Rita Lee: como era "Banho de Espuma" antes da ditadura censurá-la

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Estadão
Enviar correções  |  Ver Acessos

A cantora Rita Lee vai lançar mais um livro. A obra da vez, intitulada "favoRita", apresenta "textos autobiográficos e devaneios da autora", além de fotos de sua trajetória e "um dossiê sobre a perseguição a Rita na época da ditadura - com documentos e letras de músicas proibidas".

Iron Maiden: quinze canções que definem a bandaTime Magazine: os 100 maiores álbuns de todos os tempos

Em entrevista ao jornal 'O Estado de S. Paulo', Rita Lee contou que uma de suas músicas censuradas na época da ditadura militar foi "Banho de Espuma". Originalmente, a canção se chamaria "Afrodite". Com as edições feitas para ser liberada pelos censores, a canção ganhou o novo título e saiu no álbum "Saúde", de 1981.

"Acredito que os 'home' da censura me viam como uma Maria Madalena que gostariam de apedrejar, hahahaha", disse Rita Lee, na entrevista ao 'Estadão'. "Nem lembro mais das censuradas, era tanta chateação que eu acabava desistindo", completou.

Veja, abaixo, como era o trecho de "Afrodite" vetado pelos censores e como ficou a nova música, "Banho de Espuma", com as devidas edições.

Como era:

"Que tal nós dois
Numa banheira de espuma
El cuerpo caliente
Num dolce far niente
Sem culpa nenhuma
Fazendo massagem
Relaxando a tensão
Em plena vagabundagem
Em qualquer posição
Falando muita bobagem
Bulinando com água e sabão"

Como ficou:

"Que tal nós dois
Numa banheira de espuma
El cuerpo caliente
Num dolce far niente
Sem culpa nenhuma
Fazendo massagem
Relaxando a tensão
Em plena vagabundagem
Com toda disposição
Falando muita bobagem
Esfregando com água e sabão"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Rita Lee"


Rita Lee: Se um dia me encontrar, não ofereça um baseadoRita Lee
"Se um dia me encontrar, não ofereça um baseado"

Rita Lee: aposentada, cantora vive reclusa e em contato com a naturezaRita Lee
Aposentada, cantora vive reclusa e em contato com a natureza

Rita Lee: tweets sobre caso com Bolsonaro são história ficcional, aponta siteRita Lee
Tweets sobre caso com Bolsonaro são história ficcional, aponta site


Iron Maiden: quinze canções que definem a bandaIron Maiden
Quinze canções que definem a banda

Time Magazine: os 100 maiores álbuns de todos os temposTime Magazine
Os 100 maiores álbuns de todos os tempos

Humor: oito razões pra dormir com um bateristaHumor
Oito razões pra dormir com um baterista

AC/DC: a história do nome e a idéia do uniforme de AngusAC/DC
A história do nome e a idéia do uniforme de Angus

Led Zeppelin: Stairway To Heaven vale mais de US$500 milhões?Led Zeppelin
"Stairway To Heaven" vale mais de US$500 milhões?

Wendy Dio: Dando a Rob Halford anel que foi de Ronnie James DioWendy Dio
Dando a Rob Halford anel que foi de Ronnie James Dio

The Beatles: Algumas questões a respeito da temática luciféricaThe Beatles
Algumas questões a respeito da temática luciférica


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336