Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemLady Gaga: "o Iron Maiden mudou a minha vida!"

imagemSummer Breeze Open Air Brasil acontece em abril de 2023 em São Paulo

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagem"Stranger Things" traz cena com "Master of Puppets", do Metallica

imagemPink Floyd: Suas 10 músicas mais subvalorizadas, segundo a What Culture

imagemO álbum do The Who que Roger Daltrey achou "uma m*rda completa

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemDavid Bowie recusou (mais de um) convite para produzir o Red Hot Chili Peppers

imagemDave Mustaine cutuca Kiss e bandas "preguiçosas" que usam playbacks

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil


Stamp

Staind: vocalista manda um recado para fãs tarados em show

Por Jonathan Silva
Fonte: Spin Magazine
Em 03/06/14

O vocalista do Staind, Aaron Lewis, é o tipo de cara que se preocupa com o bem estar do público feminino nos seus shows. Se preocupa mesmo. No último show da banda no dia 31 no Kansas City Rockfest, enquanto o Staind estava tocando a canção "Something to Remind You" Aaron percebeu que alguns marmanjões estavam se aproveitando de uma garota que aparentava ser menor de idade enquanto esta "surfava" pela multidão. O vocalista imediatamente interrompeu os músicos para dar um recado e o que se viu foi um ataque furioso de Aaron aos taradões: "Escutem aqui seus imbecis de merda, essa garota aí não aparenta nem ter 15 anos e vocês, seus pedaços de bosta, estão molestando enquanto ela está surfando na galera. Suas mães devem estar muito envergonhadas de vocês, seus bostas !".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Dando continuidade ao seu discurso revoltado, Aaron Lewis chegou a apelar à violência física ao dizer: "Vocês deveriam ser espancados por todos que estão perto de vocês só por serem uns merdas. Se essa porra acontecer de novo, eu juro por Deus que vou marcar vocês no meio da multidão para que todos possam arrebentá-los!". Depois de tanto palavreado e ameaças de agressão, Aaron assegurou as mulheres que elas podiam "fazer crowd-surfing com segurança agora".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vejam o vídeo:

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson


Sobre Jonathan Silva

Jonathan Silva, freak de nascença, é um aspirante medíocre a jornalista e interessado em literatura marginal e vídeo games violentos. Começou a ouvir na infância bandas do mainstream do rock nacional até o momento em que descobriu o Iron Maiden. Daí, começou uma miscelânea de estilos, que vai desde o jazz erudito até o mais barulhento das bandas de grindcore, passando por várias esquisitices sonoras. EM pleno séc. XXI, ainda é um comprador de CDs e DVDs, só que gasta com isso um valor bem menor do que gostaria.

Mais matérias de Jonathan Silva.