Arch Enemy: Alissa diz que ser vegana é uma atitude "realmente metal"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro, Fonte: Blabbermouth
Enviar correções  |  Ver Acessos

A página do Facebook Mercy For Animals postou um vídeo em que a vocalista Alissa White-Gluz (Arch Enemy) fala sobre sua escolha de vida, e as razões pelas quais ser vegana é uma atitude "realmente metal".

Slayer: Michael Amott, do Arch Enemy, presta tributo ao clássico "Hell Awaits"Chester Bennington: a tocante carta que ele escreveu para Chris Cornell

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"...Sou vegana há mais de 20 anos. Eu era vegana antes de começar a música. Nunca comi carne na minha vida. Eu cresci em uma casa completamente vegetariana, então, ser vegana era como o próximo passo. E quando comecei a fazer música, não havia nada que eu quisesse falar além de direitos dos animais (...) Ser mulher, ser vegana e também ser straight edge no mundo do metal é apenas uma combinação de alvos na minha testa que tornam muito fácil para eu ser escolhida ou empurrada. Mas essas são apenas as coisas que fazem parte de quem eu sou que não poderia mudá-las, mesmo que quisesse...", disse Alissa, que em seguida, complementou seu ponto de vista, afirmando algumas coisas que muita gente parece ter esquecido: que o metal é rebeldia e que sempre significou quebra de padrões.

"Na minha opinião, o metal tem tudo a ver com rebelião - é trilhar seu próprio caminho, pensando no que todo mundo está tentando fazer você pensar. E o veganismo é a forma definitiva de rebelião, porque você está literalmente pegando coisas que as pessoas disseram que são normais e que, no fundo, você não acha que é normal, que você foi condicionado a aceitar suas tarefas do dia-a-dia, como comer ou o que você veste ou o que escolhe comprar. Todo mundo diz que isso é normal, que você precisa explorar outros seres vivos para essas coisas, mas você não precisa. Portanto, se posicionar contra isso é o que é o veganismo. E isso é realmente metal".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Veganismo"Todas as matérias sobre "Arch Enemy"


Slayer: Michael Amott, do Arch Enemy, presta tributo ao clássico "Hell Awaits"Arch Enemy: filmagem profissional da banda no Resurrection Fest 2019

Arch Enemy: para Alissa, músicos de metal são alguns dos mais talentosos do mundoArch Enemy
Para Alissa, músicos de metal são alguns dos mais talentosos do mundo

Arch Enemy: Jeff Loomis fala qual a primeira música que aprendeu a tocarNevermore: "Impossível voltar sem Warrel Dane", diz Jeff Loomis

Kerrang!: álbuns fantásticos com capas constrangedorasKerrang!
álbuns fantásticos com capas constrangedoras

The Agonist: Alissa White-Gluz rebate Vicky Psarakis e nega querer derrubar a bandaThe Agonist
Alissa White-Gluz rebate Vicky Psarakis e nega querer derrubar a banda

The Agonist: Alissa tenta matar a banda desde que foi demitida, diz Vicky PsarakisThe Agonist
"Alissa tenta matar a banda desde que foi demitida", diz Vicky Psarakis

Babymetal: Sabaton, Arch Enemy e rapper participam de novo álbumBabymetal
Sabaton, Arch Enemy e rapper participam de novo álbum

Arch Enemy: filmagem profissional do show no festival With Full Force

Angela Gossow: A religião obstrui a liberdade!Angela Gossow
"A religião obstrui a liberdade!"

Ozzy Osbourne: 7 guitarristas que quase entraram para a banda deleOzzy Osbourne
7 guitarristas que quase entraram para a banda dele


Chester Bennington: a tocante carta que ele escreveu para Chris CornellChester Bennington
A tocante carta que ele escreveu para Chris Cornell

Wonder Years: O soundtrack do grande sucesso de público e críticaWonder Years
O soundtrack do grande sucesso de público e crítica


Sobre Mateus Ribeiro

Fanático por Ramones, In Flames e Soilwork. Limeirense com muito orgulho (e sotaque).

Mais matérias de Mateus Ribeiro no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor