Pastore: entrevista exclusiva para a Rádio Shock Box

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Rahal Mauro, Fonte: Rádio Shock Box, Press-Release
Enviar Correções  

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Formado por Mario Pastore (vocal, ex-DELPHT e outras), Raphael Gazal (guitarra, CHILDREN OF THE BEAST), Fabio Buitvidas (bateria, ex-ACID STORM, atual SHADOWSIDE) e Ricardo Ravache (baixo, ex-HARPPIA e CENTÚRIAS), o projeto PASTORE está prestes a sair do papel. Além de contar detalhes sobre o novo álbum, o vocalista voltou no tempo e contou histórias sobre sua extensa carreira. As artes marciais e o esporte também deram o ar de sua graça, pois além de gostar de Bruce Lee e Jackie Chan, Pastore pratica o Karatê desde os sete anos de idade.

Led Zeppelin: "Stairway To Heaven" vale mais de US$500 milhões?

Sepultura: Derrick Green elege seus 10 vocalistas preferidos do heavy metal

Confira alguns trechos da entrevista:

Rádio Shock Box: Como todos nós sabemos, viver de música no Brasil é bastante complicado. Que dicas você da para seus alunos? Muitos têm a ilusão que basta ter uma voz bonita, ou saber tocar bem seu instrumento, que era ter sucesso nesse meio.

Mario Pastore: "Sim é complicado mesmo. O que digo sempre é dedicação e estudo. Continuo estudando canto e soube por uma fonoaudióloga que me tratou quando tive uma disfonia, que eu não teria condição de ser um cantor, pois tenho um problema de nascença nas cordas vocais, fora bronquite e outras coisas. Ela elogiou muito minha técnica. Sou muito esforçado, então quem quer: estude MUITO! Eu treino minha voz há mais de 20 anos e nunca acho que está bom. O sucesso é consequência de um trabalho bem feito".

Rádio Shock Box: A última vez que conversei com você pessoalmente, foi na audição do álbum "Destructive Device", da banda MindFlow. Nele você contou algumas histórias interessantes sobre tempos remotos do Heavy Metal brasileiro. Lembro-me de uma história contada por você sobre um encontro com Max Cavaleira, na época em que a banda Sepultura estava começando, em pleno metrô de São Paulo. Se possível, conte essa e outras histórias para os leitores da Rádio Shock Box.

Mario Pastore: "Sim, me lembro que conversamos bastante mesmo. Ali no Anhangabaú tinha a Woodstock Discos e toda a galera das bandas se reunia em frente à loja e ficávamos trocando ideias sobre suas bandas prediletas. Ali conheci o Max, o Igor, o Carlos Lopes e todo mundo se dava bem pra caramba. Uma vez os carecas pegaram uma galera Metal nos túneis do metrô. Estávamos voltando de um show do Sepultura, eu e o pessoal de bandas do ABC, inclusive o pessoal do Necromancia e, de repente, os carecas vieram pra cima. Tivemos que lutar e correr muito pra sair dali. Eles eram o dobro e estavam armados com machadinhas e soco inglês".

Veja essa e outras entrevistas no site da Shock Box, além de uma extensa programação com muitas novidades e raridades.

Rádio Shock Box:
www.radioshockbox.com.br




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Led Zeppelin: Stairway To Heaven vale mais de US$500 milhões?Led Zeppelin
"Stairway To Heaven" vale mais de US$500 milhões?

Sepultura: Derrick Green elege seus 10 vocalistas preferidos do heavy metalSepultura
Derrick Green elege seus 10 vocalistas preferidos do heavy metal


Sobre Thiago Rahal Mauro

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin