Iron Maiden: 16 fatos sobre o "Powerslave"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Testa, Fonte: Metalhammer, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O álbum Powerslave continua sendo um dos pilares mais fortes da história do Iron Maiden. Confira 16 curiosidades sobre o disco.

Iron Maiden: em 1985, show "secreto" com Adrian no vocalJason Becker: O mais tocante desafio do balde de gelo

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

- Aces High foi inspirada pela 'Battle of Brittain', a primeira batalha a ser realizada exclusivamente no ar.

- Aces High foi o segundo single lançado no Powerslave, alcançando a posição 20 no Reino Unido. Embora o b-side do single fosse nomeado como um cover de 'King of Twilight' do Nektar, era na verdade uma mistura dessa música e 'Crying in the Dark', outra música do Nektar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

- 2 Minutes to Midnight é baseada no 'Doomsday Clock', que fazia a contagem regressiva para o potencial desastre global através de confrontos políticos. Meia-noite (Midnight) é o gatilho simbólico, e o mais próximo que o relógio já havia chegado foi em setembro de 1953, quando o relógio parou em 2 minutos para meia-noite.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

- 2 Minutes to Midnight foi o primeiro single lançado para o álbum, alcançando a posição 11 no Reino Unido. Um dos sides era 'Mission from 'Arry''. Era uma discussão entre Nicko McBrain and Steve Harris, secretamente gravada por Bruce Dickinson.

- Rime Of The Ancient Mariner foi baseado em um poema de mesmo título, escrito no século XVIII pelo poeta Samuel Taylor Coleridge. A música cita duas seções do poema.

- Se você olhar atentamente para o encarte do álbum, você vai ver o artista Derek Riggs colocou seu logotipo na pintura. É bem acima da entrada da pirâmide.

- As frases 'Bollocks', 'Indiana Jones Was Here 1941', 'What A Load Of Crap' e 'Wot, No Guiness?' também são utilizadas na capa. Escritas em hieróglifos. E tem também um desenho do Mickey Mouse.

- Esse foi o primeiro álbum do Iron Maiden que manteve o mesmo line-up do disco anterior.

- Flash Of The Blade foi usada na trilha sonora no filme Phenomena, de 1985.

- The Duellists foi inspirada pelo filme de mesmo titulo de Ridley Scott. Este por sua vez foi baseado no romance de 1908, de Joseph Conrad, The Duel.

- Back In The Village foi inspirada pela série cult da década de 60 'The Prisoner', mas já havia a música The Prisoner, do The Number Of The Beast. Alguns alegaram que quando Dickinson canta 'I see sixes all the way', você pode ouvir alguém sussurrar 'six six six' no fundo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

- O álbum alcançou a posição número 2 no Reino Unido e número 21 nos Estados Unidos. Foi também o primeiro álbum do Maiden a se destacar na Suíça.

- A turnê mundial seguinte durou 11 meses e foi para 28 países. Apelidada de The World Slavery Tour, que começou em 9 de agosto de 1984, em Varsóvia e terminou no Irvine Meadows, na Califórnia em 5 de julho de 1985. 331 dias e 187 shows.

A turnê passou no Brasil, na 1° edição do Rock in Rio, em 1985.

Comente: Qual a sua opinião sobre este clássico?




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção CuriosidadesTodas as matérias sobre "Iron Maiden"


Iron Maiden: fazendo questão de notar o amor dos brasileirosIron Maiden
Fazendo questão de notar o amor dos brasileiros

Iron Maiden: Steve Harris fala da influência do Jethro TullIron Maiden
Steve Harris fala da influência do Jethro Tull


Iron Maiden: em 1985, show secreto com Adrian no vocalIron Maiden
Em 1985, show "secreto" com Adrian no vocal

Jason Becker: O mais tocante desafio do balde de geloJason Becker
O mais tocante desafio do balde de gelo


Sobre Rafael Testa

Nascido em Juiz de Fora, Minas Gerais, tem 23 anos, é estudante de sistemas de informação e torcedor fanático do Vasco da Gama e do Tupi Football Club. Se interessou por rock/metal depois do grande tio Roney mostrar-lhe o Iron Maiden. Tem o gosto musical muito variado, curte do thrash metal do Slayer ao metalcore do All That Remains. Acredita que existem bandas boas atualmente e faz questão de apresentá-las.

Mais matérias de Rafael Testa no Whiplash.Net.

adGoo336