanha) Qual foi o momento mais embaraçoso que você passou em um de seus shows?

Marco: Perder a voz, para um vocalista é muito embaraçoso. Isso aconteceu comigo umas duas vezes quando eu era mais jovem.

Laura (Konnevesi): Se você morresse hoje qual seria seu epitáfio?

Marco: Mantenha os cachorros longe!

Siren (Savonlinna): Se caso você não se tornasse um grande artista, o que você seria?

Marco: Um pequeno artista?

Franca de Vrind (Países Baixos): O que você realmente gostaria de fazer antes de morrer?

Marco: Eu já tive muitas coisas boas da vida. Se eu pudesse ir para o espaço, isso seria o melhor de tudo. Mas não creio que isso vá acontecer.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Tarja TurunenTarja Turunen
Trazendo novamente ao Brasil uma boa turnê solo

1228 acessosTarja Turunen: Como foi a apresentação da cantora em São Paulo1409 acessosMarcio Guerra: A performance de Falaschi e Tarja no RIR 2011892 acessosRio Rock City: Quando o vocalista novo dá certo?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Nightwish"

Floor JansenFloor Jansen
Cantora diz que "crítica" ao Slayer foi retirada do contexto

Tarja TurunenTarja Turunen
Uma declaração de amor pelo Brasil

Musos do Rock e Heavy MetalMusos do Rock e Heavy Metal
Agora é a vez das garotas!

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Nightwish"

MetallicaMetallica
Banda está passando por dificuldades financeiras, dizem biógrafos

Thrash MetalThrash Metal
Dez novas promessas, incluindo uma brasileira

Time MagazineTime Magazine
Os 100 maiores álbuns de todos os tempos

5000 acessosPink Floyd: as brincadeiras e enigmas nas capas dos álbuns5000 acessosAerosmith: As 20 frases mais ultrajantes de Steven Tyler5000 acessosAngra: Aquiles detona ex-companheiros de banda em workshop5000 acessosTamanho é documento?: os Rock Stars mais altos e baixos5000 acessosRed Hot Chili Peppers: veja tributo a Chris Cornell em show5000 acessosEagles: o significado da clássica "Hotel California"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 27 de março de 2016

Sobre Juliano Komay

Nascido em Ponta Grossa, residindo atualmente em Curitiba, formado em Design Gráfico. É apaixonado por boa música desde o início de sua adolescência, quando ainda ouvia com alguns amigos bandas como Iron Maiden, Manowar, Cannibal Corpse. Divide seu tempo entre o trabalho, a música e o cinema, sua outra paixão.

Mais matérias de Juliano Komay no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online