Gutural: mulheres que fazem vocal em bandas de Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Gisela Cardoso, Fonte: Wildchild
Enviar correções  |  Comentários  | 

A presença de mulheres no Metal vem sendo cada vez mais significativa, principalmente ocupando a posição de frontwoman nas bandas. Entretanto, pode-se observar que a maioria das mulheres vocalistas se especializam no canto limpo e/ou lírico,ocupando a posição de frontwoman principalmente em bandas do gênero Gothic Metal.

5000 acessosKiss: a mais longa e reveladora entrevista de Eric Singer5000 acessosNão é Jesus: Imagem de David Gilmour aparece no pescoço de Fernanda Souza

Porém, o número de mulheres vocalistas de bandas de Metal extremo, especialmente em bandas de Thrash e Death Metal, também vem crescedo cada vez mais, e elas se voltam para o vocal Gutural, embora tenha a predominância dos graves. O gutural não é praticado apenas por homens, sendo parcialmente comum ver mulheres usando a técnica.

Pois então, listaremos algumas das mulheres que utilizam a técnica do gutural em suas respectivas bandas:


1. Angela Gossow

Com certeza quando se fala em Gutural feminino, a primeira mulher que vem à cabeça é a cantora alemã Angela Gossow, da banda sueca de Melodic Death Metal Arch Enemy. Suas principais influências como vocalista são os cantores Jeff Walker (Carcass), David Vincent (Morbid Angel), John Tardy (Obituary) e Chuck Billy (Testament). A mais fanática da banda por estilos mais extremos de Metal, fã de bandas como Slayer, Morbid Angel, Obituary, Cannibal Corpse, Death, e o próprio Carcass, Angela Gossow contribuiu muito para tornar o som da banda mais pesado sem abandonar porém a melodia. Gossow teve a sua primeira banda em 1991, Asmodina e em 1998 tornou-se frontwoman de sua segunda banda Mistress, até ser chamada em 2001 para assumir os vocais da banda sueca Arch Enemy.


2. Alissa White-Gluz

Alissa White-Gluz é a vocalista da banda canadense de Melodic Death Metal, The Agonist. Alissa vem sendo cada vez mais reconhecida devido a sua grande capacidade de combinar vocais limpos com o Gutural. Aos 21 anos formou a banda The Agonist e agora, aos 23, lançou seu segundo álbum, “Lullabies for the Dormant Mind” pela Century Media Records. A carinha angelical esconde um monstro de voz bipolar. Outra curiosidade sobre a cantora é que ela é Vegan e já participou na versão canadense do programa “Ídolos”.


3. Sabina Classen

Sabina Classen é a vocalista da banda alemã de Thrash Metal Holy Moses, que é considerada uma das primeiras bandas a usar vocal gutural feminino. Em 1981, Sabina juntou-se ao Holy Moses, banda da qual o seu marido, Andy Classen, era o guitarrista. Mais tarde, em 1994, Sabina fundou a banda Temple of the Absurd, na qual também é vocalista.


4. Otep Shamaya

Otep Shamaya é uma cantora/compositora estadunidense. Ela fez sua estréia em 2000 com a banda de New Metal Otep. Ela é conhecida por seu papel como vocalista e homônima do Otep. Ela é facilmente distinguida por sua forma de cantar pesada, com elementos líricos, voz limpa, e é também uma das poucas vocalistas femininas conhecidas na cena do Metal que efectivamente utiliza gutural.


5. Morgan Lander

Morgan Lander é cantora e guitarrista do grupo canadense de metal alternativo Kittie. Sua irmã, Mercedes Lander, também atua na Kittie. Ela é conhecida por seu uso de voz estilo gutural como uma vocalista, apesar de muitas vezes cantar com voz limpa. Morgan também tem um negócio bem sucedido, ela atualmente é co-proprietária de uma linha de vestuário chamada Poisoned Black com sua irmã mais nova, Mercedes Lander.


6. Britta Görtz

Britta Görtz é a vocalista e líder da banda alemã de Thrash Metal Cripper, formada no ano de 2005. O seu primeiro EP com a Cripper foi "Killer Escort Service", lançado em 2006, seguido por performances maiores, incluindo o Festival Metalcamp. Em uma entrevista, Britta afirma que muitas vezes a sua voz já foi comparada com a de um homem no vocal, mas ela faz o máximo para criar o seu próprio estilo.


7. Dana Duffey

É a vocalista e letrista principal da banda de Black Metal norte-americana Demonic Christ, criada no ano de 1992. Danna também foi vocalista e guitarrista da banda de Doom/Black Metal Mythic, que foi sua primeira banda. Dana também é conhecida como "Satania", e outra curiosidade é que a vocalista é casada e possui dois filhos, o que a fez se afastar das gravações e dos shows durante as duas gravidezes.


8. Candice

Candice faz parte da banda francesa Eths, formada em 1999 e que nacionalmente é bem conceituada. Além de bela, Candice canta em francês e alterna entre vocais limpos e guturais graves. As letras das canções do grupo francês são inspiradas na dolorosa infância de Candice. Não se deixe enganar por aqueles olhos castanhos e melancólicos com o canto etéreo e sussurante que Candice oferece com sua doce voz clara. Não se deixe enganar por essa aparente inocência em acreditar que a francesinha de cabelos escuros é só mais uma voz angelical. Você levará um choque quando aquela boca vermelha se abrir e rasgar seus ouvidos profundamente com rosnados e grunhidos de sua garganta de aço. Parece difícil de acreditar, e há confusão até mesmo na imprensa especializada, quando os escritores perguntam sobre o "cantor masculino". A resposta é sempre: Candice! Alguns ainda acham que não é fácil aceitar, quando se ouve "Tératologie", seu segundo álbum completo e o primeiro a ser lançado fora da sua França natal.


9. Cadaveria

Cadaveria é o codinome da vocalista e também o nome da banda italiana de Dark Metal, uma das fundadoras do grupo juntamente com o baterista Flegias após ambos saírem da Opera IX devido a conflitos internos. Cadaveria é conhecida por apresentar uma voz única para o feminino da época em que Opera IX foi formado, extremamente gutural e sombria, sendo raras as vezes em que se ouviam nuances mais góticas ou sinfônicas. Juntamente com o Opera IX, Cadaveria fez com que gêneros mais extremos do Metal eclodissem, já que o país era conhecido apenas como berço de bandas de Power e Alternative Metal. Uma última curiosidade sobre a cantora: não se sabe o seu nome verdadeiro, em toda entrevista em que é perguntada ela apenas responde: "Creio que isso não seja importante!"


10. Maria "Tristessa" Kolokouri

Também conhecida como apenas "Tristessa", é a vocalista da banda grega feminina de Black Metal Astarte, formada no ano de 1995. Tristessa passou a assumir os vocais a partir de 2003, pois antes ela ocupava os cargos de baixista e tecladista, enquanto "Kinthia" assumia a posição de vocalista. Atualmente, quem ocupa os antigos cargos de Tristessa são Derketa nos teclados e Lycon no baixo. Uma última observação é que Tristessa já assumiu as guitarras nas gravações enquanto também ocupava as posições de tecladista e baixista.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

5000 acessosMulheres no Rock: resistência em um meio machista5000 acessosCristina Scabbia: "muito orgulho de ser mulher"5000 acessosAngela Gossow explica o papel da mulher no Metal5000 acessosAndre Matos: o que ele faria se fosse mulher por um dia?5000 acessosAngela Gossow: "Mulher numa banda de Metal incomoda!"5000 acessosG1: site lista as 15 roqueiras mais importantes da história5000 acessosBe Blues: as mulheres na história do Blues5000 acessosMulheres e guitarras: as mais importantes segundo a Gibson5000 acessosDuetos: 10 dos mais fabulosos com mulheres e guitarristas5000 acessosMulheres no Rock: as mais importantes segundo rádio inglesa5000 acessosMulheres Negras: confira algumas que sabem fazer rock5000 acessosMulheres: Metal não é só estilo, mas beleza e agressividade5000 acessosMulheres: as bandas mais famosas em suas versões femininas5000 acessosMulheres no Metal: assista documentário sobre a cena brasileira1669 acessosDia da Mulher: relembre fatos marcantes da carreira de Joan Jett5000 acessosBateria Fácil: mulheres bateras que você tem que saber quem são1860 acessosPlanno D: O crescimento das mulheres no Metal930 acessosShadowside: "Nunca fui desrepeitada por ser mulher"3322 acessosArch Enemy: o positivo e o negativo de ser uma mulher no metal5000 acessosMetal Calcinha: onze bandas lideradas por mulheres5000 acessos8 de março: Algumas das mulheres que marcaram o Rock e Metal

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias

KissKiss
A mais longa e reveladora entrevista de Eric Singer

Não é JesusNão é Jesus
Imagem de David Gilmour aparece no pescoço de Fernanda Souza

MotorheadMotorhead
Destaques do funeral de Lemmy Kilmister

5000 acessosSupergrupos: Os melhores e piores na opinião da Metal Hammer5000 acessosRunaways: Jackie Fox conta como foi estuprada por Kim Fowley5000 acessosBlack Sabbath: Banda deu pesadelos a Robert Trujillo5000 acessosJess Greenberg: versão de "Sweet Child" - há quem prefira o Axl5000 acessosIron Maiden, História e Caos: o álbum The Number Of The Beast5000 acessosU2: Miley Cyrus dá vexame tentando cantar "One"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 02 de outubro de 2012
Post de 20 de agosto de 2016


Sobre Gisela Cardoso

Headbanger, Jornalista, Crítica de Metal, vocalista, instrumentista, anarco-comunista, vegetariana, apaixonada por Mitologia Nórdica e adoradora do Deus Metal. A música me move e as palavras constroem! @GisaGrind.

Mais matérias de Gisela Cardoso no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online