Mike Patton: "Lá estava eu, mijando no teleprompter de Axl Rose"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

BILLY GOULD, do FAITH NO MORE, afirma que certa vez trocou toda sua coleção de discos por álbuns que ele não queria – apenas para irritar às pessoas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E isso é apenas um exemplo do quão desesperada estava sua banda para evitar acomodar-se com a típica cena musical quando eles estouraram no fim dos anos 80.

A banda, hoje reunida, está em turnê para divulgar o álbum ‘Sol Invictus’, lançado em maio.

Ele disse ao jornal inglês The Guardian: "Eu troquei todos os meus vinis de música clássica por discos de Huey Lewis And The News apenas para irritar meus amigos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Foi a coisa mais estúpida que eu já fiz – mas por uns 10 minutos eu tive muita satisfação por fazê-lo. "

O FNM sempre insistiu em mudar de direção, e o conceito é bem representado por ‘Angel Dust’, de 1992, CD que a própria gravadora do grupo não queria lançar porque achava que seria um fracasso certo.

Gould conta: "A frase clássica era, ‘Eu espero que vocês não tenham acabado de comprar casas. ’"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas o frontman Mike Patton emenda: "Claro que compramos. "

Naquela época a banda abria para o GUNS N’ ROSES, e adorava o fato de os fãs de Axl Rose não gostarem deles – até que mesmo isso ficou chato.

"Se não tivesse durado tanto, teria sido legal, mas o fizemos por seis meses", diz Gould. "Tinha que ser, tipo, aquilo era nossa vida. É como trabalhar em um emprego com pessoas que você não entende e que não entendem você. "

Patton conta, lembrando: "Aquilo faz com que você se analise – ‘É isso que somos agora? Essa não é a minha’. Por vezes você se satura. Lá estou eu, mijando no teleprompter de Axl. Eu não tinha que fazer aquilo. "

Mas a postura rebelde do FNM persiste. O tecladista Roddy Bottum observa: "O melhor cenário possível é se deixarmos as pessoas confusas."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E eles ainda conseguem surpreender uns aos outros, o que é importante para eles. "Ouvir qualquer coisa que um de nós faz a esse ponto é fascinante, " diz Bottum.

"Eu acho que eu conheço esses caras e daí eles fazem algo que é tipo, ‘Wow, isso é realmente esquisito. "

Ele fala sobre Sol Invictus: "Eu acho que conseguimos o que precisávamos conseguir. Se todos morrêssemos hoje, eu acho que teríamos feito um bom trabalho. "




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Slayer: Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismoSlayer
Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismo

Lemmy Kilmister: Esta coisa de Black Metal me faz rir!Lemmy Kilmister
"Esta coisa de Black Metal me faz rir!"


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Cli336 Goo336 Goo336 CliHo Goo336 GooInArt