Matérias Mais Lidas

imagemO álbum que chocou colégio de freiras de Rafael Bittencourt e foi "libertador"

imagemHá 20 anos, Frejat explicava como Raimundos não se dobrava perante gravadora

imagemRegis Tadeu coloca o dedo na ferida e aponta o grande erro do rock nacional dos anos oitenta

imagemAxl Rose faz piada de gosto duvidoso sobre incidente com microfone

imagemA música do Queen que Brian May pensou que era uma brincadeira

imagemDez bandas de rock e metal que gravaram versões para músicas de outros estilos

imagemEmpresária do Judas Priest conta como foi o encontro de K.K. Downing com ex-companheiros

imagemRaimundos: A surpreendente maneira como Digão conheceu Rodolfo, segundo o próprio

imagemB. B. King sobre John Lennon ter dito que queria tocar como ele

imagemA visionária melhor música do Genesis na opinião de Steve Hackett

imagemSlash falhou em seguir o conselho de Keith Richards, que mesmo assim foi lá e o apoiou

imagemOs curiosos dois significados da expressão "Eu quero ver o oco", segundo Digão

imagem"Nenhuma banda está a fim de ajudar a outra, isto é utopia", diz Regis Tadeu

imagemEric Clapton relembra como era ser chamado de Deus nos anos 60

imagem"Raimundos nunca quis ser manual de conduta para ninguém", diz Digão


Stamp
Summer Breeze

Michael Anthony: como é trabalhar com Hagar e Satriani?

Por Diego Camara
Fonte: BraveWords
Postado em 22 de maio de 2009

O Bravewords.com recentemente conversou com o lendário baixista Michael Anthony (CHICKENFOOT, ex-VAN HALEN), sobre um número diverso de tópicos, mas principalmente sobre a sua nova banda com Sammy Hagar, JOE SATRIANI e Chad Smith. Confira os principais trechos abaixo:

O CHICKENFOOT soprou um pouco de vida em você enquanto artista de estúdio e ao vivo?

Anthony: "E também como um ser humano! Ele te leva ao passado e você lembra o porquê entrou nestes negócios e o que você estava fazendo em primeiro lugar, que é fazer música e se divertir, fazer isso para os fãs. É óbvio que toda nossa carreira e tudo o que passamos deram a nós a luxúria de poder fazer apenas isso. Ter um bom tempo com isso e não ter que escrever hits, fazer dinheiro e isso e aquilo. Apenas queremos fazer isso para nossos fãs e para nós mesmos".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com o CHICKENFOOT perto de ser uma banda ativa, você está se perguntando por que não fez isso mais cedo?

Anthony: "(Risos) Sim, mas você sabe que isso não foi uma coisa forçada e essa é a beleza disso. Chad, Sammy e eu ensaiamos várias vezes no clube em Cabo San Lucas e foi lá onde o nome CHICKENFOOT apareceu pela primeira vez, pois foi o que nos chamou até lá. Foi em torno de um ano e meio atrás, no Super Bowl Sunday do ano passado, e Sammy estava tocando em Vegas e queríamos fazer algo diferente como bis. Ele tinha sua banda, o THE WABOS, tocando e ele convidou Chad e eu para o palco. Ele disse, 'Venham aqui e vamos ensaiar algumas músicas'. Então ele decidiu chamar Joe pois ele queria fazer o CHICKENFOOT. Ele disse 'Vamos arrumar um guitarrista apropriado. Eu posso fazer isso (tocar guitarra) e cantar, mas vamos arrumar um guitarrista que irá explodir a mente de todos e eu posso cantar'. Ele chamou Joe e ele disse 'Claro', então fomos juntos ensaiar. Fazer isso pela primeira vez de frente a um público ao vivo - você tem aquela gratificação instantânea, pois o local foi à loucura. Cabo Wabo é um grande lugar para ficarmos juntos, e muitos músicos vão lá para ensaiar, de KENNY CHESNEY a TED NUGENT, e isso é algo legal. É um tipo de lugar legal quando os músicos vão até lá e querem subir no palco e ensaiar, é legal e não tem nenhuma pressão".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para ser honesto, de fora a conexão entre você e Hagar, o CHICKENFOOT pegou os fãs de surpresa... especialmente o nome! Pensávamos que Satriani estava contente com sua carreira solo, e Smith podia ser visto um pouco fora de sua zona de conforto? Mas as peças se encaixaram perfeitamente.

