Aborted: fascinação doentia por seriais killers e misantropia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Maicon Leite, Fonte: Wargods Press, Press-Release
Enviar Correções  

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

A revista virtual HELL DIVINE (que é totalmente gratuita e pode ser lida aqui: http://issuu.com/helldivinemagazine/docs/hell_divine_n15_isuu) está lançando sua 15ª edição, estampando na capa um dos grandes nomes do Death Metal, os belgas do ABORTED. Em um bate papo realizado com o vocalista Sven de Caluwé, foram abordados temas referentes ao novo álbum, "Global Flatline" e a influência de filmes de terror muito bem retratados no encarte, onde o vocalista revelou sua fascinação por assuntos, digamos, doentios. Sven também explicou que, por morar em Israel, ele e a banda acabam fazendo tudo pela internet, algo comum nos dias de hoje.

publicidade

Confira um trecho do bate papo:

HELL DIVINE: Você considera "Global Flatline" o melhor álbum da carreira? Por quê? Como você o descreveria?
SVEN DE CALUWÉ: Melhor é uma estranha escolha de palavras para descrever seus próprios álbuns. Eu, definitivamente, diria que é um dos meus favoritos do Aborted. Ele tem a intensidade e a brutalidade dos outros discos, sem ter que fazer nenhuma concessão na hora de cantar, sendo que os cantos se encaixaram em termos de agressão. Estamos satisfeitos com ele e mal posso esperar para escrever o próximo.

publicidade

HELL DIVINE: Como a banda teve a ideia de fazer uma espécie de homenagem aos antigos filmes de horror no encarte?
SVEN DE CALUWÉ: Pois é, todo o álbum e o universo da Aborted são uma homenagem ao horror dos anos oitenta e à minha fascinação doentia por "seriais killers" e misantropia.

HELL DIVINE: Você mora em Israel atualmente, certo? É difícil ensaiar com o Aborted, que original é da Bélgica, mas que conta com outros integrantes de diferentes países?
SVEN DE CALUWÉ: Nós não ensaiamos, fazemos as coisas pela Internet. Os integrantes treinam constantemente e, aí, nós praticamos por uma semana ou alguns dias antes de tocar em shows ou fazer uma turnê. É o único jeito de fazer as coisas funcionarem com pessoas espalhadas por três continentes.

publicidade

Leiam também entrevistas com Fueled By Fire, Hatriot, Woslom, Kalmah, Andralls, Flesh Grinder, Patria e com Carlos Fides, artista gráfico.

Ao todo são 52 páginas, contendo diversas colunas, além de resenhas de CDs, DVDs, GAMES e shows. A revista está disponibilizada em formato PDF, mas, pode ser visualizada na tela sem necessidade de download. Para fazer o download gratuito da revista, acesse o link informado abaixo; para abrir o arquivo PDF em seu computador, é obrigatória a instalação do programa ACROBAT READER, que pode ser baixado gratuitamente através do site: http://get.adobe.com/br/reader

publicidade

Download da revista: http://www.mediafire.com/?8a6ssroozcqde8e
Para visualizar na tela: http://issuu.com/helldivinemagazine/docs/hell_divine_n15_isuu

Contatos:
Site: www.helldivine.com
Blog: www.helldivine.blogspot.com
Myspace: www.myspace.com/helldivine
Facebook: www.facebook.com/helldivine
Twitter: twitter.com/helldivine
E-mail: [email protected]
Assessoria de Imprensa: [email protected]

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Death Metal: cinco bateristas do gênero que são insanosDeath Metal
Cinco bateristas do gênero que são insanos


Wonder Years: O soundtrack do grande sucesso de público e críticaWonder Years
O soundtrack do grande sucesso de público e crítica

Led Zeppelin: por que Robert Plant não gosta de cantar Stairway to Heaven?Led Zeppelin
Por que Robert Plant não gosta de cantar "Stairway to Heaven"?


Sobre Maicon Leite

Maicon Leite é assessor de imprensa na Wargods Press, colaborador na revista Roadie Crew e um dos autores do livro Tá no Sangue! - A História do Rock Pesado Gaúcho, dentre outros projetos e publicações.

Mais matérias de Maicon Leite no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin