Tradução - Into Cold Darkness - Vital Remains

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcelo Rissi, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

[IMMORTAL CRUSADE]

I am the bornless one
Showing you my face
Look at me eye to eye
Come into my hand of evil
Behold, you're in the presence of Satan
King of Hell
And if you are weak now you will die!

Summon the demons - Straight forth from Hell
Conjuring devils - With forbidden spells
Capturing your soul - Controlling your mind
Pray to your God - He will never be

Behold the doctrine of slaves
Crown of the temples, brightness of Heaven
Your fabled book of lies
We must burn these bounded pages
Impale the opus of shit
Now venture into the black
And open the gates to hell
Cast up Lucifer and his unholy blessing
Now swear the oath of Satan!

Harlots singing praises
Among the flames from the South
Riding the mighty whirlwinds from the East
The mighty throne growls thunder from the North
Lanterns of sorrow from the West.....
Ave Satanas

Wings of thorns, seal of false honour
Wrath of sin, die lord of righteousness

Defeat the priests of lies
Within the pentagram of fire
Accept the words of Hell
The seven trumpets of desire
Battle cry, destruction, mission of hatred
Savage souls of Satan
Pound one thousand years
Born of the moonlight a worldwide crusade
Battle cry, destruction, mission of hatred

Ave Satanás

[CRUZADA IMORTAL]

Eu sou aquele que não nasceu
Mostrando-lhe o meu rosto
Olhe para mim, olhos nos olhos
Venha até a minha mão do mal
Contemple, você está na presença de Satã
Rei do Inferno
E se você for fraco, agora você morrerá!

Invoque os demônios - Diretamente do inferno
Conjurando os demônios - Com feitiços proibidos
Capturando sua alma - Controlando sua mente
Reze ao seu Deus - Ele nunca será nada

Contemple a doutrina de escravos
Coroa dos templos, brilho do Céu
Seu livro de fábulas e mentiras
Devemos queimar essas páginas de escravização
Empalar o opus de merda
Aventurar-se na escuridão
E abrir os portões do inferno
Libertar Lúcifer e sua impiedosa benção
Agora preste o juramento de Satã

Prostitutas cantando preces
Entre as chamas do Sul
Andando através dos poderosos ventos do Leste
O poderoso trono rosna trovões do Norte
Lanternas de tristeza do Oeste...
Salve Satanás

Vento de espinhos, sinal de falsa honra
Fúria pecadora, morra senhor da honestidade

Derrote os padres mentirosos
Dentro dos pentagramas de fogo
Aceite as palavras do inferno
As sete trombetas do desejo
O grito de batalha, destruição, missão do ódio
Almas selvagens de Satã
Pesam mil anos
Nascida da luz da lua, uma cruzada mundial
O grito de batalha, destruição, missão do ódio

Salve Satanás

[UNDER THE MOON'S FOG]

Under the moon, black winds blow
Onto the sands, warriors have died
To the most Northern forest mountain
Our victory is ours, under the moon's fog

Gods of death warriors of the desert
Fever witch, spectre of fire
Commanded by Marduk magician of the gods

No coven shall be broken, hear my words
Step foot on our land, awakes the gods of war
Offering battle, under the moon's fog

Screaming into the winds..... Victory!
Gods of thunder win..... Victory!
Thrusting mighty swords..... Victory!
Sacrifice of blood..... Victory!

Conquering worlds between two worlds
Those armies of the Northern chill
Light the land of wisdom
I am one
Wielding my double headed axe
Under the moon's fog

Hail victory!!
Gods of war reign!!

[SOB A NEBLINA DA LUA]

Sob a lua, ventos negros sopram
Junto às areias, guerreiros morreram
Em direção a mais nórdica montanha da floresta
Nossa vitória é só nossa, sob a neblina da lua

Deuses da morte, guerreiros do deserto
Bruxa da febre, espectro de fogo
Comandado por Marduk*, mago dos deuses

Nenhum pacto será quebrado, ouça minhas palavras
Pise em nossa terra, desperte os deuses da guerra
Oferecendo batalha, sob a neblina da lua

Gritando nos ventos... Vitória!
Deuses do trovão vencem... Vitória!
Investindo com espadas poderosas... Vitória!
Sacrifício de sangue... Vitória!

Conquistando mundos entre dois mundos
Aqueles exércitos do Norte se erguem
Iluminam a terra da sabedoria
Eu sou aquele
Empunhando meu machado de dois lados
Sob a neblina da lua

Saúdem a vitória!
Deuses da guerra reinam!

