Machine Head: se preparando para compor novo álbum

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Samuel Coutinho, Fonte: Metal da Ilha
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 30/11/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


515 acessosMachine Head: trabalhando em novas músicas5000 acessosFrases de bandas: o que eles realmente querem dizer?

Joe Daly do The Nervous Breakdown, conduziu uma entrevista com o guitarrista Phil Demmel, do MACHINE HEAD. Alguns trechos da conversa seguem abaixo.

The Nervous Breakdown: Porque só agora vocês lançaram um CD ao vivo?

Demmel: Nós estávamos com um contrato com a Roadrunner Records e era algo que já tinhamos gravado quando fizemos a "The Eighth Plague Tour", na Europa. Pegamos nosso Pro Tools e gravamos o show no Wembley Arena que fizemos, que além disso foi um dos maiores lugares em que já tocamos. A resposta do público foi grande e queríamos capturar isso. Nós somos uma banda que não escreve 40 canções em alguns meses, como algumas bandas fazem por aí. Leva algum tempo para escrever, por isso também queríamos preencher este espaço entre os lançamentos. Estamos fazendo igual ao KISS, três álbuns, em seguida, um disco ao vivo, entende? (risos)

The Nervous Breakdown: Um ano atrás, "Unto The Locust" chegou ao topo de várias paradas. Como está o material agora, depois da aceitação do público?

Demmel: É gratificante e justo. Qualquer artista que cria alguma coisa, tipo, 99,9% dos artistas querem ser apreciados, amados e aceitos. Saber que as pessoas gostaram do que fizemos depois de "The Blackening", - como quando elas diziam: "Não tem como vocês fazerem sucesso com este registro" - e em seguida: "Porra, vocês se superaram com este registro", isso me faz sentir muito bem. Foi bom ser apenas nós mesmos, escapar da pressão de "The Blackening", e apenas gravar outro registro. As pessoas gostaram do que fizemos da última vez e estamos melhores como músicos, compositores e encontramos o groove para poder compor.

The Nervous Breakdown: Vocês já começaram a pensar no próximo disco?

Demmel: Após essa turnê, nós queremos começar a compor. Temos um par de coisas para o próximo ano, mas queremos poder começar a gravar antes do final do ano, do próximo ano. Já pensamos em uma direção. Ainda está adormecido. Acho que iremos trabalhar com o que temos por hora. Nossa fórmula é apenas chegar em alguma coisa e ver o que acontece. Nada artificial, sabe? É assim que aconteceu em "Darkness Within", e foi assim com várias coisas no último álbum, por isso vamos ver como progredimos. Robb (Flynn, vocais/guitarra) fez aulas de música clássica antes do último registro, então eu acho que isso será uma junção de tudo o que aprendemos até agora. Nós continuamos a evoluir, e não vai ser um "Blackening II", nem um "Unto The Locust II". Eu acho que vai ser o nosso maior registro.

Leia a entrevista completa (em inglês) no link abaixo:

http://www.thenervousbreakdown.com/jdaly/2012/11/machine-hea...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 01 de dezembro de 2012

515 acessosMachine Head: trabalhando em novas músicas0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Machine Head"

Machine HeadMachine Head
Amps Falsos no Palco - pode isso, Arnaldo?

Machine HeadMachine Head
Frontman fala sobre depressão em blog

MetalMetal
As oito maiores tretas entre músicos do gênero

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Machine Head"

Frases de bandasFrases de bandas
O que eles realmente querem dizer?

Em 24/11/1991Em 24/11/1991
Morre Freddie Mercury, aos 45 anos de idade

JapãoJapão
Conheça dez bandas japonesas de Metal

5000 acessosMax Cavalera: triste ver uma banda tão importante virar uma merda5000 acessosUltimate Guitar: as 28 canções mais sombrias de todos os tempos5000 acessosDavid Bowie: a última foto pública e a última foto privada5000 acessosMetal Hammer: As melhores músicas da história do Death Metal5000 acessosWikimetal: os 100 maiores álbuns ao vivo já feitos5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1982

Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online