Cactus: Incrível sonoridade hard blues no debut homônimo

Resenha - Cactus - Cactus

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Paulo Severo da Costa
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


A primeira vez que eu ouvi falar no CACTUS foi através da revista “Poeira Zine” do “guerreiro” Bento Araújo. Confesso que conhecia razoavelmente bem o som da cozinha de BECK, BOGERT & APPICE, mas fiquei atiçado para saber mais sobre esse combo que incluía, além de CARMINE APPICE e TIM BOGERT o sensacional JIM MAcCARTHY nas seis cordas e RUSTY DAY (que já havia tocado com ninguém menos que TED NUGENT) no vocal.
5000 acessosPaula Fernandes: aos 19 anos ela ia em shows de Black Metal5000 acessosFoo Fighters: "sósia" de Dave Grohl canta com a banda em BH

O debut homônimo da banda saiu em julho de 1970 e, como não poderia deixar de ser, apresenta uma incrível sonoridade hard blues- sem novidade, é verdade- mas no melhor estilo “quatro cilindros” turbinado, ou seja, fora de excessos e individualismo; com todos os integrantes “funcionando” de forma coesa e perfeita.

O som do disco capta uma pegada quase ao vivo, que fora alguns “fade-out” abruptos, parece um tremendo show ao vivo. As duas releituras de “Parchman Farm” de MOSE ALLISON e “You Can´t Judge a Book By The Cover” de WILLIE DIXON, mostram que antes do metal- que trouxe consigo uma pancada de novas influências, a exemplo das escalas de música clássica- o blues era a matéria prima para o peso- vide o som de JOHNNY WINTER e RICK DERRINGER no mesmo período.

A bateria de CARMINE possui fortes referências em virtuoses como MITCH MITCHELL e o jazz de BUDDY RICH, nunca permanecendo no lugar comum- vide “Let Me Swin” e a obra prima “Oleo”. Nessa, ainda se sobressai uma esperta gaita que dá todo o tom “Mississipi” para a canção. “Feel so good” começa com um riff fantástico, seguindo o vocal rasgado e cheio de feeling de DAY- além “do” solo de bateria do disco.

Procurando inspiração? Então eu recomendo!

Track list:

• "Parchman Farm"
• "My Lady from South of Detroit"
• "Bro. Bill"
• "You Can't Judge a Book by the Cover
• "Let Me Swim"
• "No Need to Worry"
• "Oleo"
• "Feel So Good"

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Cactus"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Cactus"

Paula FernandesPaula Fernandes
Aos 19 anos ela ia em shows de Black Metal

Foo FightersFoo Fighters
"Sósia" de Dave Grohl canta com a banda em BH

HalfordHalford
O que há escondido sob a roupa de couro?

5000 acessosRonnie James Dio: "Ozzy não canta como eu, Gillan ou Rob"5000 acessosCafé com Ócio: 15 melhores discos do Metal Nacional - 2000 a 20105000 acessosRock Brasileiro: uma lista das 10 maiores bandas5000 acessosW. Axl Rose: pós-GNR, ele pensou em se lançar como artista solo5000 acessosRecorde: 7 mil guitarristas fazem homenagem a Hendrix5000 acessosMegadeth: Mustaine relembra fãs jogando xixi em Lobão no Rock in Rio

Sobre Paulo Severo da Costa

Paulo Severo da Costa é ensaísta, professor universitário e doente por rock n´roll. Adora críticas, mas não dá a mínima pra elas. Email para contato: joaopsevero@bol.com.br.

Mais matérias de Paulo Severo da Costa no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online