Faraônico: homem constrói mansão para abrigar seus LPs de vinil

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

Cerca de uma década atrás, a estação de rádio 720 ABC, de Perth, Austrália, vendeu seu enorme acervo de discos de vinil para o habitante local BRAD MIOCEVICH. Ano passado, Miocevich finalmente terminou um prédio feito especialmente para abrigar sua coleção, e foi entrevistado pelo radialista CAMMO na mesma rádio que se desfez dos bolachões.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A coleção nem é tão grande assim perto de algumas mais conhecidas – 30 mil discos, que pesam oito toneladas e meia – mas ainda assim, Brad precisou construir uma casa nova para tê-la estilizada personalizadamente. A casa tem um anexo de três andares com trezentos metros de prateleiras e três toneladas de aço. Com a ajuda de uma equipe de assistentes, o colecionador levou quatro meses apenas para organizar os títulos nas prateleiras em ordem classificada e ordenada.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Além de discografias completas de DAVID BOWIE e dos BEATLES, Miocevich também possui arquivadas discos de música da Nova Guiné e gravações de Winston Churchill, entre outras esquisitices. Ouça à entrevista com ele abaixo [no original em inglês, obviamente] na qual o entrevistador brinca perguntando se ele já procurou ajuda psicoterápica e se sua esposa ainda não o deixou.

https://soundcloud.com/720abcperth/one-man-thirty-thousand-r...




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Hetfield: egos, Mustaine, Load e homossexualidade no MetallicaHetfield
Egos, Mustaine, Load e homossexualidade no Metallica

Hard Rock: As 100 maiores bandas do estilo segundo a VH1Hard Rock
As 100 maiores bandas do estilo segundo a VH1


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Goo336 Cli336 Goo728