Matérias Mais Lidas

imagemRegis Tadeu explica porque Sandy não deve cantar músicas do Metallica

imagemO Metallica não tem mais o que provar, muito menos algo novo para oferecer

imagemOs curiosos dois significados da expressão "Eu quero ver o oco", segundo Digão

imagemNoel Gallagher revela o rockstar que ficou mais impressionado de conhecer pessoalmente

imagemA hilária crítica de Roberto Frejat contra fala cheia de "pretensão" do Bon Jovi

imagemO dia que Ivete Sangalo arrasou cantando Slayer com João Gordo na TV aberta

imagemO impagável apelido que Andre Matos deu a Luis Mariutti por sua pontualidade

imagemGuitarrista Brian Ray conta como é ter Paul McCartney como patrão

imagemOs Raimundos traíram os Titãs? Sérgio Britto comenta e conta a versão dele

imagemPaul Stanley, do Kiss, fala sobre os shows da reunião do Pantera

imagemAngra: Luis Mariutti conta sobre atritos entre Andre Matos e Rafael Bittencourt

imagemO surpreendente disco que Tom Morello considera um dos melhores de todos os tempos

imagemRobert Plant confessa de qual música o Led Zeppelin tirou "Gallows Pole"

imagemAndreas Kisser opina sobre a reunião do Pantera, que começou nesse sábado

imagemMetallica: o que Regis Tadeu achou de "Lux Aeterna", nova música da banda?


Stamp
Summer Breeze

Cannibal Corpse: George "Corpsegrinder" é eficiente em caçar ursos... de pelúcia

Por Mateus Ribeiro
Postado em 20 de abril de 2021

Você provavelmente já viu aquelas máquinas de caçar ursinhos de pelúcia (e demais brindes), que invariavelmente, estão presentes em postos de gasolina, shoppings ou mercados. Essas máquinas, que possivelmente foram inventadas por alguém possuído por uma força demoníaca, costumam ser um desafio para os meros mortais, que costumam gastar muito dinheiro para conseguir um urso de pelúcia ou algum relógio que anuncia as horas em espanhol.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Porém, existe um ser humano que é especialista na arte de caçar ursos nessas máquinas. Esta pessoa atende pelo nome de George "Corpsegrinder" Fisher. Caso você não saiba, este cidadão é ninguém menos que o vocalista do CANNIBAL CORPSE, uma das bandas mais extremas da história do metal.

Durante recente entrevista concedida ao jornalista Dave Everley, da revista Metal Hammer, George contou sobre a sua paixão por estas máquinas. "Eu amo máquinas de garras. Qualquer coisa pode estar nelas - pode ser um personagem de desenho animado que eu não goste - e vou pegá-los de qualquer maneira", disse o confiante frontman.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O eficiente George ainda afirmou que não usa macetes para conseguir os prêmios. "Eu vi um vídeo no YouTube de um cara que foi expulso de algum fliperama, e ele tinha um sistema para vencer. Alguém disse a ele onde tocar nas laterais da máquina de garras, ou em uma determinada área dela, e assim, você sempre vai vencer (...) Isso é como empilhar o baralho de cartas ou trapacear no Banco Imobiliário. Você realmente não ganhou. Eu sei que legitimamente ganhei cada coisa que consegui de uma máquina de garras, honestamente".

Na sequência, o entusiasmado George falou sobre as suas técnicas para ir bem nas máquinas. "Sou como uma criança na Disney. Eu olho o que está lá, e então vejo como está lá dentro e examino ‘Existe algo em cima disso?’, ou ‘Eu tenho que mover isso?’. Assim que eu ver como a garra reage, saberei se vou ganhar. Se as mãos reais da garra estiverem muito soltas, ou talvez a máquina tenha sido muito usada, às vezes as coisas simplesmente escorregam".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como todo bom jogador, George diz que não gosta quando as pessoas "goram" o seu jogo. Tal qual um torcedor que não admite o grito de gol antes da hora, ele fica nervoso quando alguém faz isso. Inclusive, já chegou a gritar com uma criança. "Juro para você, gritei com uma criança uma vez. Estávamos no Texas. Queria pegar um carro [uma miniatura]. Minha mãe sempre assistiu Nascar, e aquele era o carro dela. Eu queria isso para ela. Enfim, esse garoto estava me observando. Eu disse a todos que eles não poderiam dizer nada até que pegasse o carro. Então a garra encostou no carro, a máquina está pegando, e ele diz, ‘Você conseguiu!’. É claro que não consegui e o carro escapou. Virei-me para a criança e disse: 'Vá embora agora'. Ele disse, ‘Oh, sinto muito’. Eu respondi: ‘Já disse antes, por que você fez isso?’ Estou ficando bravo de novo só de pensar nisso".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A paixão de George pelas máquinas (e pelos ursos de pelúcia) pode ser vista em seu perfil do Instagram, onde ele costuma postar várias fotos. Aliás, uma postagem, feita em 2019, chama bastante a atenção. Enquanto passeava por Ottawa, no Canadá, ele resolveu ir até uma loja do Wal-Mart. Porém, a máquina estava quebrada. George postou a foto da máquina quebrada, com a seguinte legenda: "A máquina de garras estava com defeito. Ou talvez eles me viram chegando, desligaram a máquina e colocaram aquele sinal de avaria".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Além de gritar com crianças inocentes e apressadas, George também está soltando a voz como nunca, como pode ser ouvido em "Violence Unimagined", disco mais recente do CANNIBAL CORPSE, lançado no último dia 16.

Cannibal Corpse: ouça "Violence Unimagined", o novo álbum da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Samael Hypocrisy


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Cannibal Corpse: segurança não conhecia a banda e se assustou com o que ouviu

"Eu realmente amo a voz de King Diamond", diz George Corpsegrinder

Metal extremo: 10 músicas que todos deveriam ouvir ao menos uma vez na vida

As 13 músicas mais assustadoras do heavy metal, em lista do Heavy Consequence

Spotify: a música mais tocada de 20 bandas de metal extremo

Top 5 Pescoços do Metal por Ian Garbinatto, "O Cara do Metal"

Cannibal Coffee: lendária banda de death metal lança seu café

Baterista do Cannibal Corpse quebra tudo (descalço) em "A Skull Full Of Maggots"

Drummers From Hell lança drumcam do Cannibal Corpse tocando "A Skull Full of Maggots"

Inteligência artificial cria clipe assustador do Cannibal Corpse com Homer Simpson

Slayer: não é tão grande para ser headliner, diz batera do Cannibal

Cannibal Corpse: baterista fala sobre participação no Ace Ventura

Cannibal Corpse: uma resenha de show feita como história em quadrinhos

Lynyrd Skynyrd: a história da espetacular "Simple Man"

David Gilmour largou vício maléfico após ouvir erro em disco do Pink Floyd


Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.

Mais matérias de Mateus Ribeiro.