RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA rockstar famosa que rejeitou Steven Tyler por não gostar de algo tão grande

imagemA banda brasileira que Metallica virou fã e convidou para os EUA depois de tocar junto

imagemO grave erro de Kiko Zambianchi aos 15 anos que o inspirou a compor "Primeiros Erros"

imagemO surpreendente país da Europa em que Angra é idolatrado e devia fazer mais shows

imagemA separação dos Beatles segundo a visão de Ringo Starr

imagemSepultura e Nightwish fizeram sucesso no Metal pelo mesmo motivo, afirma Regis Tadeu

imagemO dia que Paulo Ricardo mentiu para presidente de gravadora e fez RPM ser contratado

imagemPerfil oficial do Monsters of Rock publica fotos misteriosas com pistas sobre line-up

imagemIan Gillan diz que Blackmore é um pé no saco e manda reunião para o espaço

imagemIan Gillan diz que ficou desapontado com "Born Again" e jogou álbum pela janela do carro

imagemAs "traições do movimento" mais emblemáticas do rock 'n roll

imagemPor que Steve Harris e Bruce Dickinson se dão bem, segundo tour manager

imagemA adorável opinião de Tarja Turunen sobre Floor Jansen, atual vocalista do Nightwish

imagemCharlie Brown Jr estava preparando álbum em inglês antes de Chorão morrer, revela Baron

imagemE se a bateria de "Master of Puppets" fosse em versão Death Metal com blast beats?


Summer Breeze
Samael Hypocrisy

Dreadnox: entrevista exclusiva para o Minuto HM

Por Alexandre BSide
Fonte: Minuto HM
Em 09/04/12

publicidade

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Leitores, alguns dias antes do show que o Dreadnox vai fazer abrindo para a Tarja Turunen no Vivo Rio, o Minuto HM conseguiu uma entrevista exclusiva via email com o Fábio Schneider, vocal do grupo. Nela, vamos poder saber um pouco mais da banda, do último álbum, a expectativa que envolve abrir um show internacional e por fim, um recado do Fábio para todos. Vamos lá:

1) Minuto HM : Quais as expectativas da banda em abrir o show da Tarja no dia 08 de abril?

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Fábio Schneider: Estamos muito ansiosos e trabalhando bastante para realizarmos um grande show. Será uma ótima oportunidade de mostrarmos o nosso som para um grande público.

2) Minuto HM: Fábio, eu estive no ensaio de vocês e pude perceber que vão haver algumas boas surpresas no show, inclusive em relação ao setlist. Você quer adiantar alguma coisa ou é melhor deixar tudo em suspense ?

Fábio Schneider: Bem, o que posso adiantar é que tocaremos músicas do nosso novo álbum e, quanto aos covers, serão 3 músicas matadoras das 3 últimas décadas! O resto, só na hora!

3) Minuto HM: Como surgiu o nome da banda? Qual o significado de Dreadnox?

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Fábio Schneider: Na pressa de nos inscrevermos para uma sarau de bandas de um colégio na Tijuca, a banda estava recém formada e ainda não tínhamos um nome, então me lembrei que um amigo fazia uns quadrinhos onde uns personagens se chamavam Dreadnox. Esse nome me veio na cabeça na hora e colocamos esse nome mesmo. Bem, vencemos o festival e decidimos manter o nome. Isso foi em outubro de 1993.

4) Minuto HM: Falando das origens da banda, quais principais características e diferenças que você vê entre os dois álbuns, o Divine Act, lançado em 1998, e o Dance of Ignorance, de 2010 ?

Fábio Schneider: Praticamente nenhuma. Repare que nossas músicas são bastante variadas. Você ouve desde Thrash a baladas hard rock mas, tudo isso, sem descaracterizar o estilo. Essa é a nossa marca registrada. Tecnicamente falando, estamos mais maduros e o investimento para o segundo álbum foi muito maior, o que garantiu uma resultado superior.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

5) Minuto HM: Quais as influências você pode citar como fundamentais para chegar ao som que o Dreadnox faz hoje ?

