Chris Broderick: "Tínhamos que honrar o nome do Megadeth"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bryan Alison Scheimann, Fonte: MegadethBrasil
Enviar correções  |  Ver Acessos

O MegadethBrasil traduziu uma entrevista realizada no último dia 16 de Março por Chris Dahlberg, originalmente publicada pelo site Cosmos Gaming; confira alguns trechos:

Steve Perry: 5 fatos curiosos sobre o ex-vocalista do JourneyRaul Seixas: 10 importantes obras do Maluco Beleza

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vocês estão praticamente na metade da turnê de vigésimo aniversário do 'Rust In Peace'. Como está sendo até agora?

Broderick: "Está sendo demais. Até mesmo nos primeiros shows já sentíamos como se estivessemos em turnê há um mês. Você sabe, estávamos apenas pegando o rítmo da coisa. As coisas têm se saído bem tranquilas, não tivemos nenhum grande imprevisto. Você sabe, as vezes você vai às casas de show e o equipamento que eles têm para o show não era o certo e você fica lidando com todas estas restrições em termos de som ou iluminação, ou o que quer que seja. Você passa por estes imprevistos frequentemente, mas eu acho que esta turnê tem sido bem tranquila. Tem sido ótimo".

Os shows estão enchendo todas as noites?

Broderick: "Sim, com certeza. Eu não sei se todos ficaram com ingressos esgotados, mas se não ficaram eu diria que o percentual mais baixo de vendas foi em torno de 90% ou algo assim".

Como originalmente a idéia para a turnê surgiu?

Broderick: "Eu não sei. Sinceramente, eu apenas comecei a ouvir a idéia rondar por email um pouco no início, e eu acho que Dave pensou sobre isto e achou que seria uma boa idéia e então começamos a ensaiar. Eu meio que espero a poeira baixar, eu espero até que saibamos exatamente o que faremos e então é quando eu digo 'Ok, vamos fazer isto'".

Você se juntou a banda em 2008, certo?

Broderick: "Certo".

O "Endgame" já havia começado naquele momento?

Broderick: "Não. 'Endgame' não havia começado até mais ou menos agosto de 2008. Então depois de dois terços percorridos em 2008 ou algum lugar naquela época nós começamos a pensar nisto, mas foi um pouco um processo de rascunho porque ao mesmo tempo em que começamos a pensar em criar o CD estávamos nos mudando para o Vic's Garage que é o estúdio de gravação de Dave. O estúdio teve que ser completamente construido do zero, não havia paredes onde você as queria já que era apenas um galpão aberto. Então íamos para lá e tentávamos gravar algo e criar alguns riffs enquanto toda a construção estava acontecendo ao mesmo tempo. Então foi mais um rascunho do que eu tenho certeza que deveria ser, mas sob estas restrições eu acho que tudo acabou muito bem".

O quanto você esteve envolvido com o processo de composição? Foi igual com você e Dave e todos os demais?

Broderick: "De certa forma, poderia ser porque todos nós enviamos músicas potenciais e idéias, coisas daquela natureza para o CD. Mas no fim das contas nós tínhamos que honrar o nome do Megadeth, nós tínhamos que ser honestos com aquele som. Então qual a melhor pessoa para se recorrer do que Dave para este tipo de coisa? No fim das contas foi mais o seu material que apareceu no CD, mas tanto Shawn quanto eu tivemos uma fatiazinha, partes que apareceram no álbum".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O que o futuro reserva para o Megadeth? Eu sei que pouco tempo atrás Dave estava dizendo que ele poderia possivelmente terminar a banda depois de um tempo, mas agora que David Ellefson voltou à banda você acha que irá durar por muito mais tempo?

Broderick: "Eu não sei, esta é definitivamente uma pergunta para Dave (Mustaine). Qualquer coisa que eu te disser será especulação".

Você acha que se a banda fosse de alguma forma acabar em um futuro próximo você se reuniria com o NEVERMORE ou o JAG PANZER?

Broderick: "Não. Eu amo muito todos estes caras, eu falo com Mark, Richard e Jeff o tempo todo e nós continuamos amigos. Jag Panzer seguiu em frente com Christian Lasegue e o Nevermore, Jeff está fazendo seu projeto solo agora e Warrel também. Então eu não me vejo reunindo com alguma destas bandas".

Leia a matéria completa no link abaixo.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Megadeth"


Megadeth: os álbuns da banda, do pior para o melhorMegadeth
Os álbuns da banda, do pior para o melhor

Megadeth: os melhores álbuns da banda segundo o About.comMegadeth
Os melhores álbuns da banda segundo o About.com


Steve Perry: 5 fatos curiosos sobre o ex-vocalista do JourneySteve Perry
5 fatos curiosos sobre o ex-vocalista do Journey

Raul Seixas: 10 importantes obras do Maluco BelezaRaul Seixas
10 importantes obras do Maluco Beleza


Sobre Bryan Alison Scheimann

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline