Matanza: Jimmy se arrepende de não ter falado com Lemmy, do Motörhead

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Lucas Steinmetz, Fonte: Heavy Talk
Enviar correções  |  Comentários  | 

O Heavy Talk publicou uma nova entrevista com o vocalista Jimmy London, do MATANZA. Nela, Jimmy fala sobre os diferentes públicos do MATANZA ao redor do Brasil, as mudanças na formação da banda e se diz profundamente arrependido de não ter ido conversar com Lemmy Kilmister, líder do MOTÖRHEAD, quando teve a chance. Veja a entrevista completa abaixo.

4018 acessosMax e Igor Cavalera: "Ace of Spades" ao vivo com David Vincent5000 acessosO amor: 10 músicas para roqueiros apaixonados

Jimmy: Eu tento muito separar essas admirações pela criação, e não sei o que, do cara também em si. Senão a gente começa a pirar nos lances. Vou te falar? Eu me arrependo profundamente… A gente abriu para o Motörhead algumas vezes. E aí teve uma vez que a produtora gente boa deles falou “po, vocês não querem ir lá falar com o Lemmy?“. Eu me lembro que a gente fez tudo, vinil, disco, camisa, tudo que a gente tinha eu mandei pra ele e eu falei “po, não quero não“.

Heavy Talk: Por que?

Jimmy: Sei lá, cara. É uma referência absurda. Isso rolou comigo uma vez também quando perguntaram se eu queria entrevistar o Slayer. E eu falei “não quero, não“. Porque eu vou ficar perguntando pros caras… Porque eu não sou… Se eu fosse um jornalista, obvio que eu quero. Mas eu não faço isso da vida. É uma parada que eu faço às vezes, mas amadorísticamente. Aí o cara “você quer entrevistar o Slayer?” e eu falei “não, cara“. Ou eu vou ficar perguntando parada ridícula, tipo “caralho, que amp e que microfone você usou no Raining Blood…” sacou? O que que eu vou falar pros caras?

Heavy Talk: Eu vou te dar meu whatsapp. Quando acontecer isso manda pra nós.

Jimmy: Haha, cara depois eu acabei até entrevistando o Kerry King. mas quando rolou um lance de “mermão, vai lá você sozinho e entrevista o Slayer lá” eu vou te falar que amarelei. Como com o Lemmy. Não vou que eu amarelei, meio que evitei… Me arrependo profundamente, na verdade. Fiquei com lance de “po, não vou lá encher o saco do cara“, eu já tinha aberto o show, ia ficar lá de banda babona. E no final das contas eu me arrependi profundamente. Óbvio que eu devia ter ido.Eu já conhecia ele, já tinha foto e não sei o que. Mas nunca tinha trocado ideia com o cara. Eu me lembro que ele tava doente, também. Tava fodido, com início de pneumonia tocando em Recife, bem fodido já de diabetes como ele era. Então tava meio climão, também. Não fui tão idiota assim.

Para ler a matéria completa, acesse:
http://heavytalk.com.br/entrevistas/matanza-jimmy-lemmy-moto...

Comente: O que você perguntaria para Lemmy se tivesse tido a oportunidade?

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Max e Igor CavaleraMax e Igor Cavalera
"Ace of Spades" ao vivo com David Vincent

306 acessosLemmy: ouça participação em música de Chris Declercq1560 acessosMotörhead: Steve "Lips" não se arrepende de ter dito "não" à banda57 acessosEm 12/02/1956: Nasce Brian Robertson (Motorhead, Thin Lizzy)298 acessosPhil Campbell: Lyric-video da nova faixa "Ringleader"800 acessosMotorhead: edição especial de 40 anos do primeiro disco0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motorhead"

Bruce DickinsonBruce Dickinson
"Olhei para o Paul Di'Anno e pensei que deveria estar lá!"

É um milagreÉ um milagre
Face de Lemmy aparece em uma panqueca

VH1VH1
As 100 melhores músicas de hard rock

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Matanza"0 acessosTodas as matérias sobre "Motorhead"


O amorO amor
10 músicas para roqueiros apaixonados

Treta históricaTreta histórica
Zakk Wylde cuspiu cerveja em James Hetfield?

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Keith Moon e Marcelo Adnet

5000 acessosGuns N' Roses: Axl desafina guitarra de Slash e pede desculpas5000 acessosSlash: guitarrista fala sobre a origem da sua cartola5000 acessosSasha Grey: sua real paixão pela música de atitude e sua coleção de vinil5000 acessosGhost: hard rock é sobre quem tem o "maior pau" e indie rock, o menor5000 acessosPara tocar: O que são tablaturas e como usá-las?2962 acessosPoison: o chifre que Bret Michaels levou e transformou em canção

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 28 de março de 2017


Sobre Lucas Steinmetz

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online