Michael Kiske: Helloween já tem um vocalista, se chama Andi Deris

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Samuel Coutinho, Fonte: Metal da Ilha
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 21/12/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

David E. Gehlke do DeadRhetoric.com conduziu uma entrevista com o ex-vocalista do HELLOWEEN, Michael Kiske. Alguns trechos da conversa seguem abaixo.

20 acessosEm 11/03/1967: Nasce Uli Kusch (Helloween, Masterplan, Gamma Ray)5000 acessosPantera: "odiei gravar Cowboys From Hell", diz Phil Anselmo

DeadRhetoric.com: Houve alguma conversa recentemente sobre uma reunião entre você e os caras do Helloween, então eu queria uma opinião sua. Alguns desses rumores são verdade?

Kiske: Não. Isso é algo que os caras do Helloween estão trazendo à tona. Eles colocaram isso em sua cabeças, por qualquer motivo... Eu não sei por quê. Eles já tem o seu próprio vocalista (Andi Deris). Eu não faria isso. Eu estou em paz, para falar tudo o que tiver que falar. Eu me encontrei com o (guitarrista do Helloween) Michael Weikath há algumas semanas atrás, na Suécia. Ele foi extremamente agradável e amigável. Ficou claro que eles mudaram o seu humor. Eles mudaram sua atitude em relação a mim. Eles realmente me fizeram muita coisa errada ao longo dos anos. Eu não quero culpá-los, mas eles me acusaram de fazer coisas que eles sabem muito bem que não eram certas. Eles precisavam de alguma coisa para convencer os fãs antigos que era bom eu não estar mais lá, e eles foram longe demais.

Uma das coisas que eu fiquei realmente chateado com essa conversa foi sobre a "direção musical", como se eu fosse a pessoa que dissesse a alguém o tipo de música que ela deveria fazer. Todo mundo que me conhece - que realmente me conhece - sabe que a minha atitude é totalmente diferente. Eu sempre dizia: "Faça o que você acredita. Todas as músicas são suas, escreva, e vá tocá-las". Eu nunca seria aquela pessoa que diria à alguém do Helloween a direção que a banda deveria seguir. Isso foi tão ridículo, me culpar pelas coisas que surgiram. Sim, eu era responsável por minhas próprias músicas, mas era sempre algo que a banda trabalhou... ou não.

DeadRhetoric.com: Seu encontro com Weiki correu bem, certo?

Kiske: Ah sim, foi bom. Eu não acho que ele estava... ele estava apenas tentando se aproximar. Tentando me fazer sentir bem e não em apenas limpar sua barra. Eu só acho que eles estão aprontando alguma coisa e, provavelmente, em termos de carreira, eles querem fazer uma boa jogada.

DeadRhetoric.com: O 30º aniversário da banda é no próximo ano.

Kiske: O negócio é o seguinte, deixando todas essas coisas de lado, existe uma outra coisa que eu acho estranho quando se trata disso. Eu fui ligado a este nome, "Helloween", não mais do que sete anos, foi menos do que sete anos, e os álbuns "keepers" foram os mais bem-sucedidos, mas depois disso, eles estão com um novo vocalista e ele já está na banda há 20 anos. Se você olhar para isso, ambas as bandas - o Helloween da fase "Keepers" e o novo, são muito diferentes. Elas soam muito diferente. Não só por causa do vocalista, elas soam diferentes em muitos aspectos, e para meus ouvidos, eu não tenho nada a ver com isso mais, mas isso é só de minha parte. As pessoas que assistem aos shows da banda hoje em dia, eu tenho certeza que é por causa dos álbuns que eles fizeram depois, com seu novo vocalista, e eles querem ouvir esse cara, e eu não me importo com isso. Eu não quero subir no palco e cantar o meu material para as pessoas que querem ouvir o Andi. Quando estou em turnê com o UNISONIC, elas querem me ouvir tocar junto com Kai (Hansen), e tocar "I Want Out" e "March Of Time", e isso funciona.

Leia a entrevista completa (em inglês) no link abaixo:
http://www.deadrhetoric.com/features/michael-kiske-good-karm...

Fonte original desta matéria:
http://www.blabbermouth.net/news/kiske-on-possibility-of-hel...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Edu FalaschiEdu Falaschi
Participação de Kai Hansen em show de São Paulo

20 acessosEm 11/03/1967: Nasce Uli Kusch (Helloween, Masterplan, Gamma Ray)2243 acessosHelloween: promessa de grande trabalho caso disco seja lançado1693 acessosHelloween: coletânea com faixas escolhidas por fãs japoneses3755 acessosHelloween: Weikath fala sobre DVD, Roland Grapow e suposto playback0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Helloween"

Michael KiskeMichael Kiske
A Adoração ao Mal no Cenário do Heavy Metal

Hall Of ShameHall Of Shame
As melhores músicas ruins da história do Metal

Power MetalPower Metal
As bandas mais populares segundo o Facebook

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Helloween"0 acessosTodas as matérias sobre "Michael Kiske"0 acessosTodas as matérias sobre "Unisonic"0 acessosTodas as matérias sobre "Andi Deris"


PanteraPantera
"Odiei gravar Cowboys From Hell", diz Phil Anselmo

Green DayGreen Day
10 coisas que você não sabe sobre a banda

CinemaCinema
60 filmes pra quem ama Rock e Metal

5000 acessosSeparados no nascimento: Paul Stanley e Sidney Magal5000 acessosRock, Revolução e Satanismo5000 acessosKing Diamond: O que significa ser Satanista?5000 acessosGuitarrista Jeff Healey morre aos 41 anos de idade5000 acessosRock e Metal: Doze ótimos álbuns para iniciantes5000 acessosArch Enemy: "Nos chamar de Death Metal não faz justiça!"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online