Exciter: Importante referência mundial no Thrash Metal

Resenha - Long Live The Loud - Exciter

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Otávio Augusto Juliano
Enviar Correções  

7


Se no começo da década de 80, na Califórnia, na região da Bay Area, surgiram alguns dos principais nomes do Thrash Metal mundial, como o METALLICA e o EXODUS, nessa mesma época, no Canadá, surgia também o EXCITER: outra importante referência no gênero.

"Long Live The Loud" é o terceiro álbum do grupo canadense, lançado originalmente em 1985 e relançado em 2005, com algumas faixas adicionais. Como o próprio título já diz, é uma verdadeira ode ao som pesado e alto, sendo essa a característica que sempre marcou os trabalhos da banda.

publicidade

Some-se a isso a velocidade com que os músicos tocam seus instrumentos, o que resulta na fórmula "peso + velocidade", claramente identificada em faixas como "Victims Of Sacrifice" e "Beyond The Gates Of Doom", sem contar a canção que dá título ao álbum.

Embora o EXCITER não tenha alcançado o mesmo sucesso comercial de outras bandas do gênero, o grupo é destaque como um dos principais nomes do Thrash e do Speed Metal, sendo sempre lembrado por sua contribuição ao Rock e ao Metal, inclusive em listas de "maiores e melhores", como a recentemente divulgada pelo site BraveWords.com.

publicidade

Canadá: os 30 melhores álbuns de Hard Rock/Heavy MetalCanadá
Os 30 melhores álbuns de Hard Rock/Heavy Metal

"Long Live The Loud", ao lado dos dois primeiros álbuns do EXCITER, é item obrigatório para os fãs de Thrash e Speed Metal e traz a formação clássica e original da banda, valendo o investimento, ainda mais nessa versão relançada pela Megaforce Records, que traz algumas faixas bônus e ainda a música "Death Revenge", extraída da coletânea "From The Megavault", de 1985, nunca antes lançada em CD.

publicidade

Nacional – Megaforce Records

Banda:

Dan Beehler − vocal, bateria
John Ricci − guitarra
Alan Johnson - baixo

Track List:

1."Fall Out"
2."Long Live The Loud"
3."I Am The Beast"
4."Victims Of Sacrifice"
5."Beyond The Gates Of Doom"
6."Sudden Impact"
7."Born To Die"
8."Wake Up Screaming"
9."Feel the Knife" (gravada no estúdio Britannia Row, em Fev/85)
10."Violence and Force" (Ao vivo – Ottawa Jun/84)
11."Pounding Metal" (Ao vivo – Ottawa Jun/84)
12. "Death Revenge" (From The Megavault – 85)

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Heavy Metal: As melhores capas segundo diretores de Metal; A Headbanger's JourneyHeavy Metal
As melhores capas segundo diretores de "Metal; A Headbanger's Journey"

Canadá: os 30 melhores álbuns de Hard Rock/Heavy MetalCanadá
Os 30 melhores álbuns de Hard Rock/Heavy Metal


Lindo Demais: conheça o London, o primeiro smartphone da MarshallLindo Demais
Conheça o London, o primeiro smartphone da Marshall

Metal Moderno: 5 bandas aptas a se tornarem clássicasMetal Moderno
5 bandas aptas a se tornarem clássicas


Sobre Otávio Augusto Juliano

Otávio é paulistano, tem 29 anos e faz algo nada a ver com o Rock: é advogado. Por gostar muito de música e não possuir talento algum para tocar instrumentos musicais, tornou-se um comprador compulsivo de cds. Sempre interessado em leitura ligada ao Rock e Metal, começou a enviar algumas pequenas colaborações para a Whiplash e hoje contribui principalmente com textos relacionados ao Hard Rock, estilo musical de sua preferência. De qualquer forma, é eclético e não dispensa álbuns de todas as demais vertentes do Metal, sendo fã incondicional de W.A.S.P., Mötley Crüe e dos trabalhos do guitarrista Steve Stevens.

Mais matérias de Otávio Augusto Juliano no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin