Matérias Mais Lidas

imagemMetallica: se você achou caro o pacote do Titãs, fuja dos preços da turnê de Hetfield & Cia

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemO dia que Cazuza pagou justo esporro para Sandra de Sá ao ver atitude da cantora em festa

imagemRed Hot Chili Peppers virá ao Brasil no próximo ano, diz José Norberto Flesch

imagemFãs não perdoam e reclamam da bateria de Lars Ulrich em novo single do Metallica

imagemJohn Lennon sentia que seu filho Julian "queria que Paul McCartney fosse seu pai"

imagemTitãs e o integrante que era visto como um líder mas saiu por estar em outra

imagemBandas de rock que lançaram poucos discos, mas continuam fazendo muito sucesso

imagemTim Ripper Owens diz que nunca voltaria ao Iced Earth

imagemCharlie Benante não sabia de tour do Metallica com o Pantera

imagemMotörhead lança a música inédita "Bullet In Your Brain"; ouça aqui

imagemA importância da ex-esposa de James Hetfield em sua luta contra o alcoolismo

imagemO motivo pelo qual Steven Tyler disse que "daria na cara" de Elvis Presley

imagemCinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

imagemLed Zeppelin e a fala que Robert Plant tem vergonha mas não tem como apagar da história


Samael Hypocrisy
Stamp

Roy Khan: ex-Kamelot retornando à ativa

Por Mário Pescada
Fonte: 80 Minutos
Postado em 24 de maio de 2018

Roy Khan ficou famoso a frente da banda de power/symphonic metal KAMELOT, onde foi vocalista por 13 anos. Depois formou o CONCEPTION, deu um tempo na carreira e agora está voltando com tudo, incluindo um EP com financiamento coletivo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Roy concedeu uma entrevista exclusiva ao site 80 Minutos para o entrevistador André Luiz Paiz.

ALP: Olá Roy, obrigado por falar com o 80 Minutos. Os fãs de heavy metal sentiram muito a sua saída do KAMELOT e da cena musical. O que você tem feito desde então?

RK: Em primeiro lugar e o mais importante, eu tenho passado tempo com a minha família. No trabalho, eu tenho trabalhado na igreja em conjunto com o nosso clube dos jovens e outras coisas mais. Também tenho trabalhado como professor, periodicamente.

ALP: E agora você está de volta com o CONCEPTION, um grupo que lançou um material bem interessante no passado, cobrindo vários estilos musicais. Como surgiu este retorno?

RK: Eu, Tore, Ingar e Arve continuamos sendo bons amigos por todos estes anos e nos encontrávamos ocasionalmente apenas para passar um tempo juntos. Até que, Tore e Arve vieram até mim com ideias para novas músicas. Isso aconteceu há uns dois anos. Esta foi a faísca que se transformou na campanha do PledgeMusic que lançamos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

ALP: Vocês estão trabalhando com o PledgeMusic e contando com o apoio dos fãs para lançamento de um novo EP. O que podemos esperar dele? Você pode nos contar um pouco sobre isso e como os fãs brasileiros podem contribuir?

RK: Nós disponibilizamos alguns produtos que estão sendo produzidos para compra. Neste momento, nós estamos preparando um single e um EP - ambos serão únicos - e mais algumas outras coisas. A melhor forma de apoiar o CONCEPTION é acessando o nosso link no PledgeMusic.com. Os fãs podem, é claro, ajudar a nos manter ativos, compartilhando estas informações em suas mídias sociais. O sucesso desta campanha determinará o que será possível fazer depois. A princípio, devo dizer que está indo muito bem.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

ALP: Vocês estão aqui para ficar? Pretendem tocar ao vivo e gravar um álbum completo de músicas novas do CONCEPTION?

RK: Na verdade, o CONCEPTION nunca deixou de existir. Nós simplesmente congelamos algumas coisas por estarmos ocupados com outras coisas em nossas vidas. Eu adoraria sair por aí e tocar ao vivo novamente, apesar de, neste momento, não haver planos para shows aqui na Noruega ou em qualquer outro lugar. Mas, considerando o fato de que o CONCEPTION é uma máquina e todos nós adoramos tocar ao vivo, espero que seja possível chegar a um ponto em que isso se torne realidade.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

ALP: Você continuou compondo músicas desde que saiu da cena metal?

RK: Eu compus algumas coisas, mas a única canção que foi 100% finalizada foi "For All", que lancei no YouTube na páscoa deste ano.

Para continuar lendo essa entrevista, acesse o site do 80 Minutos clicando no link abbaixo.

https://80minutos.com.br/interview.php?interview=13

Quem quiser colaborar no financiamento coletivo pode acessar o link abaixo.

https://www.pledgemusic.com/projects/conception-ep

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Summer Breeze


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Roy Khan: "sair do Kamelot foi a melhor decisão que já tomei"

Kamelot: Roy Khan homenageado por trabalho com jovens

Kamelot: Roy Khan conta por que sair da banda foi a melhor decisão de sua vida

Bandas: Por que ninguém está indo a seus shows?

Metal: as oito maiores tretas entre músicos do gênero


Sobre Mário Pescada

Mineiro, leitor compulsivo, ouvinte de todas as vertentes do rock - do blues ao grindcore. Valoriza mais a honestidade e entrega em cima do palco do que a técnica. Guarda os flyers dos shows que vai como se fossem relíquias.

Mais matérias de Mário Pescada.