Fábio Schneider : Sem dúvida, Iron Maiden, MetallicA, Megadeth, Slayer, Black Sabbath, Whitesnake, Deep Purple, Scorpions, Thin Lizzy, Judas Priest, Yngwie Malmsteen… e por aí vai!

6) Minuto HM: E falando individualmente, quais os principais músicos que influenciaram cada um de vocês ?

Fabio Schneider: Peter Cetera, Phil Lynott, Dio, Bruce Dickinson, David Coverdale e Michael Kiske.
Kiko Dittert: Jake E Lee, Yngwie Malmsteen, Marty Friedman, Jason Becker e Kiko Loureiro.

Dead Montana: Glenn Hughes, Geezer Butler, Cliff Burton, John Paul Jones, Steve Harris, Phil Lynott e Gene Simmons.
Felipe Curi: Neil Peart, Tommy Aldridge, Deen Castronovo, Mike Portnoy, John Bonham e Mikkey Dee.

publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |

7) Minuto HM: Vamos avaliar o cenário do metal no Brasil e especificamente Rio de Janeiro. São muitas as dificuldades, não?

Fábio Schneider: Sim, o problema é que ainda não conseguimos uma estrutura ideal para organizar os eventos para o público metal. Por exemplo, você encontra uma casa pra dar um show, normalmente você consegue no domingo à noite. O bar é da casa, ou seja, o cara que vai curtir uma banda local, vai pagar 15, 20, 30 Reais para assistir a banda, porém vai desembolsar 5 ou até 10 reais pra tomar uma cerveja. O show é de metal, mas todo o aparato é semelhante ao de uma boate. Ocorre também o contrário, local com comes e bebes em conta, mas a casa sem a menor estrutura de receber bandas, com equipamento deficiente, pouco espaço, acústica ruim etc. Aí você vai tocar com o som inadequado, desconfortável e, sinceramente, não vale a pena. O problema vai mais além, como o público que pouco comparece, falta de apoio da imprensa…enfim, são muitas dificuldades.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

8) Minuto HM: Ouvindo o Dance of Ignorance, percebi que várias vertentes do metal e hard rock estão presentes nas faixas, fazendo o álbum soar de forma bem variada. E a produção do álbum traz uma ótima sonoridade também. Como foi o processo de elaboração das composições e das gravações do CD?

Fábio Schneider: As composições normalmente começam pelas guitarras do Kiko e, nos ensaios, vou colocando as melodias vocais e a banda toda vai criando a música. Quando as músicas estavam todas prontas, por acaso, reencontramos com o Renato Tribuzy, nosso amigo de longa data, e ele propôs fazer a produção do álbum. O resultado ficou espetacular!

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

9) Minuto HM: Falando em letras, que estão sob sua responsabilidade, do que fala a faixa-título, Dance of Ignorance ?

Fábio Schneider: Basicamente da manobra que os políticos e poderosos realizam para se beneficiarem ilegalmente de algo, pouco se importando com o bem-estar dos que neles confiaram. Em vez de servirem a pátria, dela se servem!

10) Minuto HM: Pra terminar, o espaço é todo seu. Deixe uma mensagem aos leitores do Minuto HM sobre o show de vocês no dia 8 e sobre os próximos passos do Dreadnox.

Fábio Schneider: Agradecemos a você, Alexandre, e ao Eduardo pela oportunidade e a todos os leitores do Minuto HM, amigos e fãs do Dreadnox. Vamos dar o máximo para realizarmos um excelente show no dia 8, domingo de Páscoa, e aguardamos propostas para tocar por todo o nosso Brasil. Um abraço e até a próxima! \m/

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

É isso aí, nós do Minuto HM também agradecemos a disponibilidade do Fábio e desejamos ao Dreadnox um ótimo show!

Matéria original: Minuto HM
http://minutohm.com/2012/04/03/dreadnox-entrevista-exclusiva-para-o-minuto-hm/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Andre Matos: covers de Iron e Manowar com Dreadnox e Tribuzy em 1995

Lyric Video: por que cada vez mais as bandas aderem?

Os Trapalhões: uma homenagem ao Heavy Metal em 1985

O hit da Legião Urbana cuja letra fala sobre esperança de Renato em se curar da AIDS