Housemartins: Melô do Papel não fala de amor, mas sim, de trabalho

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro
ENVIAR CORREÇÕES  

Se você tem mais de trinta anos de idade, é bem possível que já tenha ouvido a música "Build", do grupo inglês The Housemartins, em algum lugar. É bem provável também que você não saiba do que estou falando. Para refrescar sua memória, segue um vídeo.

Rock in Rio: algumas das maiores vaias em edições nacionaisLuís Mariutti para Nando Moura: "Estádio não se lota com views ou likes"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pronto, assim fica mais fácil. Na verdade, ficaria simples se eu chamasse a música de "Melô do Papel", título de gosto duvidoso que a música ganhou quando chegou até o Brasil, em virtude da pronúncia do seu refrão.

"Build" foi um enorme sucesso, e virou até trilha sonora de novela global, como mostra a imagem abaixo:

Além de tocar na novela do plim-plim, "Build" foi tocada em milhares de bailinhos, casamentos, cerimônias de formatura, aniversários, e demais ocasiões constrangedoras que você vai apenas para comer e beber de graça.A música era uma espécie de "Viva La Vida" (Coldplay) dos anos 80/90. Acontece que a canção era veiculada como se fosse um tema romântico. E se você também acha isso, tenho más notícias, afinal de contas, apesar da melodia grudenta e dos belos arranjos vocais, a letra da música trata de um tema um pouco menos pomposo: a construção civil.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para ser mais preciso, critica a atitude de algumas construtoras inglesas da época, que construíam prédios atrás de prédios, sem ao menos se preocupar se o lugar era habitado, e tratavam seres humanos e suas memórias com o maior descaso (algo que pouco mudou nos dias de hoje). O clima tétrico da música reflete o momento complicado que a banda passava, e no final do vídeo, é possível ver a mensagem de despedida "R>I.P. The Housemartins" no muro construído. O grupo acabaria pouco tempo depois.

Essa versão traduzida da música pode explicar melhor:

Portanto, se você costuma colocar essa música para alguma ocasião romântica, é melhor trocar para alguma canção que tenha mais a ver com o momento.

Curta a música, viaje no tempo, e comemore o dia do trabalho fazendo o que o trabalhador menos faz: aproveite a vida!




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Matérias

Rock in Rio: algumas das maiores vaias em edições nacionaisRock in Rio
Algumas das maiores vaias em edições nacionais

Luís Mariutti para Nando Moura: Estádio não se lota com views ou likesLuís Mariutti para Nando Moura
"Estádio não se lota com views ou likes"


Sobre Mateus Ribeiro

Fanático por Ramones, In Flames e Soilwork. Limeirense com muito orgulho (e sotaque).

Mais matérias de Mateus Ribeiro no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280