Phil Anselmo: "uma vergonha que Vinnie nunca tenha me procurado"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Samuel Coutinho, Fonte: Metal da Ilha
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 17/02/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


3288 acessosPantera: não vai rolar reunião alguma, esqueça5000 acessosDeep Purple: a contestada entrevista na Globo em 2006

A rixa entre os ex-colegas de PANTERA, Phil Anselmo e Vinnie Paul, sempre foi bem repercutida, fato que não impediu que Anselmo abrisse o jogo na mídia ao longo dos anos.

O ex-vocalista do Pantera falou mais uma vez sobre a banda e sobre sua relação na última edição da revista Revolver, que recentemente chegou às bancas.

"Eu me sinto mal por Vince", explica Anselmo na entrevista. "As pessoas devem ter pena do cara. Eu não estava lá quando Dimebag Darrell foi assassinado, mas com certeza ele deve ter ficado puto. Era sua carne e seu sangue, morto diante dos seus olhos. É uma pena que Vince nunca tenha estendido sua mão para o Rex Brown e eu acho que o processo de cicatrização teria sido bem melhor para ele, em vez de uma reação instintiva de medo e sua terapia através de uísque e tudo mais".

O vocalista acrescentou que, apesar de assumir boa parte dos erros que levaram à queda do Pantera, ele não estava sozinho. "Um cara não pode quebrar uma banda", disse Anselmo. "Você tem que entender, ele tinha quatro maneiras de se desfazer da banda. Sim, eu cometi erros. Sim, houve uma falta de comunicação em ambos os lados e parte disso foi minha culpa. Boa parte foi culpa minha".

Anselmo também insiste que ele teria reparado seu relacionamento com Dimebag. "Gostaria de ter feito as pazes com ele. Eu queria que ele tivesse orgulho de mim por eu ter conseguido sair da lama, deste abismo", disse o vocalista. "Eu escolhi lembrar das coisas positivas. Ele era quase como um contraponto perfeito para mim. Podemos ter nos enfrentado de certa forma, mas nós sempre encontrávamos um meio termo. Era um relacionamento vital, que para mim, foi uma perda gravíssima".

Foto da chamada: Liny Rocks

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 17 de fevereiro de 2013

PanteraPantera
Não vai rolar reunião alguma, esqueça

469 acessosResenha - Great Southern Trendkill - Pantera1361 acessosPantera: Apenas Demonstração Vulgar1178 acessosPantera: série de emojis da banda sai em setembro0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Pantera"

Por poucoPor pouco
15 rockstars que quase partiram dessa para uma melhor

PanteraPantera
Integrantes assistem a show do Slipknot em 1999

PanteraPantera
Um cover inusitado para o clássico "Walk"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Pantera"0 acessosTodas as matérias sobre "Damageplan"

Deep PurpleDeep Purple
A contestada entrevista na Globo em 2006

Ratos de PorãoRatos de Porão
João Gordo crente? Vai tomar no cu quem tá acreditando!

SlipknotSlipknot
Joey Jordison revela o verdadeiro motivo de sua saída

5000 acessosBruce Dickinson: vocalista elege seus 5 álbuns preferidos5000 acessosOzzy Osbourne: "o morcego era quente e crocante"5000 acessosO que os fãs de rock e suas vertentes pedem para beber em um bar?5000 acessosPink Floyd: Nick Mason compara saída de Waters à morte de Stalin5000 acessosDave Mustaine: detratores são cruéis, mas não burros5000 acessosCopa do Mundo: Mojo elege as 15 canções mais incríveis do Brasil

Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online