Matérias Mais Lidas

Foo Fighters: Dave Grohl surpreende ao revelar significado da letra de Learn to FlyFoo Fighters: Dave Grohl surpreende ao revelar significado da letra de "Learn to Fly"

Britney Spears: Agitando o Instagram dançando famoso som da era GrungeBritney Spears: Agitando o Instagram dançando famoso som da era Grunge

Metallica: banda fará 4 shows no Brasil em maio de 2022; confira datas e locaisMetallica: banda fará 4 shows no Brasil em maio de 2022; confira datas e locais

Guns N' Roses: Slash cita shows na América do Sul em 2022Guns N' Roses: Slash cita shows na América do Sul em 2022

Luísa Sonza: roqueira, ela cita blues como gênero predileto e revela banda favoritaLuísa Sonza: roqueira, ela cita blues como gênero predileto e revela banda favorita

Guns N' Roses: a curiosa e humilde reação de Axl Rose ao ser eleito melhor vocalistaGuns N' Roses: a curiosa e humilde reação de Axl Rose ao ser eleito "melhor vocalista"

After Forever: Há chance de retorno? Floor Jansen comenta e alfinetaAfter Forever: Há chance de retorno? Floor Jansen comenta e alfineta

Guns N' Roses: Por que estão regravando material antigo? Slash explicaGuns N' Roses: Por que estão regravando material antigo? Slash explica

Adrian Smith: quando Roy Z o chamou na xinxa para apontar falta de técnica na guitarraAdrian Smith: quando Roy Z o chamou na xinxa para apontar falta de técnica na guitarra

Charlie Brown Jr: Thiago e Marcão saem de tributo e citam ego, vaidade e ganânciaCharlie Brown Jr: Thiago e Marcão saem de tributo e citam "ego, vaidade e ganância"

Slash: explicando o título do novo álbum para quem não entendeuSlash: explicando o título do novo álbum para quem não entendeu

Floor Jansen: vocalista do Nightwish relembra quando ainda fumava; parece outra vidaFloor Jansen: vocalista do Nightwish relembra quando ainda fumava; "parece outra vida"

Iron Maiden: o maior diferencial no processo de gravação de Senjutsu, segundo JanickIron Maiden: o maior diferencial no processo de gravação de "Senjutsu", segundo Janick

Mötley Crüe: Guitarra impediu que o acidente sofrido por Vince Neil fosse muito piorMötley Crüe: Guitarra impediu que o acidente sofrido por Vince Neil fosse muito pior

Iron Maiden: o grande segredo para não fazer músicas longas serem chatas, segundo JanickIron Maiden: o grande segredo para não fazer músicas longas serem chatas, segundo Janick


Casa do Rock
Stamp

Massacration: como Iggor Cavalera fez com que a banda começasse a tocar ao vivo

Por Mateus Ribeiro
Em 20/08/21

O humorista Marco Alves, conhecido por fazer parte do programa humorístico "Hermes e Renato" e por ser guitarrista da banda Massacration, participou do Colisão Podcast, em episódio que foi ao ar na última segunda-feira (16 de agosto).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Durante a sua participação, que teve trechos publicados pelo canal Cortes do Colisão [OFICIAL], Marco falou sobre como o baterista Iggor Cavalera (Cavalera Conspiracy, ex-Sepultura) fez com que o Massacration começasse a se apresentar ao vivo.

Um internauta que estava assistindo a entrevista perguntou como foram as turnês da banda com Iggor Cavalera como baterista. Antes de responder, Marco mostrou sua admiração pelo Sepultura. "Cara, primeiro, antes de tudo, foi a realização de um sonho assim, porque, eu quando moleque, [era] muito fã de Sepultura. Sepultura pra mim era... quando eu tinha 15 anos de idade, maior orgulho, né, ter uma banda brasileira que chegasse a esse patamar. E tudo né? O som, a estética dos caras, o visual, tudo eu achava que os caras ‘tavam’ a frente do nosso tempo. Inclusive eu ia nas lojas de discos garimpar os discos. Uma loja ou outra [tinha], muito difícil a gente encontrar um vinil do Sepultura assim, naquela época, porque só em lojas especializadas. E aí eu fazia esse garimpo e ficava andando com o disco do Sepultura debaixo do braço".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Na sequência, Marco contou como os caminhos do Massacration e do baterista se cruzaram. "Aí depois mais tarde a gente veio a conhecer os caras e o Iggor... Na verdade, o Massacration começou a tocar ao vivo porque o Iggor chamou a gente pra abrir os shows do Sepultura, né? E a gente [falou] ‘porra, a gente não tem baterista, não sei o que’. E o Iggor falou assim ‘não, eu faço questão de tocar. Só vai rolar se eu puder fazer a batera’. Ele usava uma máscara, uma camisa de manga comprida pra não aparecer as tatuagens e não ser reconhecido e tocava antes do show [do Sepultura]".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Segundo Marco, a experiência foi ótima, porém, a entrada de Iggor gerou um pequeno "problema". "Foi muito legal, mas o problema é que as músicas ficaram bem mais rápidas. Ele tomava um tanto assim de guaraná em pó, fazia tipo uma lama de guaraná em pó, bebia e ao vivo ele tocava bem rápido".

O trecho que Marco fala sobre Iggor Cavalera pode ser visto no player abaixo.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Tunecore 2
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Iron Maiden: o grande ponto fraco de Senjutsu, na opinião de Bruno SutterIron Maiden: o grande ponto fraco de Senjutsu, na opinião de Bruno Sutter

Massacration: como Iggor Cavalera fez com que a banda começasse a tocar ao vivoMassacration: como Iggor Cavalera fez com que a banda começasse a tocar ao vivo

Regis Tadeu: O Manowar é um Massacration que se leva a sérioRegis Tadeu: "O Manowar é um Massacration que se leva a sério"

Massacration: quando Bruno Sutter fez Kiko Loureiro entender o sucesso da bandaMassacration: quando Bruno Sutter fez Kiko Loureiro entender o sucesso da banda


Hermes & Renato: Unidos com Bruno Sutter, Comitiva e o Caralho a QuatroHermes & Renato: Unidos com Bruno Sutter, Comitiva e o Caralho a Quatro

Massacration: quando Bruno Sutter fez Kiko Loureiro entender o sucesso da bandaMassacration: quando Bruno Sutter fez Kiko Loureiro entender o sucesso da banda

Massacration: saiba quem é o baterista que tocava de verdadeMassacration: saiba quem é o baterista que tocava "de verdade"


Death Metal: as 10 melhores bandas de acordo com a AOLDeath Metal
As 10 melhores bandas de acordo com a AOL

Lista: clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir - Parte 1Lista
Clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir - Parte 1


Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.

Mais matérias de Mateus Ribeiro.