Anthony: "Quando você lê pela primeira vez sobre isso e escuta, parece ser um emparelhamento improvável. Mas Joe sempre quis colocar junto uma banda com um músico, e eu estava certo que ele lhe diria que ele não tem que ficar pensando o tempo inteiro em tomar conta das melodias e outras coisas. Acho que isso irá explodir a mente de muitas pessoas, pessoas essas que não olhavam ele como um verdadeiro guitarrista de rock, mas sim como um instrumentalista que faz jazz, blues e todo o tipo de coisa grande, pois ele toca todo o espectro das músicas. Acho que ele estava realmente procurando por algo como isso. Quando nós entramos no estúdio pela primeira vez e começamos a ensaiar tivemos um ótimo momento. Ele veio com algumas ideias de músicas aqui e ali, foi bastante legal. E Chad é um roqueiro de Detroit, é aí que seu coração realmente não importa-se com o que ele fez com o Chilis. Ele traz um elemento de funk para alguns dos materias que fazemos, e tocar com ele nas seções de ritmo me inspira a fazer materiais diferentes. Quando as pessoas escutarem isso pela primeira vez acho que eles ficarão surpresos em como isso tudo se combina".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quais são as principais diferenças em trabalhar com Satriani ao invés de Eddie?

Anthony: "Os dois são grandes guitarristas e Eddie é um grande inovador. Tocando com Joe eu viajo pois ele tem um grande conhecimento e entendimento e pode tocar praticamente tudo na música. A única coisa que eu ainda não ouvi ele tocar foi reggae! É realmente legal e novamente bastante inspirador, e isso me leva a pensar em coisas para tocar. Apenas ensaiando - eu tinha Joe de um lado e Chad do outro. Meu maxilar estava no chão tocando com esses caras ao vivo e no estúdio. Estou maravilhado, é muito legal".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E é ótimo ver Hagar realmente tocar de novo, faz você se esquecer de sua posição no WABO.

Anthony: "Sim e o que é realmente legal é que há uma diferença em cada música. Não é como se tudo soasse o mesmo. Eu penso que Sammy estava pensando em algo um pouco diferente e em retornar às suas raízes do rock. Com o WABOS é mais o som e o estilo de vida da fronteira. Isso é uma festa e eu passei um ótimo tempo ensaiando com ele, acho que o mais engraçado para mim foi ver Sammy no palco com calças compridas! Pois não sei há quantos anos eu só o vejo com shorts! Estamos usando calças e estamos tocando! Não estamos fazendo coisas de Cabo Wabo, estamos tocando rock!"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Fique atento à parte II da entrevista, quando Anthony irá explicar a setlist dos shows ao vivo do CHICKENFOOT e seu relacionamento com os irmãos Van Halen!

A entrevista completa pode ser lida neste local (em inglês).

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Lift Detox
Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Chad Smith relembra como foi conhecer Neil Peart: "Ele era muito engraçado"

Chad Smith relembra a reação de Neil Peart ao vê-lo tocar pela primeira vez

Sammy Hagar revela como foi influenciado por Elvis Presley

Michael Anthony: o momento mais marcante com o Van Halen

Sammy Hagar: "Eu posso me gabar um pouco; eu vim do nada!"

Van Halen: Sammy Hagar só topa voltar se David Lee Roth ficar

Punk Rock: os 25 melhores discos segundo o site IGN

Black Metal: cinco bandas do lado depressivo do satanismo


Sobre Diego Camara

Nascido em São Paulo em 1987, Diego Camara é jornalista, radialista e blogueiro. Seu amor pelo metal e rock começou há 6 anos. Um amante da nova geração, é um grande fã de Arjen Lucassen, Andre Matos e bandas como Nightwish, Hammerfall, Sonata Arctica, Edguy e Kamelot. Também não deixa de ter amor pelos clássicos, como Helloween, Gamma Ray e Iron Maiden e do Rock de bandas como Oasis, Queen e Kings of Leon. Atualmente seus textos podem ser lidos no blog OCrepusculo.com sobre assuntos diversos, além de planos para criação de um projeto totalmente voltado aos blogs de Rock e Metal.

Mais matérias de Diego Camara.