Mayhem: guitarrista diz que não se arrepende de nada

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por César Enéas Guerreiro, Fonte: Lydverket NRK, Tradução
Enviar Correções  

O guitarrista Rune "Blasphemer" Eriksen tocou, na Noruega, o seu último concerto com a legendária banda de black metal MAYHEM em 6 de agosto, quarta-feira, no Øyafestivalen em Oslo.

Uma entrevista, em norueguês, concedida por Eriksen para a Lydverket NRK antes do show do Øyafestivalen pode ser vista neste link. Também está disponível um bate-papo com Thurston Moore, cantor e compositor do SONIC YOUTH, no qual ele fala de seu gosto pela música do MAYHEM e sua conexão com o Black Metal.

publicidade

Eriksen anunciou sua saída do MAYHEM em abril, explicando que "A razão principal por trás dessa decisão é o fato de que eu simplesmente não vejo mais nenhum futuro para mim na banda, pelo menos não um futuro do qual eu gostaria de participar nos próximos anos. Estive tocando na banda por mais de 13 anos e compusemos, produzimos e lançamos muitos álbuns feitos com muito planejamento, dedicação e talento, mas chegamos agora a uma encruzilhada. Mais cedo ou mais tarde, tudo tem o seu fim e, no meu caso, esse ciclo está completo".

publicidade

"Para alguns de vocês isso pode não ser uma grande surpresa, já que eu afirmei claramente em várias entrevistas que eu não tinha certeza sobre qual seria o próximo passo. Essas ‘dicas’ eram baseadas parcialmente no fato de que nosso último álbum cumpriu todas as expectativas, visões e aspectos de negatividade que eu queria expressar com essa banda. Além disso, o que também é importante, eu estava cansado das turnês, cheias de turbulência e diferenças pessoais, e do meu papel na banda".

publicidade



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Mayhem: Black metal é pensar por si mesmo, afirma HellhammerMayhem
"Black metal é pensar por si mesmo", afirma Hellhammer

Euronymous: A obra sombria do Demônio NorueguêsEuronymous
A obra sombria do Demônio Norueguês

Em 10/08/1993: Varg assassinava Euronymous, em um episódio macabro do metalEm 10/08/1993
Varg assassinava Euronymous, em um episódio macabro do metal


Rock: alguns dos discos mais raros (e caros) do mundoRock
Alguns dos discos mais raros (e caros) do mundo

Marduk: Morgan Hakänsson diz ter pedaços do crânio de DeadMarduk
Morgan Hakänsson diz ter pedaços do crânio de Dead


Capas de disco: como seriam se fossem gifs animadosCapas de disco
Como seriam se fossem gifs animados

Metal contra o câncer: festival aceita cabelo como ingressoMetal contra o câncer
Festival aceita "cabelo" como ingresso


Sobre César Enéas Guerreiro

Nascido em 1970, formado em Letras pela USP e tradutor. Começou a gostar de metal em 1983, quando o KISS veio pela primeira vez ao Brasil. Depois vieram Iron, Scorpions, Twisted Sister... Sua paixão é a música extrema, principalmente a do Slayer e do inesquecível Death. Se encheu de orgulho quando ouviu o filho cantarolar "Smoke on the water, fire in the sky...".

Mais informações sobre César Enéas Guerreiro

Mais matérias de César Enéas Guerreiro no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin