Eluveitie: de um mero projeto a expoente do folk metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por José Antonio Alves, Fonte: Site Oficial
Enviar Correções  


O ELUVEITIE era para ser um mero projeto de estúdio, formado por Chrigel Glanzmann no inverno de 2002/2003. Com a boa impressão deixada pelo primeiro MCD, "Ven", gravado na primavera de 2003 e auto-financiado, a banda mostrava que não ficaria apenas naquele mero projeto. Chrigel e outros nove músicos formariam uma banda completa com dez integrantes.

Em 2004, O ELUVEITIE assinou contrato com o selo holandês Fear Dark Records, que lançou uma versão remasterizada (e parte re-gravada) de "Ven", continuando como uma banda "de verdade", tocando com bandas como FINNTROLL, AMON AMARTH, KORPIKLAANI, ENSIFERUM e muitas outras, em turnê pela Europa, e em muitos outros festivais. Com os vários shows, a banda estava totalmente ocupada, e sete dos dez membros deixaram a banda por diversas razões, ficando Chrigel Glanzmann, Sevan Kirder e Meri Tadic, que tiveram que continuar com novos membros.

publicidade

No final de 2005, o ELUVEITIE estava pronto para entrar em estúdio novamente e gravar seu primeiro álbum completo, "Spirit", que foi novamente lançado via Fear Dark Records. No começo de 2006, houve mais uma mudança na formação da banda. Quando Sarah Kiener foi substituída por Anna Murphy, tocando sanfona, a banda decidiu que não precisaria mais de Linda Suter tocando violino, reduzindo para oito o número de integrantes. Além disso, um videoclipe para a música "Of Fire, Wind and Wisdom" foi produzido no verão de 2006, dirigido por Martin Schäppi, Merlin Sutter e Chrigel Glanzmann.

publicidade

Com "Spirit", o ELUVEITIE deu um grande passo à frente, apresentando um estilo completamente novo de Folk Metal para a cena. Embora o álbum estivesse se transformando em um enorme sucesso, a banda excursionou por vários festivais, como o Graspop Metal Meeting (Bélgica) e o Open Summerbreeze Air (Alemanha), já começando a trabalhar em novo material para um novo álbum.

publicidade

No final de 2006, a banda assinou um novo contrato com a gravadora alemã Twilight Records. Finalmente, no outono de 2007, o álbum "Slania" foi gravado em diferentes estúdios da Suécia, Suíça e Liechtenstein, produzido, mixado e masterizado por Jens Bogren (AMON AMARTH, OPETH) no Fascination Street Studios em Örebro, Suécia. A banda agora estava em uma boa situação, recebendo muitas ofertas de muitos selos conhecidos do heavy metal, assinando contrato com a conhecida gravadora alemã Nuclear Blast Records. Após algumas conversas, o lançamento do álbum foi marcado para fevereiro de 2008.

publicidade

"Slania" acabou por tornar-se um avanço e a banda foi ficando ocupada ao redor do mundo em 2008, com aparições na maioria dos grandes festivais do verão europeu, bem como duas turnês nos Estados Unidos e Canadá, e três turnês européias em apenas 12 meses. O álbum alcançou o 35º lugar nas paradas suíças e 98º nas alemãs.

Em 4 de junho de 2008, os irmãos Rafi Kirder e Sevan Kirder (baixista e tocado de gaita-de-fole, respectivamente) anunciaram em suas respectivas páginas do MySpace que deixariam a banda.

publicidade

Jamais sendo preguiçosa, a banda trabalhou em um novo material enquanto estava em turnê e estava pronta para entrar no estúdio novamente em dezembro de 2008. O sucessor de "Slania" seria algo especial - porque era o primeiro álbum da banda puramente acústico. "Evocation I - The Arcane Dominion" foi lançado em abril de 2009 e acabou por tornar-se um enorme sucesso (atingindo o 20º lugar nas paradas da Suíça). Mais turnês por toda a Europa e América do Norte seguiram, assim como o primeiro show na Rússia. Chrigel afirmou que, apesar de ser um álbum acústico, o álbum apresentava muitas características de trabalhos anteriores do ELUVEITIE, como os vocais guturais.

publicidade

Depois de três álbuns e mais de 250 shows em mais de 30 países, o ELUVEITIE com seu novo álbum, "Everything Remains (As It Never Was)" aprofundou todos os aspectos do seu estilo inimitável, descrevendo-se como uma banda "da nova onda do Folk Metal". "Everything Remains" simplesmente continua onde "Slania" parou, elevando o som da banda para um nível superior. Para este álbum, a banda contou com um exército de lendas para dar os últimos retoques nesta obra-prima do folk metal: Tommy Vetterli (Kreator, Coroner,) o engenheiro e co-produtor do álbum, Colin Richardson (Slipknot, Machine Head, Behemoth, Trivium) para mixá-lo e John Davis (U2, Led Zeppelin, Kaiser Chiefs, Arctic Monkeys) para masterização.

publicidade

Um dos principais chamativos de Eluveitie é o uso virtuoso e liberal de instrumentos tradicionais da cultura celta, contracenando com os gritos emotivos de Chrigel e as guitarras. Um outro são as letras das músicas; em vez de usarem qualquer uma das línguas faladas atualmente no país de origem dos membros, os gritos, vocais limpos, e ocasionais partes declamadas estão na extinta língua Gaulesa.

Eluveitie é:
Chrigel Glanzmann - Vocal principal, Mandola (bandolin), Flautas, Gaita, Violão Acústico e Bodhrán (espécie de tambor tribal)
Siméon Koch - Guitarra e Vocal
Ivo Henzi - Guitarra
Päde Kistler - Gaita de fole
Kay Brem - Baixo
Merlin Sutter - Bateria
Meri Tadic - Violino e Vocal
Anna Murphy - Hurdy Gurdy (Viola de Roda) e Vocal

http://www.eluveitie.ch/
http://www.myspace.com/eluveitie
http://pt.wikipedia.org/wiki/Eluveitie

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Rock e Metal: 7 bandas/artistas que você pronuncia o nome erradoRock e Metal
7 bandas/artistas que você pronuncia o nome errado


Separados no nascimento: Sebastian Bach e Fernanda LimaSeparados no nascimento
Sebastian Bach e Fernanda Lima

Slayer: fãs hardcore dão (literalmente) o sangue pela bandaSlayer
Fãs hardcore dão (literalmente) o sangue pela banda


Sobre José Antonio Alves

Aventureiro, mochileiro, amante da cultura latina e claro, fã de um dos estilos mais fascinantes deste universo musical: o Heavy Metal!

Mais matérias de José Antonio Alves no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin