Ozzy Osbourne: "Zakk Wylde não precisa mais de mim!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Antonio Parreira, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 21/09/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Durante o segundo Sunset Strip Music Festival (SSMF), o Artisan News Service perguntou a OZZY OSBOURNE sobre a partida de seu guitarrista de longa data, Zakk Wylde, e a sua substituição pelo guitarrista do FIREWIND, Gus G. "Eu não briguei com Zakk; ele é muito bom... Nosso relacionamento vai muito além da música", disse Ozzy. "Eu apenas quis... Ele tem a sua própria coisa agora, ele tem sua própria banda, ele tem a sua própria carreira - ele não precisa mais de mim". Depois ele acrescentou: "Eu achei um cara, Gus G., um cara da Grécia - não o musical, o país Grécia".

210 acessosSom de Peso: uma resenha do "Vol 4" do Black Sabbath5000 acessosGuns N' Roses: Axl Rose conversa com fãs e abre o jogo!

Um vídeo de Ozzy falando sobre Zakk Wylde com o Artisan News Service pode ser visto neste local.

Ozzy disse à Classic Rock magazine, em uma entrevista de junho 2009, que estava procurando um novo guitarrista para substituir Wylde, que tocou com Ozzy alternadamente desde 1988. Ozzy disse, "Zakk tem sua própria banda, e eu senti que o meu material estava começando a soar como (a banda de Wylde) o BLACK LABEL SOCIETY. Eu apenas senti que eu queria uma mudança, você sabe?"

Em uma entrevista com uma estação de rádio de Eugene, Oregon, em 29 de julho, Zakk rebateu os comentários de Ozzy na Classic Rock, dizendo em parte, "Eu tenho que ser honesto com você. O chefe nem mesmo me telefonou, então eu acho... eu apenas... eu não sei o que está acontecendo lá. Nós estamos fazendo esta coisa ou não? ... Eu quero dizer, é tipo, cara, você não quer tocar mais comigo? Tudo bem. Toque com quem quer que seja. Eu não dou a mínima. Tipo eu vou ficar ciumento ou o que quer que seja. Mas você sabe o que?! Seja homem e me ligue para dizer que diabos está se passando."

A resposta de Wylde após isto se tornou um monte de palavrões dirigidos a Ozzy que tiveram que ser "bipados" (quando a rede de rádio ou TV troca o palavrão por um sinal sonoro) pela emissora.

O cantor original do BLACK SABBATH tem trabalhado no seu recente disco solo no seu estúdio caseiro em Los Angeles. Ele disse que Wylde já tinha gravado material para o projeto, mas adicionou, "eu não sei se vamos usar esse material."

Barbaranne, esposa de Zakk, revelou recentemente em uma postagem na Internet que Wylde está sofrendo de uma "rara doença genética" que afeta a coagulação do sangue, para a qual ele está recebendo tratamento na Califórnia.

Gus G. tocou o seu segundo show com OZZY OSBOURNE no dia 12 de setembro no Sunset Strip Music Festival (veja o vídeo abaixo). Quem também retornou ao grupo de Ozzy foi o baterista Mike Bordin, que não tocou com o cantor no show da BlizzCon no dia 22 de agosto devido ao seu comprometimento com a reunião do FAITH NO MORE.

Gus falou sobre trabalhar com Ozzy na edição grega da Metal hammer. Sobre o que ele achou do show, Gus disse, "Eu recebi uma mensagem na minha página do MySpace de Rob 'Blasko' (Nicholson), baixista do Ozzy, me perguntando o que eu estava fazendo, se eu estava vivendo nos Estados Unidos ou não e dizendo que ele queria falar comigo. O empresário disse que eles queriam que eu voasse para Los Angeles imediatamente para um show que Ozzy faria em Anaheim, California."

Sobre substituir Wylde, Gus disse, "Zakk é um tremendo guitarrista, exatamente como todos os outros guitarristas que já tocaram com o Ozzy. Na verdade, Zakk é o meu guitarrista favorito e a minha maior influência entre eles todos! É uma honra para mim poder 'calçar os seus sapatos'."

Fora o seu atual trabalho com o FIREWIND, Gus (nome verdadeiro: Kostas Karamitroudis) tocou com MYSTIC PROPHECY, NIGHTRAGE, ARCH ENEMY e DREAM EVIL.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Sabbath e MaidenSabbath e Maiden
Bandas lançam álbuns ao vivo no mesmo dia

210 acessosSom de Peso: uma resenha do "Vol 4" do Black Sabbath837 acessosBlack Sabbath: Geezer Butler tem 120 riffs para novo projeto893 acessosBlack Sabbath: em vídeo, dez grandes covers de músicas da banda0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Black SabbathBlack Sabbath
Em vídeo, os melhores solos ao vivo de Tony Iommi

Black SabbathBlack Sabbath
Ian Gillan relembra o clássico "Born Again"

Rolling StoneRolling Stone
As melhores bandas com nomes de cor

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"0 acessosTodas as matérias sobre "Black Label Society"0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"0 acessosTodas as matérias sobre "Firewind"


Guns N RosesGuns N' Roses
Axl Rose responde sobre Chinese, Brian May, reunião, e mais

MegadethMegadeth
Dave Mustaine não está feliz com os improvisos de Kiko?

PilaresPilares
O início do Heavy Metal em 1969

5000 acessosCannibal Corpse: este cara é muito mais fanático que você5000 acessosFolk Metal e Música Celta5000 acessosDuff McKagan: Anestesias não funcionam mais no baixista5000 acessosOzzy Osbourne: madman previu a morte da Princesa Diana5000 acessosRiffs Heavy Metal: 50 dos mais famosos em 18 minutos4778 acessosHeavy Metal: as palavras mais usadas em nomes de bandas

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Antonio Parreira

Antonio Parreira, aka Tunão, aka Anton Parr, é arquiteto, designer gráfico e músico. Interessado por música desde sempre, tornou-se fanático por rock depois de descobrir bandas como Kiss, Iron Maiden, Judas Priest e AC/DC. No início dos anos 80 acompanhou o nascimento do Thrash Metal, estilo que se tornou seu preferido de todos os tempos. Tocou em várias bandas nessa linha "Thrash Bay Area" durante os anos 80 e 90: Napalm, Damage, Overthrash, The Still e Avalon. Atualmente é vocalista do Buffalo Theory MTL, banda de Southern Metal de em Montreal, Canadá. Leitor do Whiplash! desde os anos 90 e atualmente colaborando com textos e traduções, diretamente da "terra do Voïvod".

Mais matérias de Antonio Parreira no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online