* Marduk era um deus protetor da Babilônia, pertencente a uma geração tardia de deuses da antiga Mesopotâmia. Era filho de uma relação incestuosa entre Enki e Ninhursag. Foi pai de Dumuzzi (que seria o bíblico Tamuz) que corresponde ao deus egípcio Osíris.

[CROWN OF THE BLACK HEARTS]

Welcome to the Northern regions.....
Black hearted emperor
Intensify the pagan night.....
Black hearted emperor
High upon the angel's mountain.....
Black hearted emperor
Overshadowed by the moon.....
The crown of the black hearts

Urine is poured over leaves
Purified in Gabriel's chalice
Gazed into the eyes of the king
See the Heaven's sky in malice
Awakening strength of one million warriors
Raising their swords to overthrow the pure

Destruction of your hero's kingdom
The walls begin to fall
The swords of pandemonium
A millennium of bloodshed

Condemned to the impure air
Blood running black
Victory clouds form
Can you smell the sulphur?

Recurrent waves of sorrow abolished by the sword
Mourning soon ceased not one stands alive
Death to the golden age glorifying the moon
Destructive storms and evil winds
Evil spirits - evil demons
Evil god - evil fiend!!!

This is our place!
This is our land!
Gods of the night take my hand!

[COROA DOS CORAÇÕES NEGROS]

Bem vindo às regiões nórdicas...
Imperador do coração negro
Intensifique a noite pagã...
Imperador do coração negro
Suba sobre a montanha do anjo...
Imperador do coração negro
Sombreado pela lua...
A coroa dos corações negros

Urina é despejada sobre as folhas
Purificada no cálice de Gabriel
Observadas pelos olhos do rei
Veja o céu do paraíso em malícia
A força que desperta de um milhão de guerreiros
Levantando suas espadas para derrotar os puros

Destruição do reino do seu herói
As muralhas começam a ruir
As espadas do pandemônio
Um milênio de sangue derramado

Condenado ao ar impuro
Sangue correndo negro
Nuvens de vitória se formam
Você pode sentir o cheiro do enxofre?

Ondas recorrentes de tristeza abolidas pela espada
O luto logo cessou, ninguém permanece vivo
Morte à era de ouro glorificando a lua
Tempestades destrutivas e ventos do mal
Espíritos do mal - demônios do mal
Deus do mal - espírito do mal!!!

Este é o nosso lugar!
Esta é a nossa terra!
Deuses da noite, peguem minha mão!

[SCROLLS OF A MILLENIUM PAST]

Arose from the second triangle burning my soul
Gehenna is the place for burning, takes me away
Order of the golden dawn summoning Beelzebub
Give your eternal loyalty demon of death and evil

God is dead and always has been
Be your god and devoutly worship yourself
To thee we confess.....
Shut up and hold your tongue
Justify your beliefs and foresee reality

I am the personification of cosmic force
And the creator of all living things
Even the gods bow at my feet
To lick the blood from my sword

Book of revelations
I foresee the fallen angels rise
To destroy the ministers of God
Strong as a lion in the moon of the woods
Great beast come
Gods withdraw obey your master!

Glory and praise to you Satan
In the heights of Heaven where you once reigned
In the depths of Hell where you dream in silence
Sound the trumpets into the crimson sky
I am awake! I am awake! I am awake!

Scrolls of a millennium past unfold
In the blackness of the moonlight
Condemn Christianity forever
Embrace the wisdom of Lucifer!

Burning churches to the ground
Unearthly desolation, all is black
Crackling flames wither away
Bones stand tombless, as their flesh
All remains covered by dust
Funeral piles, the war must go on

Hoofs of steel rape the ear
Everlasting over the hills
White light legions in mortal fear
Cast into the fire weakness absorbs the flames

[PERGAMINHOS DE UM MILÊNIO PASSADO]

Ergue-se do segundo triângulo, queimando minha alma
Gehenna é o lugar para queimar, leve-me embora (1)
A Ordem da Aurora Dourada invocando Belzebu (2)
Dê a sua eterna lealdade, demônio do mal e da morte

Deus está morto e sempre esteve
Seja seu deus e devotamente adore-se
A ti nós confessamos...
Cale-se e segure sua língua
Justifique suas crenças e preveja a realidade

Eu sou a personificação da força cósmica
E o criador de todas as coisas vivas
Até mesmo os deuses se curvam aos meus pés
Para lamber o sangue da minha espada

Livro do Apocalipse
Eu prevejo a ascensão dos anjos decaídos
Para destruir os ministros de Deus
Forte como um leão, na lua das florestas
A grande besta chega
Os deuses se retiram, obedeçam a seu mestre!

