Megadeth: Mustaine explica significado de seis novas músicas

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Daniel Molina, Fonte: Megadeth Brasil - Rust In Page
Enviar correções  |  Ver Acessos

Em recente entrevista para Bob Nalbandian da hardradio.com Mustaine comentou sobre 6 novas músicas.

Lynyrd Skynyrd: a história da espetacular "Simple Man"Metal/Hard: Alguns dos maiores e melhores vocalistas atuais

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Super Collider - A faixa título fala sobre a vida, nas palavras de Mustaine "não importa o quanto as coisas piorarem venha comigo, pegaremos a alta estrada pra curtir e permaneceremos juntos até o fim do mundo quando tudo explodir como um "Super Collider"(a letra faz obviamente uma relaçao com o conceito do Colisor de Hádrons e sua utilidade científica).

Forget to Remember - Essa música fala sobre Alzheimer ( Mustaine cita o fato da mãe dele ter sido diagnosticada com Alzheimer) na letra há também uma outra possível interpretação que basicamente é sobre uma mulher tentando esquecer seu relacionamento.

Dance in the Rain - Conceito da música baseado em uma frase de um folheto que o Mustaine leu , que dizia "Aprenda a dança da chuva ao invés de esperar pelo sol" e em outra página "Presentes inesperados podem chegar atá você" nas palavras do Mustaine "eu acredito que as coisas acontecem por alguma razão e achei um bom conceito para a letra da música"(fato curioso que essa música contém a colaboração de David Draiman (vocalista da banda Disturbed) que criou algumas coisas com Mustaine enquanto as bandas estavam em turnê, sendo assim Mustaine pediu autorização para o uso do material com o Megadeth.

The Blackest Crow - Essa música é segundo o comentado diferente de tudo que a banda já fez, contém muito "slide guitar" (mostrado no início do segundo vídeo das gravações do álbum) e nessa música há uma grande influência de Southern Rock.

Burn - A letra basicamente fala sobre uma pessoa que tem um passado ruim e que tenta recomeçar tudo de uma nova maneira, porém de forma questionável, em relação ao som ele contém um solo muito rápido que literalmente faz a "guitarra pegar fogo".

Kingmaker - Essa música fala sobre as pessoas fugirem dos problemas fazendo o uso de analgésicos, Mustaine cita que nos Estados Unidos isso virou um hábito muito comum.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Megadeth"


Megadeth: somos todos parte do Metallica de alguma formaMegadeth
"somos todos parte do Metallica de alguma forma"

Dave Mustaine: a heroína consegue derrubar qualquer umDave Mustaine
"a heroína consegue derrubar qualquer um"


Lynyrd Skynyrd: a história da espetacular Simple ManLynyrd Skynyrd
A história da espetacular "Simple Man"

Metal/Hard: Alguns dos maiores e melhores vocalistas atuaisMetal/Hard
Alguns dos maiores e melhores vocalistas atuais


Sobre Daniel Molina

Nascido em 79, professor de inglês e tradutor. Conheci o metal e suas várias vertentes através de um amigo do meu irmão no final dos 80, onde em 89 acabei me deparando com Megadeth dentre os vinis que estava ouvindo e foi amor à primeira ouvida, uma paixão que dura 20 anos. Apaixonado por thrash metal, especialmente Bay Area e East Coast mas também aficcionado por NWOBHM, Hard e Death. Com o passar do tempo percebi que o rótulo é o que menos importa e sim o tipo de música que nos agrada, mas apesar de tudo, thrash sempre acima de tudo. Já trabalhei com vários sites, cobrindo shows e fazendo entrevistas mas sempre tocando a Rust In Page por amor ao Megadeth, e hoje além de dedicação total ao meu trabalho salvo bastante do meu tempo para manter a página rolando firme e forte e mantendo os Droogies brazucas informados.

Mais informações sobre Daniel Molina

Mais matérias de Daniel Molina no Whiplash.Net.

adGoo336