Iron Maiden: "ensaiamos sete faixas antes de gravar"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Emanuel Seagal, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

O MusicRadar.com realizou uma entrevista com Nicko McBrain, baterista do IRON MAIDEN. Confira abaixo alguns trechos da entrevista.

796 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores5000 acessosEm 11/05/1981: Bob Marley morre, vítima de um tumor no cérebro

Musicradar.com: Vocês alcançaram a primeira posição de vendas no passado no Reino Unido e outros países, mas parece que "The Final Frontier" poderia alcançar o topo nos EUA. O que isso significaria para a banda?

Nicko McBrain: "Significaria que os nossos fãs americanos ouviram! (risos) Sabe, Bruce deixou bem claro aos nossos fãs na América e Canadá quando estivemos em turnê por lá durante o verão que seria ótimo chegar ao número um, então esperamos que todos tenham prestado atenção.

Chegar ao número um seria incrível, uma grande glória, é claro. Significaria o mesmo agora do que seria 15 ou 20 anos atrás? Não sei dizer. Mas no fim do dia, eu sei que temos um grande álbum. Eu acho que é um trabalho de arte. Se não é o número um na primeira semana, então esperamos que seja na segunda ou terceira semana - assim que as pessoas ouvirem, sabe? Obviamente, seria legal agora que eu sou... bem, não sou realmente um cidadão. O que sou, um 'alienígena legal' ou algo do tipo?" (risos)

MusicRadar.com: Parece certo.

Nicko McBrain: "As pessoas me chamaram assim antes de eu me mudar para a América, então me acostumei com isso. Não me entenda mal - seria ótimo chegar ao número 1 nos EUA, e espero que aconteça. Realmente, seria incrível. Se não chegar, hey, não é o fim do mundo."

MusicRadar.com: Musicalmente, quais foram seus objetivos neste disco? Há tantos momentos inesperados, e muitos deles são prog rock em sua natureza.

Nicko McBrain: "Eu diria que meu primeiro e principal objetivo era finalizar o disco sem cair morto! (risos) Sério, nós ensaiamos sete faixas em Paris antes de gravá-las. Três das outras nós tínhamos os rascunhos, mas tínhamos que trabalhar nelas assim que chegássemos no estúdio. Para mim, a maior expectativa era de trabalhar as três faixas que não ensaiamos; eu queria pegar a vibe delas o mais rápido que eu pudesse e grava-las sem tomar muito tempo.

Quanto a descobrir as progressões no álbum, foi muito como antigamente. Éramos nós juntos em uma sala, 'Okay, como vamos conseguir ir desta parte para aquela?' Entende? Foi natural, uma banda trabalhando unida. Estávamos todos olhando uns aos outros e nos comunicando e nos sentindo em casa."

A entrevista completa (em inglês) pode ser conferida aqui.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Iron MaidenIron Maiden
Steve Harris assiste show do Metallica no Canadá

796 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores1253 acessosBruce Dickinson: voando em um bombardeiro da II Guerra Mundial0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

Iron MaidenIron Maiden
Paul Di'Anno não foi o vocalista do primeiro bootleg?

Bruce DickinsonBruce Dickinson
A melhor resposta para o ataque terrorista de Manchester

Iron MaidenIron Maiden
"Fear Of The Dark" na rua, com um show à parte da plateia

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"

Em 11/05/1981Em 11/05/1981
Bob Marley morre, vítima de um tumor no cérebro

RoadrunnerRoadrunner
Os melhores frontmen de todos os tempos

Elvis PresleyElvis Presley
A filmografia do Rei do Rock

5000 acessosSeparados no nascimento: Ozzy Osbourne e Renato Aragão5000 acessosQueen - Perguntas e Respostas5000 acessosMetallica: Hammett e Ulrich escolhem álbuns e músicas da década passada5000 acessosUltraje a Rigor: Roger diz que foi tratado como lixo pela equipe dos Stones5000 acessosAnimais e rockstars: você consegue identificar quem é quem?3834 acessosÁlbuns Homônimos: algumas pérolas que levam o mesmo nome da banda

Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com clássicos como Iron Maiden e Black Sabbath. Hoje em dia, entre outros gêneros musicais, e sem se limitar a rótulos, ouve principalmente doom, viking e folk metal. Sempre que possível está em busca de novas bandas que tenham algo a transmitir alem de clichês, e mesmo em meio a tantas novidades não dispensa pérolas como o bom e velho Candlemass. Acompanha o Whiplash! desde os primórdios, tendo iniciado sua vida de internauta no mesmo ano de criação do site (1996). Há algum tempo está envolvido com metal, seja trabalhando com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa, na tentativa de contribuir de alguma forma para o crescimento desse que é um dos segmentos mais apaixonantes da música, o metal.

Mais informações sobre Emanuel Seagal

Mais matérias de Emanuel Seagal no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online