Glória e louvor a você, Satã
Nas alturas do Céu onde antes você reinara
Nas profundezas do Inferno onde sonhas em silêncio
Soam as trombetas no céu escarlate
Estou acordado! Estou acordado! Estou acordado!

Pergaminhos de um milênio passado se abrem
Na escuridão do luar
Condene o Cristianismo para sempre
Abrace o conhecimento de Lúcifer

Queimando igrejas até o chão
Desolação sobrenatural, tudo é negro
As chamas que estalam e se apagam
Ossos sem tumbas, como a carne deles
Tudo o que restou, encoberto por pó
Pilhas de funeral, a guerra deve continuar

Cascos de aço estupram o ouvido
Perene sobre as colinas
Legiões de luz branca em medo mortal
Lançado ao fogo, a fraqueza absorve as chamas

(1) Gehenna era um lugar remoto onde se depositava o lixo produzido nas cidades, situado num vale profundo fora das muralhas de Jerusalém. Lá o fogo permanecia sempre aceso para consumir o que ali era jogado. Também era um local onde os corpos de criminosos executados, ou de indigentes, eram lançados. Na Bíblia, o nome Gehenna aparece inicialmente numa passagem do Novo Testamento, no livro de São Mateus.

(2) A Ordem Hermética da Aurora Dourada, conhecida também como Golden Dawn, foi uma das ordens precursoras do renascimento do paganismo no fim do século 19 e inicio do século 20, influenciando muito dos sistemas de estudo de ocultismo e magia atualmente. Foi fundada em 1888 por William Robert Woodman, W. W. Westcott e por S. L. MacGregor Mathers, e teve como membros Oscar Wilde, Aleister Crowley, Gerald Gardner entre outros. (Fonte: Wikipédia)

[INTO COLD DARKNESS]

AAAAARRRRRGGGGGHHHHH!!
Sensual pleasures of non-resistant triumph
Spiritual tendencies deeply rooted
In man's psyche
Ab-I-Hayat waters of immortality
A sanctuary to mortante your mind

AAARRRGGGHHH..... Into cold darkness

Absu the watery abyss
Abode of the gods
Acheron one river of Hades
Descend into the kingdom of the dead

Entering the under world
Condemned to torture
Conceived as the darkest region
Of frost and wind
This land of the dead
Is ruled by the sword
Where souls of the wicked
Remain forever

AAARRRGGGHHH..... Into cold darkness

Now hundreds of angels rebel against God
Winged and naked riding black wolves
Millenniums of destruction
Darkness have passed
Annunaki demands destruction of God forever

The great return of universal reconciliation
Christianity crushed and destroyed
A renowned region of evil immortality
Uncover the sacred symbol of fertility

AAARRRGGGHHH..... Into cold darkness

[NA ESCURIDAO FRIA]

AAAAARRRRRGGGGGHHHHH!!
Prazeres sensuais de triunfo não resistentes
Tendências espirituais profundamente enraizadas
No psíquico humano
Ab-I-Hayat, águas da imortalidade
Um santuário para sacrificar sua mente

AAARRRGGGHHH... Na escuridão fria

Absu, o abismo aquático (1)
Morada dos deuses
Acheron, um rio do Hades (2)
Desçam ao reino dos mortos

Entrando no submundo
Condenado à tortura
Concebido como a mais escura região
De geleiras e vento
Esta terra dos mortos
É comandada pela espada
Onde as almas dos perversos
Permanecem para sempre

AAARRRGGGHHH... Na escuridão fria

Agora centenas de anjos se rebelam contra Deus
Alados e nus, montando em lobos negros
Milênios de destruição
Por onde a escuridão passou
Annunaki exige a destruição de Deus para sempre (3)

O grande retorno da reconciliação universal
Cristianismo golpeado e destruído
Uma região renovada da mortalidade do mal
Descubra o sinal sagrado da fertilidade

AAARRRGGGHHH... Na escuridão fria

(1) Absu, na mitologia Suméria e Acadiana, era o nome de um oceano de água doce, subterrâneo e mitológico. De lá se dizia que emanavam lagos, rios, nascentes, poços e outras fontes de água doce.

