Em 25/03/1973: nascia Anders Fridén, vocalista do In Flames

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro, Fonte: Mateus Ribeiro
Enviar correções  |  Ver Acessos

No dia 25 de março de 1973, nascia Anders Fridén, vocalista do In Flames. Anders começou a sua carreira como vocalista do Dark Tranquillity, mas fez sucesso mesmo no In Flames, curiosamente, substituindo Mikael Stanne, que foi para o Dark Tranquillity.

Playlist: conheça o trabalho do In Flames em ordem cronológicaSeparados no nascimento: Paul McCartney e Kiko do Chaves

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A caminhada de Anders com o In Flames teve início em 1995. Com a banda sueca, ele gravou 4 discos que até hoje são de extrema importância para o desenvolvimento e expansão do death metal melódico (ou "Som de Gotemburgo", nome que remete ao lugar onde a banda nasceu): "The Jester Race" (1996), "Whoracle" (1997), "Colony" (1999) e "Clayman" (2000).

Por outro lado, o vocalista foi parte importante no processo de mudança que a banda passou após a virada do século, quando o In Flames passou a fazer um som mais moderno, o que fez muita gente torcer o nariz. De 2002 em diante, se por um lado, discos como "Reroute To Remain" e "Soundtrack To Your Escape" afastaram os seguidores mais antigos (e de cabeça fechada), fãs de outros estilos, como o new metal, começaram a se interessar pelo In Flames.

Sob a batuta de Anders, que até hoje exerce um papel de extrema importância como vocalista e compositor, o In Flames passou por todas as mudanças possíveis (inclusive a saída do membro fundador Jesper Strömblad), sempre inovando seu som, sempre olhando para o futuro, porém, respeitando o glorioso passado.

Além de ser um ótimo compositor, Anders também é um excelente frontman, sempre demonstrando muito carisma e energia durante as apresentações da banda.

Discografia com o In Flames

"The Jester Race" (1996)
"Whoracle" (1997)
"Colony" (1999)
"Clayman" (2000)
"Reroute To Remain" (2002)
"Soundtrack To Your Escape" (2004)
"Come Clarity" (2006)
"A Sense Of Purpose" (2008)
"Sounds Of A Playground Fading" (2011)
"Siren Charms" (2014)
"Battles" (2016)
"I, The Mask" (2019)




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Datas de NascimentoTodas as matérias sobre "In Flames"


Playlist: conheça o trabalho do In Flames em ordem cronológicaIn Flames: banda anuncia parceria com a gravadora Nuclear BlastEm 06/03/1970: nascia o guitarrista Chris BroderickIn Flames: confira remix 8-bit do mais recente álbum da bandaHá 24 anos: In Flames lançava The Jester Race, uma de suas maiores obrasIn Flames: youtuber Ryan Strain faz cover matador de "Crawl Through Knives"In Flames: banda sueca anuncia turnê pela EuropaGrandes álbuns da década: Sounds of a Playground Fading, do In FlamesEm 28/11/1972: nascia Jesper Strömblad (In Flames)

Patinhos feios: grandes álbuns que são subestimados - Parte 1Patinhos feios
Grandes álbuns que são subestimados - Parte 1

Metal Hammer: As melhores músicas da história do Death MetalMetal Hammer
As melhores músicas da história do Death Metal

Metal Injection: 20 álbuns que completam 20 anos em 2017Metal Injection
20 álbuns que completam 20 anos em 2017


Separados no nascimento: Paul McCartney e Kiko do ChavesSeparados no nascimento
Paul McCartney e Kiko do Chaves

Ghost: De quais bandas brasileiras eles gostam?Ghost
De quais bandas brasileiras eles gostam?


Sobre Mateus Ribeiro

Fanático por Ramones, In Flames e Soilwork. Limeirense com muito orgulho (e sotaque).

Mais matérias de Mateus Ribeiro no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL