SupreMa: "O brasileiro precisa amar mais suas próprias bandas"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Furia Music, Fonte: Furia Music, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Em entrevista esta semana para o site português "Metal em Portugal", Douglas Jen guitarrista do SupreMa falou sobre a carreira da banda e sobre o panorama atual do heavy metal no Brasil.

Roadrunner: os melhores frontmen de todos os temposMetallica: corrigindo a injustiça contra Jason Newsted

Qual a vossa opinião sobre o actual panorama do Metal no Brasil e a nível Mundial?

Douglas Jen: É muito fácil ver que a indústria da música como um todo está em baixa. Gravadoras fecharam as portas, pirataria, downloads e um tanto de fatores que enfraqueceram o mercado. Vendas de discos caíram e houve um "boom" de bandas novas. Com tanta coisa acontecendo o mercado mudou bastante e quem não se adaptar a este novo modo de fazer música vai acabar morrendo. Porém em minha opinião caiu, mas não morreu.

Douglas Jen: No Brasil temos vivido um panorama estranho onde o país foi invadido por uma rota de shows internacionais e ao invés disso difundir a música e criar uma cena forte, acabou que em um mesmo mês temos 4 ou 5 shows internacionais na mesma capital e os fãs acabam não tendo condições financeiras de ir em todos os shows e tem que escolher quais shows vão assistir. Com isso as bandas brasileiras se enfraquecem e bandas que colocavam 5 ou 6mil pessoas num show hoje em dia sorri quando tem 2mil pessoas. Bandas menores que levavam 1000 ou 1500 pessoas hoje em dia não colocam mais que 300 pagantes numa casa, ou seja, isso enfraqueceu demais a cena brasileira e o que tem acontecido são duas coisas: ou a banda morre de vez, ou arrisca os passos internacionais porque ficar tocando somente nas terras brasileiras está cada vez ficando mais difícil. O público brasileiro precisa amar mais suas próprias bandas pois aqui temos bandas incríveis, um real celeiro de músicos e talentos fazendo coisas boas que não devem em nada para qualquer artista internacional. É triste pois deixam de apoiar e ao mesmo tempo perdem a chance de ver belíssimos shows e pagam caro por shows internacionais.

Douglas Jen: Em nível mundial eu vejo um panorama um pouco melhor principalmente na Europa. No Brasil os shows só acontecem de sexta e sábado e raramente algo bom de domingo. Brasileiro não tem cultura de ir em shows no meio de semana. Já na Europa vemos grandes tours acontecendo o tempo todo com shows de terça, quarta-feira... Isso gera mais espaço para as bandas poderem fazer rotas maiores, abre o mercado.

Leia a entrevista completa em:
http://www.metalemportugal.com/entrevistas/item/906-entrevista-com-douglas-jen-dos-suprema




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Suprema"


Metal Brazuca: algumas bandas que você precisa conhecerMetal Brazuca
Algumas bandas que você precisa conhecer


Roadrunner: os melhores frontmen de todos os temposRoadrunner
Os melhores frontmen de todos os tempos

Metallica: corrigindo a injustiça contra Jason NewstedMetallica
Corrigindo a injustiça contra Jason Newsted

Paixão nacional: o futebol e os roqueiros britânicosPaixão nacional
O futebol e os roqueiros britânicos

Fotos de Infância: Bon Scott, do AC/DCFotos de Infância
Bon Scott, do AC/DC

Simone Simons: Rammstein me faz querer mexer a bundaSimone Simons
"Rammstein me faz querer mexer a bunda"

Iron Maiden: veja Nicko McBrain tocando com Pat Travers em 1976Iron Maiden
Veja Nicko McBrain tocando com Pat Travers em 1976

John Lennon: O dia em que Fidel Castro o homenageouJohn Lennon
O dia em que Fidel Castro o homenageou


Sobre Furia Music

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336|adClio336