(2) Acheron = O nome de um dos cincos rios que correm pelo Hades, o mundo subterrâneo na Mitologia Grega. O nome significa "o rio da aflição".

(3) Annunaki era um grupo de deidades da Suméria e da Acádia relacionados com os Annuna (os cinqüenta grandes deuses) e os Igigi (deuses de menor importância). Representa o alto conselho dos deuses.

[DESCENT INTO HELL]

Descending into hell
Jesus Christ is no more!
Riding out the demon locust
War horses of Hell
Penetrating the blazing heat
Where wicked angels dwell
Cast to Earth unleashing spells
Devouring your souls
Christian doctrine or false belief
God is bound in Hell
Bow your heads to the supreme God
Lord of darkness
Seduced nations denying Christ
Satan leads the aggression

Abbadon leader of locus spawn
Destroyer of all Christianity

Rebelled from Heaven into sin
Master imitator dethrone God

Descent into Hell..... identify those of the trinity
Rebel father seeks..... to replace the creator
The tempter son invites..... man to imitate God
Collaborator, comforter..... torments men on Earth

Satan..... Keeper of the pits of Hell!
Christ..... Judgement day has fell!
Satan..... Waiting for the battle's end!
Christ..... Your time is near and over!

[DESCIDA AO INFERNO]

Descendo ao inferno
Jesus Cristo nada mais é!
Montando o gafanhoto do demônio
Cavalos de guerra do inferno
Penetrando no calor flamejante
Onde anjos perversos residem
Lance à Terra feitiços libertos
Devorando suas almas
Doutrina cristã ou falsa crença
Deus está preso no Inferno
Curve suas cabeças ao Deus supremo
Senhor das trevas
Nações seduzidas negando Cristo
Satã lidera a agressão

Abbadon, líder dos criados de lócus (1)
Destruidor de todo o Cristianismo

Rebelado do Céu para o pecado
Mestre imitador, destrone Deus

Descida ao inferno... identifique aqueles da trindade
Pai rebelde procura... para substituir o criador
O filho tentador convida... o homem a imitar deus
Colaborador, confortador.. atormenta os homens da Terra

Satã... Guardião dos fossos do Inferno!
Cristo... O dia do juízo final caiu!
Satã... Esperando pela batalha terminar!
Cristo... Sua hora está próxima e terminando!

(1) Abaddon = Inferno, perdição. Palavra hebraica que significa destruição. Na Mitologia Grega, Abbadon era o Anjo da Destruição, o Príncipe do Submundo. Para os romanos, era conhecido como Apollyon, o Destruidor.

[ANGELS OF BLASPHEMY]

Baphomet the goat of a thousand young
Horns thrusting upward in moral defiance
Leviathan the holy trinity denied
Perpetual of our noble Satan

I, the redeemer withstand my assurance
To gracefully open the seventh gate

Ringing the goat's head bell, purifying the air
In nomine dei nostri satanas Lucifer
Abbadon, Asmosdeous Astaroth, Baphomet
Beelzebub, Behemoth Beherit, Hecate

Wash our hands of impurities
Drink the blood from the skulls of our enemies
Topple the throne of the mortal fool
What has God done for you?

Blasphemy of the righteous church
Celebrate in darkness
The darkness offers confined healing
Find yourself before it's too late

Drink from my chalice the elixir of life
Reaching out to the four cardinal points
Satan, Lucifer, Belial, Leviathan

Trapped behind the false moral
Confines of Christianity
Your self-destructive belief system
Is a festering cancer
It should have become extinct along time ago

Angels of blasphemy oppressor of truth
Angels of blasphemy oppressor of life

[ANJOS DA BLASFÊMIA]

Baphomet, a cabra de mil jovens (1)
Chifres apunhalando em desafio moral
Leviatã, a Trindade Sagrada negou a (2)
Perpetuação de nosso nobre Satã

Eu, o redentor, resisto a minha confiança
Para graciosamente abrir o sétimo portão

Tocando o sino da cabeça do bode, purificando o ar
Em nome de nosso satã, Lúcifer
Abbadon, Asmosdeous Astaroth, Baphomet (3)
Belzebu, Behemoth Beherit, Hecate (4) (5)

Lave nossas mãos de impurezas
Beba o sangue dos ossos de nossos inimigos
Derrube o trono do tolo mortal
O que Deus fez por você?

