Helix: banda relembra turnê em Trinidad e Tobago

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Monica Fontes, Fonte: Planet Helix, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

A história abaixo está no site do HELIX:

"Em 1987 nós tocamos em Port-au-Prince, Trinidad. A casa de shows onde iríamos tocar por três noites, era na base de uma pequena montanha, na metade do caminho entre o nosso hotel, que ficava no topo da montanha, e o palácio presidencial, que ficava duas quadras depois. Na terceira noite, desligaram a nossa energia elétrica porque o presidente estava reclamando do volume alto. O promoter teve que implorar para que religassem a energia e foi atendido.

5000 acessosU2: as 10 melhores músicas de todos os tempos da banda5000 acessosMarilyn Manson: é do cantor o vídeo mais assustador

Na segunda noite de nossa passagem de três dias por Trinidad, o promoter pediu que fôssemos a um bar, depois do show, chamado 'Le Club', que fica no Sul da ilha para dar uma volta. A idéia dele era mostrar às pessoas que estávamos por lá, já que as bandas de rock não costumam ir. Ele disse que um ônibus iria nos buscar no hotel e nos levaria até lá.

Isso foi na semana anterior ao Natal e a maioria dos integrantes levou suas esposas ou namoradas na viagem. Todo mundo estava 'feliz' até a hora em que ônibus chegou. O ônibus parecia um velho Dodge dos anos 40, que foi pintado à mão recentemente. Lá dentro estavam o motorista, dançando ao som de uma canção de Natal que vinha do seu tape deck, uma árvore de Natal de aproximadamente 1’ (30 cm) no painel e uma cerveja no console perto dele!

Em uma situação como essa, é normal que você pense: 'Esse cara trabalha com isso todos os dias para sobreviver. Ele deve saber o que está fazendo'. ERRADO! Como nós saímos da cidade, começamos uma subida muito íngreme pela montanha. Só tinha uma pista e o ônibus fazia muito barulho. Ninguém percebeu, mas eu vi que estávamos muito próximos do precipício e não tinha grade de proteção. Nesse momento eu pensei o que faríamos se o ônibus parasse. Quando chegamos lá em cima, parecia que não tínhamos freio. Todos estavam quietos e eu estava apavorado. Por alguma razão, eu só conseguia pensar no que a minha mãe faria nessa situação. Nisso o motorista saiu da estrada, estacionou e acionou o freio. Nós saltamos e eu fui falar com ele (que estava tomando um gole de sua cerveja). Disse de forma gentil: 'Sei que você faz essa rota todo dia, mas você poderia ir MAIS DEVAGAR, por favor'.

Os motoristas de Trinidad geralmente eram péssimos. Em que outro lugar do mundo você veria um anúncio da Red Cross pedindo aos motoristas que dirijam com cuidado, pois não há sangue suficiente para transfusões? Finalmente chegamos ao 'Le Club' e eu prometi a mim mesmo que não pegaria o ônibus de volta. E não peguei.

Alguns anos mais tarde, a estação de rádio de Trinidad, onde fomos entrevistados, foi tomada por rebeldes. E membros do governo se refugiaram no Hilton, onde ficamos hospedados".

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 10 de setembro de 2012

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Helix"

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades0 acessosTodas as matérias sobre "Helix"

U2U2
As 10 melhores músicas de todos os tempos da banda

Marilyn MansonMarilyn Manson
Segundo a Billboard, é dele o vídeo mais assustador

Lemmy KilmisterLemmy Kilmister
A vida dele fazia Keith Richards parecer uma menininha

5000 acessosMetal Extremo: algumas bandas que você precisa ouvir5000 acessosSimone Simons: "Rammstein me faz querer mexer a bunda"5000 acessosA História Impopular dos Rolling Stones - Livro 2 - Mick Taylor5000 acessosRaul Seixas - Perguntas e Respostas5000 acessosMarcel Castro: De ingressos e tour-books a guitarras autografadas5000 acessosRegis Tadeu: "Roots" do Sepultura e o mimimi dos metaleiro troo

Sobre Monica Fontes

Mônica Fontes - Carioca, nascida em 1968, vive no Rio de Janeiro e é tradutora de inglês e espanhol. Apaixonada por música, leitura e cinema, começou a ouvir rock aos 13 anos, já tendo presenciado grandes shows e eventos desse gênero. Além do rock, também se interessa por outros estilos, como o Pop e MPB. Led Zeppelin, Deep Purple, Black Sabbath, Pink Floyd, U2 e Guns N'Roses são algumas de suas bandas preferidas, sem deixar de prestigiar as excelentes bandas e artistas nacionais. Acessa o Whiplash há alguns anos e começou a colaborar por gostar de traduzir os diversos assuntos relacionados no site.

Mais matérias de Monica Fontes no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online