Slipknot: Os planos da banda após a turnê

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nathália Plá, Fonte: blabbermouth.net, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 29/06/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


Em uma entrevista para o The Press-Enterprise, o mentor e percussionista do SLIPKNOT, M. Shawn "Clown" Crahan, falou sobre a participação no Rockstar Energy Drink Mayhem Festival — a primeira turnê completa da banda nos E.U.A desde a perda do baixista Paul Gray, que foi encontrado morto por causa de uma overdose de morfina e fentanil em um hotel em Urbandale, Iowa em maio de 2010.
1190 acessosSlipknot: estúdio x ao vivo, expectativa e realidade5000 acessosSeparados no nascimento: Lady Gaga e Eddie

"Quando vou pro palco e o Paul não está lá, é devastador", disse Crahan. "Mas eu o celebro. Eu falo com ele. Eu peço o amor dele. Peço a participação dele. Peço para ele se diverter. Uns dias eu grito com ele. Uns dias eu choro. Por mais longe que nossos fãs estejam, eu olho para eles porque eu percebo que eles notam que ele não está lá e eu sinto a dor deles. Então eu tento olhar para eles, para todos bem nos olhos e deixa-los saber que eu sei o que eles estão passando".

Ele acrescentou, "O Paul sempre sera o #2 de nove caras, sempre, pelo resto da minha vida. Ninguém que vier, isso pode soar mal, não vai ser parte dos nove. Vai ser uma adição. Nunca será parte dos nove sagrados, os nove que começaram e estão continuando".

De acordo com Crahan, o SLIPKNOT planeja encerrar a turnê em agosto, e então fará uma pausa antes de se reunir para trabalhar firme em um novo CD.

"Vamos nos fortelecer juntos", ele disse. "Vamos seguir em frente e vamos continuar a fazer a música do SLIPKNOT, e o Paul vai sempre estar lá. Enquanto eu estiver na banda, ele jamais deixará de estar lá".

O último disco do SLIPKNOT, "All Hope Is Gone", foi lançado em 2008.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 29 de junho de 2012
Post de 04 de julho de 2012

Bill WardBill Ward
Os dez discos de metal favoritos do baterista

1190 acessosSlipknot: estúdio x ao vivo, expectativa e realidade465 acessosSlipknot: reagindo aos melhores vocais cover da banda2737 acessosSlipknot: o fã que achou alguma coisa na Deep Web0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Slipknot"

NickelbackNickelback
Por que a treta com Corey Taylor é bizarra e juvenil

Corey TaylorCorey Taylor
"Não comprem a playboy da Lindsay Lohan"

SlipknotSlipknot
Corey explica desvantagens das máscaras

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Slipknot"

SsemelhançaSsemelhança
Separados no nascimento: Lady Gaga e Eddie

Iron MaidenIron Maiden
Conheça a equipe e família que viaja com a banda

Iron MaidenIron Maiden
Uma releitura de "The Trooper" pelo Cine

5000 acessosDrogas e Álcool: protagonistas nos piores shows de grandes astros5000 acessosCovers: quando bandas de Heavy e Power Metal prestam tributo5000 acessosRammstein: "Se alguém rir das gordinhas, eu quebro a cara dele!", diz Till Lindemann5000 acessosLed Zeppelin: as misteriosas viagens à Índia2510 acessosChristiane F.: dezenove anos, gravada e produzida5000 acessosPearl Jam: Loudwire escolhe as dez melhores músicas

Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online