Igor Cavalera: o filho virtuoso de Max, segundo Gloria Cavalera

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

Por GLORIA CAVALERA

"Quando a cegonha deixou Igor com a gente, estávamos rodando pelo globo freneticamente. Sempre havia um show, um vídeo, uma reunião, uma entrevista. Max e eu decidimos no começo da vida de Zyon que trabalharíamos em cima de nosso casamento e na criação de uma família. Sobreviveríamos ao drama e às muitas provações. Começaríamos uma tribo.

Axl Rose: a primeira ficha policial aos 18 anos

Vício: Phil Anselmo relata como é ser viciado em heroína

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Igor só tinha alguns meses de idade quando caiu na estrada conosco. Trouxemos ele com seus protetores auriculares comprados na seção de armas de fogo do K-Mart. Eles haviam funcionado muito bem nas muitas viagens de Zyon. Igor até apareceu na capa de um guia de TV belga, em um artigo sobre proteção auricular em shows de rock!!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Max e eu decidimos começar a viajar em nosso próprio ônibus dessa vez. Tínhamos um grupo grande com 7 crianças e seus brinquedos e não queríamos atrapalhar. Só fazíamos isso quando era verão e todo mundo estava de férias escolares. Nos EUA, nosso motorista, Buddy McKensie era o nosso favorito. Buddy nos conduziu por 18 anos e era um membro da família para todos nós. A primeira vez em que os encontramos, ele chegou com um beliche de ônibus transformado em cama de criança para Zyon! Com o nascimento de Igor, sabíamos que poderíamos esperar por uma cama personalizada para ele também!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Igor era inseparável de mim e Max. Aos 3 anos, Zyon não estava lá muito impressionado com a vida na estrada e pediu pra que eu o matriculasse na escola. Igor, por outro lado, teve que ser arrancado de nossas mãos no primeiro dia de aula. ele estava amando a estrada e tudo que há nela. Ele nunca se cansou da correria, de muita gente, dos shows sem parar.

Igor nos acompanhou a quase toda gravação desde que ‘Roots’ foi gravado em Malibu no Indigo Ranch. Ele foi a todas as gravações de vídeos que fizemos! O traço que o diferenciava era que ele sempre estava lendo e carregando um livro com ele. Uma vez até fomos a uma feira agropecuária e ele andou com um livro, lendo entre uma brincadeira e outra! Não esperávamos que ele se tornasse músico.

Quando Igor tinha 13 anos, ele parou de ler e entrou em encrenca na escola. Eu o deixei de castigo e o que ele fez??? Pulou na bateria de estudo que fica na sala de estar e bateu a frustração dele pra fora! Eu soube de imediato que havia algo de incomum no estilo dele. Ele tinha o tempo mais preciso que eu já tinha ouvido! Eu vi pegar bateria, guitarra e baixo e tocar a todos. Começamos a notar que o intelectual organizado também estava carregando o sangue de uma bela forma de arte nas veias.

Fiquei muito chocada quando Igor me informou que tocaria "Troops of Doom" em Paris na primeira turnê do Cavalera Conspiracy. Ele tocaria essa música em todos os shows até o fim da turnê. Tenho certeza que vocês já viram o lendário vídeo dele tocando em sua camiseta vermelha, de boné pra trás e mal conseguindo enxergar por detrás do kit. Esse vídeo do "Igor Jr." Tem mais de um milhão de acessos!

Ao formar o MOLDBREAKER com seu irmão, Zyon, aos 15 anos, a banda se transformou na atual lineup do LODY KONG, uma poderosa banda de vanguarda, com uma peculiaridade ímpar.

Igor tem de fato uma identidade secreta e nós escutamos essa pessoa ficar digitando toda hora, dia e noite. Algo que ainda temos que descobrir está sendo incubado naquele quarto…"




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Axl Rose: a primeira ficha policial aos 18 anosAxl Rose
A primeira ficha policial aos 18 anos

Vício: Phil Anselmo relata como é ser viciado em heroínaVício
Phil Anselmo relata como é ser viciado em heroína


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280 GooInArt