Vinil: Sony voltará a fabricar discos depois de quase 30 anos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mário Pescada, Fonte: Estadão
Enviar Correções  

Desde 1989 que a Sony Music suspendeu a fabricação de discos de vinil no Japão. Agora, o mega conglomerado musical decidiu retornar à produção ali depois de quase 30 anos, possivelmente já a partir de março de 2018.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O motivo: a crescente vendagem que os bolachões estão tendo ano após ano em diversos mercados, ao contrário da venda de cd´s e downloads (só o streaming tem crescido). Só para se ter uma ideia, as vendas no Japão chegaram a cerca de 800 mil unidades em 2016, oito vezes mais que em 2010. No Reino Unido, as vendas de vinis no ano passado superaram às de música em formato digital.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Apesar de serem números animadores, eles ainda estão muito aquém dos registrados na década de 70, onde o Japão registrou a produção de quase 200 milhões de discos por ano!

A fábrica da Sony fica situada do município de Shizuoka, ao sudeste de Tóquio - hoje existe apena um fabricante em todo Japão, a Toyokasei. A ideia é trabalhar tanto com melodias japonesas populares, como com os últimos grandes sucessos.

Com o mercado aquecido, a Panasonic relançou recentemente a marca de toca-discos Technics e novos modelos da linha SL-1200, enquanto a Sony comercializa um novo modelo.

Comente: O vinil voltou pra ficar?




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


O Rock Morreu: mas a boa notícia é que ele está embalsamadoO Rock Morreu
Mas a boa notícia é que ele está embalsamado

Vinil: maior coleção do mundo está à venda - mas ninguém querVinil
Maior coleção do mundo está à venda - mas ninguém quer


Sexo: os clipes mais sensuais do Metal segundo a Metal HammerSexo
Os clipes mais sensuais do Metal segundo a Metal Hammer

Anthrax: Scott Ian apresenta a solução para o Phil AnselmoAnthrax
Scott Ian apresenta a solução para o Phil Anselmo


Sobre Mário Pescada

Mineiro, leitor compulsivo, ouvinte de todas as vertentes do rock - do blues ao grindcore. Valoriza mais a honestidade e entrega em cima do palco do que a técnica. Guarda os flyers dos shows que vai como se fossem relíquias.

Mais matérias de Mário Pescada no Whiplash.Net.

Goo336 Cli336 GooAdHor