Rob Halford: "Ozzy é o Príncipe das Trevas!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Eduardo Miranda, Fonte: Brave Words, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Durante uma conversa com Rob Halford em setembro de 2007, BW&BK perguntou sobre do que o Metal God (Rob Halford) sente falta em sua carreira.

769 acessosBlack Sabbath: Assista trailer de The End Of The End5000 acessosAfinal de contas, o que é um riff?

"Nada. Eu penso que se você pode ainda fazer o que fazemos - nós estamos nisso, hasteando a bandeira do Metal por muitas décadas, muito como Ozzy e o Sabbath fizeram. Somos bons companheiros. Todos nós passamos pelas mesmas experiências. Então apenas estar por aqui décadas depois é uma prova de que sonhos viram realidade. Eu compreendo o que Ozzy diz. É como conseguir um anel da VH1 Rock Honors - significa muito pra mim. É uma afirmação, um reconhecimento. É realmente um gesto legal. A única maneira de estar em primeiro é pelas pessoas que te ajudam. E quando você alcança essa posição - de um ponto de vista da indústria - é como se você ganhasse um Oscar, um primeiro lugar, um disco de platina. É significante, mas pra mim Ozzy tem sido o primeiro desde sempre devido ao que ele é e o que faz. Por causa do sucesso de The Osbournes, eu penso que houve um momento de desvio do seu talento. Se você olhar para Ozzy pelo que ele fez no começo com o Sabbath, foi o máximo, foi algo notável. Ele tem esse jeito, uma voz única, um estilo único. Não há mais ninguém como ele. Eu penso que pela série The Osbournes, isso ficou desgastado".

"Então eu estava esperando pelo momento quando ele voltaria com um álbum de estúdio. Tenho certeza que ele sentiu-se realmente bem sobre isso. O último grande álbum foi 'No More Tears'. O importante é que ele fez outro álbum, e ele fez música nova. Ele parece fantástico, soa muito bem, e ele tem uma grande banda. É um importante momento pra ele como mentalizador da coisa fazer isso. Você não pode viver de passado até certo ponto. Você vive pelo que é capaz de fazer agora. Você realmente tem que continuar fazendo. E para alguém como Ozzy e o Priest, nós não precisamos mais fazer nada precisamos? Precisamos pra caralho. Porque precisamos fazer isso? Porque queremos fazer. Porque temos que fazer. Porque ainda somos guiados pelo desconhecido - 'o que há mais a ser feito que ainda não fizemos? Que música ainda não fizemos?' Enquanto esse desejo existir, penso que é o fundamental pra te manter no Metal, manter o Metal vivo. Uma vez que você parar, você começa esse retiro interno, estando ciente ou não. Não é saudável. Esse lance de ir parando começa a tomar conta e você fica descuidado e não faz tanto esforço. Se você manter-se, é notável o que você é capaz de fazer. E você também é guiado por seus fãs. Os fãs tem o mesmo desejo que você de continuar fazendo uma nova experiência no Metal".

Quando perguntado 'se você é o Deus do Metal, o que Ozzy é?', Halford respondeu: "ele é o Príncipe das Trevas!"

Comente: O Metal God ou o Príncipe das Trevas? Empate técnico!

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 13 de outubro de 2016

Kerry KingKerry King
O Deep Purple influenciou mais o Thrash que o Black Sabbath

769 acessosBlack Sabbath: Assista trailer de The End Of The End1002 acessosBanda dos sonhos: qual seria a sua?186 acessosMarcos de Ros: Tony Iommi, Dois Dedos de Prosa0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Fascínio pelo terrorFascínio pelo terror
Cinco bandas que dão medo

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
"Eu e Bill Ward éramos soldados das drogas nos anos 70"

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1981

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Judas Priest"0 acessosTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"0 acessosTodas as matérias sobre "Rob Halford"

RiffRiff
Afinal de contas, o que é um? E qual a sua receita?

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Paul Stanley e Sidney Magal

AC/DCAC/DC
Isso sim é uma bela estrada para o inferno

5000 acessosMusic Radar: Os melhores álbuns de Heavy Metal de todos os tempos5000 acessosSlipknot: banda trolla repórter da Multishow antes de show no RIR5000 acessosSimone Simons: "Rammstein me faz querer mexer a bunda"5000 acessosDimmu Borgir: não faz sentido usar jeans e camiseta branca5000 acessosIron Maiden: "O que você precisa saber está no palco!"5000 acessosHard Rock e Metal: os vinte discos mais vendidos nos EUA

Sobre Eduardo Miranda

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online