Matérias Mais Lidas

Jon Schaffer: nomes do Iced Earth e Demons & Wizards somem do site da gravadoraJon Schaffer
Nomes do Iced Earth e Demons & Wizards somem do site da gravadora

Megadeth: Dave Lombardo quase entrou pra banda, mas percebeu a merda que ia darMegadeth
Dave Lombardo quase entrou pra banda, mas percebeu a merda que ia dar

Joe Lynn Turner: detonando gravadora por continuar projeto Sunstorm sem eleJoe Lynn Turner
Detonando gravadora por continuar projeto Sunstorm sem ele

Greta Van Fleet: Robert Plant odeia aquele vocalistaGreta Van Fleet
Robert Plant "odeia" aquele vocalista

Pearl Jam: exigindo que banda cover Pearl Jamm mude nome, sob ameaça de processoPearl Jam
Exigindo que banda cover Pearl Jamm mude nome, sob ameaça de processo

Nervosa: Banda lança videoclipe de Under RuinsNervosa
Banda lança videoclipe de "Under Ruins"

Megadeth: Dave Mustaine, agora, é faixa roxa em jiu-jitsu brasileiroMegadeth
Dave Mustaine, agora, é faixa roxa em jiu-jitsu brasileiro

Nicko McBrain: pedal duplo é pra caras como Aquiles PriesterNicko McBrain
Pedal duplo é pra caras como Aquiles Priester

Metallica: veja o primeiro (e curioso) cartão de visitas da bandaMetallica
Veja o primeiro (e curioso) cartão de visitas da banda

Iron Maiden: As faixas do clássico The Number Of The Beast, da pior para a melhorIron Maiden
As faixas do clássico "The Number Of The Beast", da pior para a melhor

Loudwire: o melhor álbum de thrash metal de cada ano, de 1983 até 2020Loudwire
O melhor álbum de thrash metal de cada ano, de 1983 até 2020

Bon Jovi: Fear Factory fez a banda mudar de estúdio durante gravação de These DaysBon Jovi
Fear Factory fez a banda mudar de estúdio durante gravação de "These Days"

Pantera: as cinco melhores músicas da banda, segundo leitores da RevolverPantera
As cinco melhores músicas da banda, segundo leitores da Revolver

Lista: 10 grandes sucessos que farão 30 anos em 2021 e continuam sendo ouvidos até hojeLista
10 grandes sucessos que farão 30 anos em 2021 e continuam sendo ouvidos até hoje

Foo Fighters: Dave Grohl queria que Lemmy estivesse vivo para ouvir músicaFoo Fighters
Dave Grohl queria que Lemmy estivesse vivo para ouvir música


Matérias Recomendadas

Metal Sucks: Top 25 vocalistas do metal modernoMetal Sucks
Top 25 vocalistas do metal moderno

Angra: Pela 1ª vez, Aquiles Priester conta em detalhes como e por que foi demitidoAngra
Pela 1ª vez, Aquiles Priester conta em detalhes como e por que foi demitido

Raimundos: O verdadeiro motivo para a saída de Rodolfo da bandaRaimundos
O verdadeiro motivo para a saída de Rodolfo da banda

Rolling Stones: as 10 melhores segundo a... Rolling StoneRolling Stones
As 10 melhores segundo a... Rolling Stone

Slipknot: causando medo no cantor Latino durante o Rock In RioSlipknot
Causando medo no cantor Latino durante o Rock In Rio

Malvada
Stamp

Distraught: dedicação e respeito aos fãs

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vicente Reckziegel, Fonte: Witheverytearadream
Enviar Correções  

Mais uma banda que faz parte da história do Metal no Rio Grande do Sul e de todo o Brasil. Com uma trajetória de grandes discos e igualmente grandiosas apresentações pais afora, a Distraught continua sua luta hoje em dia com seu novo disco, o ótimo "The Human Negligence is Repugnant", mostrando que o presente é tão bom ou importante quanto o passado da banda. Para falar um pouco mais sobre o novo disco conversei com o vocalista fundador André Meyer, que fala sobre toda a carreira da banda e sobre o cenário musical nacional. Ao final da entrevista encontra-se o link para o grande vídeo feito para a música "Justice Done by Betrayers". Confiram...

Vicente - É até difícil comentar duas décadas a serviço do Metal em poucas linhas, mas como você vê a trajetória do Distraught até este momento?

André: Vejo crescendo a cada dia, CDs, show etc. São quase 23 anos dedicados a nos superar cada vez mais. A resposta de tudo isso é dedicação e respeito com o público, bandas, apoiadores do meio artístico...Acho que nossa experiência nos favorece a acertar cada vez mais em nossos projetos.

Vicente - E os planos da banda para 2013?

André: Iniciamos o ano com nosso novo videoclipe para a música "Justice done by Betrayers" e o resultado está sendo bem satisfatório, as pessoas estão gostando muito e novos fãs surgindo, estamos aguardando algumas respostas para uma turnê esse ano, mas ainda em off. Pela Argentina também pretendemos fazer uma nova turnê.

Vicente - O Distraught lançou ano passado seu quinto disco de estúdio "The Human Negligence is Repugnant". Como foi a gravação e a composição do álbum?

André: O Ricardo sempre tem alguns riffs guardados, então achamos que era hora de lançar nosso próximo CD, trabalhamos fazendo nossa pré produção em casa, gravando tudo que tínhamos, então vou fazendo as letras e encaixando nos riffs. Depois gostamos de tocar no ensaio pra sentir melhor como ela está soando. Sempre quando estamos compondo nos preocupamos de que maneira nossa música será recebida nos ouvidos de quem vai escutá-la, como nessa ou naquela parte a galera vai reagir no show, bons refrões é super importante também. Quando tudo isso ficou pronto, fomos procurar um estúdio. Gravamos no Navarro em Canoas, que foi onde achamos os equipamentos que precisávamos para ter uma ótima captação, depois como no álbum anterior mixamos no estúdio dos caras do Korzus com o Heros Trech, visto que já tínhamos gostado do resultado no CD anterior.

