Burzum: ator de "Twilight" será Varg Vikernes em filme

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Emanuel Seagal, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

Jackson Rathbone, ator do filme "Twilight", aceitou interpretar Varg Vikernes (vulgo Count Grishnackh) - líder do BURZUM que está atualmente cumprindo pena pelo assassinato de Oystein Aarseth (vulgo Euronymous), guitarrista do MAYHEM, em 1993, além de incendiar três igrejas - no vindouro filme "Lord of Chaos".

publicidade

Baseado no livro de Michael Moynihan e Didrik Soderlind de mesmo nome, o filme aborda a sub-cultura do black metal que gerou diversos assassinatos e queima de igrejas na Noruega no início dos anos 90.

publicidade

Fazendo sua estréia em idioma inglês no "Lord of Chaos" estará o diretor japonês Sion Sono.

Stuart Pollok do Saltire Entertainment, Ko Mori da Eleven Arts e Oh Jungwan da Bom Productions estão produzindo o filme, cujas gravações acontecerão na Noruega em setembro.

Quando questionado sobre a escolha de fazer o filme, Stuart Pollok - que esteve em Cannes na semana passada para vender o projeto - respondeu ao Dagbladet.no, "É um assunto fascinante, um mundo visualmente incrível e um retrato engraçado da Noruega. Possivelmente o black metal é a maior exportação cultural da Noruega nos últimos 20 anos".

publicidade

Jackson Rathbone interpreta Jasper na série 'Twilight" e atualmente está filmando o papel principal no filme de 140 milhões de dólares "The Last Airbender", da Paramount Pictures.

Em um pronunciamento postado no site Burzum.org em 2004, Varg Vikernes detonou o livro "Lord of Chaos" insistindo que "a maioria das declarações feitas no livro foram mal interpretadas; fora de contexto; mal compreendidas; mentiras maliciosas feitas por inimigos; um resultado da ignorância; extremos exageros; e/ou informações de terceira mão no melhor dos casos. Isso inclui o depoimento atribuído a mim!" Ele acrescentou, "Este livro serve apenas para um único propósito, que é o de criar um mito ao redor do meu nome e me mistificar. Se esse era o objetivo deles eles de fato tiveram sucesso com seu trabalho. Bem, o livro parece ter servido para outro propósito também. Os autores conseguiram encher a cabeça de uma geração de fãs de metal com mentiras. O que poderia ter sido uma justa revolta tornou-se uma patética, embaraçosa, burra, impotente e cultura tradicionalmente poser, tendo como melhores exemplos bandas como Dimmu Borgir - e sem dúvida Venom!"

publicidade



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Jethro Tull: a fúria de Ian Anderson pra cima do Led ZeppelinJethro Tull
A fúria de Ian Anderson pra cima do Led Zeppelin

E-Farsas: Papa Francisco era fã do Black Sabbath?E-Farsas
Papa Francisco era fã do Black Sabbath?


Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com clássicos como Iron Maiden e Black Sabbath. Hoje em dia, entre outros gêneros musicais, e sem se limitar a rótulos, ouve principalmente doom, viking e folk metal. Sempre que possível está em busca de novas bandas que tenham algo a transmitir alem de clichês, e mesmo em meio a tantas novidades não dispensa pérolas como o bom e velho Candlemass. Acompanha o Whiplash! desde os primórdios, tendo iniciado sua vida de internauta no mesmo ano de criação do site (1996). Há algum tempo está envolvido com metal, seja trabalhando com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa, na tentativa de contribuir de alguma forma para o crescimento desse que é um dos segmentos mais apaixonantes da música, o metal.

Mais informações sobre Emanuel Seagal

Mais matérias de Emanuel Seagal no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin