Slade

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Allan Jones
Enviar correções  |  Comentários  | 

Uma das mais importantes banda inglesas de todos os tempos, o quarteto de ferro do Slade é formado por Noddy Holder (vocals, guitar), Dave Hill (guitar), Jimmy Lea (bass) e Don Powell (drums). Esses quarto músicos despontaram no cenário em 1966, com o single “You better Run” produzido por Kim Fowley.

5000 acessosPearl Jam: banda tenta tocar Rush em homenagem a Geddy Lee mas desiste5000 acessosRatos de Porão: O elogio de João Gordo aos garotos do Restart

Os anos seguinte não trariam nenhuma novidade para os músicos. O cenário não dava espaço para novas bandas com o tipo de som que o Slade fazia e com o visual que tinham seus integrantes.

Com a entrada da década de 70, o Slade viu no chamado glam rock uma boa oportunidade de aparecer. A banda fez fotos promocionais no visual da época e lançou o single do cover "Get Down And Get With It", que chegou ao Top 20 em 1972.

Os músicos se empolgaram e Jim Lea e Noddy Holder começaram a investir em composições próprias. ”Cuz I Love You” chegou ao número 1 das paradas. Até a presente data o Slade já havia lançado quatro discos: “Ambrose Slade Beginnings” (69), “Play It Loud” (70), “Alive!” (72), “Slayed?” (72).

Nos anos seguintes o Slade se tornaria um campeão dos charts, enquanto músicas como "Mama Weer All Crazee Now", "Cum On Feel The Noize" e "Skweeze Me Pleeze Me” surgiam nas paradas.

Em 73, o Slade participa de um famoso festival de natal no Reino Unido, e isso rende um álbum. A banda chegava ao topo do rock inglês.

Os próximos álbuns foram: “New, Borrowed And Blue” (74), “Nobody's Fools” (76), “Whatever Happened To Slade” (78) e “Return To Base” (79).

Fato curioso é que o Slade tinha o mesmo álbum com nomes diferentes para EUA e Reino Unido. “Old, New, Borrowed And Blue”, por exemplo, saiu na América com o título de “Stomp Your Hands, Clap Your Feet”.

Em 1980, a banda faz uma apresentação no Reading Festival. Esta apresentação se tornaria o álbum “Slade Alive”.

Em 1983, a banda ganha o mundo (inclusive o Brasil) com a balada “My oh My” do disco “The Amazing Kamikazee Syndrome”.

Os anos 80, foram muito competitivos para a banda que disputava o espaço com grupos como Def Leppard (na Inglaterra) e com o Quiet Riot na América.

Álbuns como “Rogues Gallery”, que traz a excelente “Hey Ho wish Well” e “You Boyz Make Big Noize”, não conseguiram emplacar, e a banda acabou dando um tempo na carreira, só vindo a lançar um novo álbum em 1996.

O Slade é uma daquelas bandas que possuem milhares de coletâneas, para quem não conhece a banda, uma boa opção. Sugestões? “Smashes” (80), “Slade's Greats” (84) e “Greatest Hits: Feel The Noize” (97).

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Slade"

Rock e MetalRock e Metal
Dez covers que são melhores que as originais

Rock Hall Of FameRock Hall Of Fame
25 bandas que ainda precisam ser nomeadas

CuriosidadesCuriosidades
10 músicas que foram "tomadas" emprestadas

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Slade"

Pearl JamPearl Jam
Banda tenta tocar Rush em homenagem a Geddy Lee mas desiste

Ratos de PorãoRatos de Porão
O elogio de João Gordo aos garotos do Restart

BehemothBehemoth
Nergal mitando em foto no Aeroporto de Guarulhos

5000 acessosMetallica: James Hetfield imitando Dave Mustaine na TV5000 acessosAC/DC: A origem do nome da banda5000 acessosHeavy Metal: o Diabo e personagens bíblicas nas capas5000 acessosBumblefoot conta como é ser parte do Guns N' Roses5000 acessosCristina Scabbia: "Símbolo sexual? Fico surpresa com isto!"5000 acessosPhil Anselmo: vocalista conta história de suas tatuagens em vídeo

Sobre Allan Jones

É carioca, tem 23 anos e ouve rock desde pequeno. Suas principais influências são dos anos 70 e 80. Fez vários trabalhos relacionados ao rock, desde programas de rádio até promoção de eventos. Além disso, é músico e também faz trabalhos relacionados ao teatro. Oficialmente trabalha para a secretaria de fazenda de uma prefeitura de um município do Rio. Atistas prediletos: Kiss, Alice Cooper, Van Halen, Todd Rundgren, Asia, Kansas, Journey e as bandas do cenário do hard oitentista.

Mais matérias de Allan Jones no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online