Vicente - E o retorno do pessoal, tem sido o imaginado por vocês?

André: Esse álbum é reflexo do "Unnatural Display Of Art", porém ainda mais maduro, e o resultado está bem satisfatório até o momento. Cremos que muitos frutos futuros virão devido a esse lançamento.

Vicente - Como surgiu a ideia para a capa do mesmo, pois ela ficou muito legal, uma grande arte e sem dúvida impactante.

André: Marcelo Vasco é o responsável, dessa e da outra capa. Nós sempre passamos a ideia pra ele, enviamos as letras e ele dá uma viajada naquilo que acha que pode ficar legal, mostra algo pra gente, nós fizemos alguns ajustes e pronto. O impactante como tu falou é necessário também, porque é o cartão de visita para que comprem o CD, amor ou ódio a primeira vista (risos).


Vicente - Outro fato marcante é o forte titulo do disco. Qual é o principal significado por trás de "The Human Negligence is Repugnant"?

André - Esse título resume tudo que sentimos de desprezo neste mundo cada vez mais difícil de se viver, problemas que encontramos em todos os lugares do mundo, leis que não se cumprem, criminalidade, miséria, guerras, políticos corruptos etc.

Vicente - Vocês também fizeram um vídeo para a ótima "Justice Done By Betrayers". Conte-nos um pouco como foi a gravação do clipe e o por que da escolha desta música?

André - Conhecemos o Lucas, um grande profissional que se entregou de corpo e alma quando falamos o que queríamos fazer, ele foi responsável pelo belo trabalho.

Optamos por essa música por ter um refrão muito forte, como a letra em si também é forte e rica em termos de ideias para criar um roteiro. Escolhemos um dos prédios mais altos de Porto Alegre para poder botar pra fora o que temos para dizer, como um ato de protesto de tantas coisas que a "JUSTIÇA" não resolve.

Vicente - O som do Distraught é um Thrash Metal extremamente pesado, mas ao mesmo tempo as músicas possuem uma técnica apurada. No fim fica fácil reconhecer o som do Distraught, algo que poucas bandas conseguem nos dias de hoje, que é não soarem como meras cópias de bandas famosas, você concorda?

André: Então você captou o que estamos buscando, é difícil uma banda não parecer com algum elemento de outra, mas é importante que tu escute um nova música dessa banda e logo identifique quem está tocando.

Vicente - Quais são as suas maiores influências?

André: São muitas, desde bandas do nosso estilo como Slayer, Exodus, Testament, Kreator, Destruction como rock em geral, às vezes as inspirações surgem quando estou escutando um som muito diferente do que tocamos, mas no geral procuramos até nem escutar nada quando estamos compondo.

Vicente - Hoje em dia o Brasil é um ótimo roteiro para as bandas de fora tocarem, uma rota muito lucrativa, diga-se de passagem. Mas como vocês vêem o cenário no nosso país nesse momento para as bandas nacionais. Acreditam que piorou ou houve uma pequena melhora na divulgação e espaço para shows?

André - Acho que piorou, hoje o Brasil tem muita opção de shows internacionais e o brasileiro ainda prefere apoiar o que está lá fora, isso tira o lugar de bandas do nosso Pais. Acho que a mentalidade da galera deveria mudar nesse sentido, temos ótimas bandas aqui que não perdem nada para as gringas.

Vicente - Em poucas palavras, o que acham das seguintes bandas:

Megadeth: Uma grande banda, satisfação a Distraught ter sido a escolhida para fazer a abertura em 2010 em Porto Alegre.

Vader: Talvez a melhor banda de Death Metal da Polônia, para mim a melhor.

Destruction: Esses caras tem uma pegada muito forte, grande banda também.

Panic: O primeiro show da Distraught foi com a Panic, não tem como não ser importante na nossa história.

Tankard: Esses caras são divertidos, Thrash Metal simples, mas que os Europeus respeitam muito.

Vicente - Uma mensagem para os fãs e amigos que curtem o trabalho do Distraught e para aqueles que gostariam de conhecer melhor seu som e apostam no Metal nacional.

André: Agradeço o espaço cedido e dizer o que sempre falo, apóiem aquilo que temos em nosso Brasil, as bandas dão o sangue e muitas desistem por falta de apoio. Para conhecer a Distraught entrem no site: www.distraught.com.br

Vídeo "Justice Done By Betrayers":


Tunecore
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Slash: A lição aprendida após espalhar que Paul Stanley era gaySlash
A lição aprendida após espalhar que Paul Stanley era gay

Carlos Eduardo Miranda: Um monte de roqueirinho que só quer ser da GloboCarlos Eduardo Miranda
"Um monte de roqueirinho que só quer ser da Globo"


Sobre Vicente Reckziegel

Servidor público, escritor, mas principalmente um apaixonado pelo Rock e Metal há pelo menos duas décadas. Mantêm o Blog Witheverytearadream desde Dezembro de 2007. Natural e ainda morador de uma pequena cidade no interior do Rio Grande do Sul, chamada Estrela. Há muitos anos atrás tentou ser músico, mas notou que faltava algo simples: habilidade para tocar qualquer instrumento. Acredita na música feita no Brasil, e gosta de todos os gêneros, desde Rock clássico até Black Metal.

Mais matérias de Vicente Reckziegel no Whiplash.Net.