Matérias Mais Lidas

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemComo foi 1º encontro de Nando Reis e Cássia Eller, ocorrido na casa de Marisa Monte

imagemÁlbum histórico do Iron Maiden estampa capa da revista Metal Hammer

imagemKiko Loureiro explica efeito colateral da saída de Andre Matos que o fez crescer

imagemLuciana Gimenez tentou aprender com Mick Jagger algo que não funcionou para ela

imagemRitchie Blackmore comenta o instrumental que lançou como homenagem a Jon Lord

imagemA definição de rock n roll segundo quem melhor entende do assunto: Mick Jagger

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal


Stamp

Fates Warning: Mike Portnoy estragou músicas da banda em show em SP, diz ex-batera

Por Igor Miranda
Em 22/12/20

Mark Zonder, baterista do Fates Warning entre 1988 e 2005, elogiou Bobby Jarzombek, que ocupa sua vaga na banda atualmente, em entrevista ao podcast "ProgRock Digital". Ele também fez críticas à performance de Mike Portnoy, ex-músico do Dream Theater que tocou com o grupo em dois shows - um deles, em São Paulo, no ano de 2012.

Conforme transcrito pelo Blabbermouth, o assunto veio à tona após Zonder declarar que "o único baterista do Fates Warning a prestar atenção nas músicas antigas foi Bobby Jarzombek". "Ele foi ao meu estúdio antes de sair para a primeira turnê e aprendeu tudo, nota por nota. Eu tiro o chapéu, pois todos os caras que tocaram, não conseguiram - não sei se eles não puderam, se não queriam gastar tempo naquilo ou se realmente não conseguiam fisicamente. Seja qual for o caso, Bobby conseguiu", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Após a saída de seu integrante clássico, o Fates Warning teve Nick D'Virgilio na bateria entre os anos de 2005 e 2007 e Bobby Jarzombek assumindo a vaga a partir de 2007. Mike Portnoy, conforme já citado, tocou com a banda em apenas duas apresentações: em 2005, no festival holandês Headway; e em 2012, na cidade de São Paulo.

Em seguida, durante a entrevista, o jornalista Nicholas Georgakopoulos fez um elogio a Mark Zonder, dizendo que ele tem "um cérebro matemático trabalhando além do tempo" na bateria. O músico, então, comentou: "Eu agradeço por isso, embora Mike Portnoy costumasse chamar isso de 'robótico', mas ok, que seja".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em seguida, Zonder disse que Portnoy "estragou" as músicas do Fates Warning ao tocar com a banda, em São Paulo, no ano de 2012. Na ocasião, o ex-baterista do Dream Theater foi chamado para substituir Bobby Jarzombek, que não compareceu devido a problemas na agenda.

"Se você quiser dar boas risadas, assista ao vídeo de Portnoy tocando 'Point of View' e' Eleventh Hour' em São Paulo, com o Fates Warning, caso queira ver alguém estragando uma música", declarou.

O vídeo de Portnoy citado por Zonder, gravado durante show do Fates Warning em São Paulo, pode ser assistido a seguir.

A entrevista do ex-baterista do Fates Warning pode ser ouvida abaixo, em inglês e sem legendas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Foto: Alex Solca - divulgação
Foto: Alex Solca - divulgação

Mike Portnoy rebate Mark Zonder

Após o Blabbermouth publicar a transcrição da entrevista de Mark Zonder, Mike Portnoy rebateu o antigo baterista do Fates Warning na rede social Twitter. O músico apontou que teve uma semana bastante complicada antes da realização do show em São Paulo.

"Bem, eu tive uma semana ocupada: comecei aquela semana gravando o álbum do Bigelf, então voei para o Texas para um show com o Adrenaline Mob, voltei para Los Angeles para fazer o Metal Masters 3 e depois voei para o Brasil para terminar a semana com o Fates Warning. Desculpe, Mark Zonder, se eu não tive tempo de aprender todas as suas partes de bateria perfeitamente", declarou, inserindo ao fim um emoji com os olhos revirados.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Em live, Joey Vera relembra trajetória e fala sobre a turnê com o Mercyful Fate



Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.