Blasfêmia da igreja justa
Celebra nas trevas
As trevas oferecem cura confinada
Encontre-se antes que seja tarde demais

Beba do meu cálice o elixir da vida
Alcançando os quatro pontos cardeais
Satã, Lúcifer, Belial, Leviatã

Preso atrás da falsa moral
Confins do Cristianismo
Seu auto-destrutivo sistema de crença
É um câncer que infesta
Deveria ter sido extinto há muito tempo

Anjos da blasfêmia, opressor da verdade
Anjos da blasfêmia, opressor da vida

(1) Baphomet = Representação de uma cabra com corpo humano encontrada nos cultos do satanismo religioso; já era conhecida desde os tempos pré-cristãos, não possuindo qualquer relação com o demônio conhecido no Cristianismo. Para os satanistas, Baphomet é uma energia da natureza que os motiva a conseguir seus objetivos. Neste caso, a cabra com corpo humano e asas simboliza força, fertilidade e liberdade, características muito valorizadas pelos povos pagãos.

(2) Leviatã é descrito no Velho Testamento (no capítulo 3 do Livro de Jó) como uma criatura marinha parecida com um dragão, caracterizado como o maior dos animais aquáticos.

(3) Na demonologia, Astaroth é o Grande Duque do Inferno, considerado a deidade mais poderosa. É descrito como um homem nu com asas de dragão, mãos e pés, e um segundo par de asas com penas, portando uma coroa, segurando uma serpente na mão e cavalgando um lobo ou um cão.

(4) Behemot é o nome de uma criatura fantástica descrita na Bíblia, no Livro de Jó. Sua descrição é associada a um hipopótamo monstruoso, mas alguns criacionistas identificam-no como um saurópode. Sua missão é esperar pelo dia em que Deus lhe pedirá para matar o Leviatã. As duas criaturas morrerão no combate, mas o Behemoth será glorificado por cumprir a sua missão.

(5) Hecate, na mitologia grega, era uma divindade filha dos titãs Perses e Astéria. Era considerada a deusa da magia e da noite, em suas vertentes mais terríveis e obscuras.

[DETHRONED EMPEROR]

(Celtic frost Cover)

See the portal
Gates to madness
Locked forever in a veil of shame

Deny extraction
Thirst for disgrace
Watch his breaking
The Emperor's killed
Light of the day
Shadows from beyond
Scaffold of steel
The throne has gone

Dethroned Emperor

The foot of the stairs
Dimension in might
The king sits
His eyes are glass
Growing of the small
The laughters fall
Can you deny
Remaining cries

Descent of the lords
Into the trap
Existance and hate
Unseen gate

[IMPERADOR DESTRONADO]

(Cover do Celtic Frost)

Veja o portal
Portões para a loucura
Trancados para sempre no véu da vergonha

Negue a extração
Sede de desgraça
Assista-o quebrar
O Imperador está assassinado
Luz do dia
Sombras do além
Tablado de aço
O trono se foi

Imperador destronado

Ao pé das escadas
Dimensão no poderio
O rei se senta
Seus olhos são de vidro
Crescendo dos pequenos
Aqueles que riem caem
Você pode negar os
Choros que restam?

A descida dos lordes
Na armadilha
Existência e ódio
Portão invisível




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Álbuns TraduzidosTodas as matérias sobre "Vital Remains"


Metal: em vídeo, 10 bandas satanistas de fatoMetal
Em vídeo, 10 bandas satanistas de fato

Death Metal: as 10 melhores (ou piores?) capas do estiloDeath Metal
As 10 melhores (ou piores?) capas do estilo

Baphomet: a polêmica estátua em frente ao Capitólio em OklahomaBaphomet
A polêmica estátua em frente ao Capitólio em Oklahoma


Rede Globo: em 1985, explicando o que são os metaleirosRede Globo
Em 1985, explicando o que são os metaleiros

Motorhead: a gafe nazista de Lemmy em NurembergMotorhead
A gafe nazista de Lemmy em Nuremberg

Ozzy Osbourne: Eu detesto a expressão Heavy Metal!Ozzy Osbourne
"Eu detesto a expressão Heavy Metal!"

Derek Riggs: Eddie vende mais do que Mickey MouseDerek Riggs
"Eddie vende mais do que Mickey Mouse"

Lars Ulrich: As mulheres da vida do bateristaLars Ulrich
As mulheres da vida do baterista

Fotos de Infância: Janis JoplinFotos de Infância
Janis Joplin

Power Metal: os 25 maiores álbuns de todos os temposPower Metal
Os 25 maiores álbuns de todos os tempos


Sobre Marcelo Rissi

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336|adClio336