Matérias Mais Lidas

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemSentado em cadeira de rodas, Paul Di'Anno faz primeiro show em sete anos

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemAndre Matos sempre foi de esquerda e reprovaria governo atual, diz irmão do maestro

imagemDo Ozzy ao Slayer: veja os momentos mais metal do desenho South Park

imagemAngra: Quantos shows seguidos a voz aguenta sem restrições? Fabio Lione responde

imagemSyd Barrett em 1967 analisando os principais singles lançados em julho

imagemLars Ulrich diz que shows do Metallica na América do Sul foram incríveis

imagemA visão de Arnaldo Antunes sobre sua timidez no período da adolescência

imagemDaniel Cavanagh, do Anathema, sobrevive a tentativa de suicídio

imagemOzzy Osbourne dá sua opinião sobre o streaming e dispara contra Spotify; "É uma piada"

imagemComo CDs e MP3s decepcionaram Jimmy Page

imagemKiko Loureiro defende surgimento de banda que seria "Greta Van Fleet do Iron Maiden"


Stamp

Mayhem: banda levou restos humanos para o palco em 2011

Por Nacho Belgrande
Fonte: site do LoKaos Rock Show
Em 02/07/11

De acordo com a revista TERRORIZER, a lendária banda de metal MAYHEM levou em 2011 restos mortais humanos autênticos com eles para a França e usou-os para decorar seu palco no festival Hellfest.

"Eram todos restos mortais humanos – crânios e ossos – no palco da performance de ‘Liberation By Evil’ do Mayhem no Hellfest", disse o frontman da banda, Attila Csihar. "O fizemos por razões espirituais, não por sensacionalismo."

É claro. Jamais pensaríamos que alguma coisa que o Mayhem faça seja por sensacionalismo. Nunca. De modo algum. Longe de nós.

"Erguer-me e cantar de cima do ‘Altar da Morte’ em fronte de oito mil pessoas no Hellfest foi extremo e importante tanto artisticamente quanto pessoalmente – aquele sentimento é simplesmente indescritível," ele declarou.

Assista abaixo um vídeo onde é possível ver a decoração de palco da banda.

Essa matéria pode ser lida na íntegra no site do LoKaos Rock Show.

http://lokaos.net/mayhem-banda-levou-restos-humanos-pro-palco-na-franca/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Clássicos do black metal abandonam inverno e ganham versão surf pra curtir na praiaClássicos do black metal abandonam inverno e ganham versão surf pra curtir na praia

Mayhem: Euronymous era único do black metal que curtia música eletrônica, diz MortiisMayhem: Euronymous era único do black metal que curtia música eletrônica, diz Mortiis


Varg Vikernes: crítica a Euronymous e Venom em vídeo



Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande.